Influências do professor na constituição do aluno leitor: algumas constatações

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/lc28202243453

Palavras-chave:

Leitura, Escola, Mediação

Resumo

Este texto traz resultados da pesquisa quanti-qualitativa sobre o perfil leitor de ingressantes no ensino médio oriundos de escolas públicas municipais de Feliz/RS e a contribuição de seus professores para essa construção. Teorias da área da leitura embasam a análise dos dados coletados nesta pesquisa e são comparados com a anterior, realizada com docentes da mesma rede. Como descobertas, a maioria dos alunos possui memórias positivas de leitura e as ações proporcionadas pelos professores interferem positivamente na formação do leitor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Natália Branchi, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Feliz, RS, Brasil

Acadêmica do Curso de Licenciatura em Letras – Português e Inglês do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Feliz. Membro do grupo de pesquisa CELina, do IFRS. E-mail: natalia.branchi@gmail.com

Izandra Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Feliz, RS, Brasil

Doutora em Letras pela Universidade de Passo Fundo (2018). Professora de Língua Portuguesa, Língua Espanhola e Literatura do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Campus Feliz. Membro do grupo de pesquisa CELina, do IFRS. E-mail: izandra.alves@feliz.ifrs.edu.br 

Referências

Alves, I., & Branchi, N. (2021). O perfil do professor-leitor de Língua Portuguesa, das séries finais, da rede municipal de Feliz/RS. Em D. Bernardes & D. C. Froehlich (Orgs.). Temas em Debate: contextos educacionais (pp. 176-227). Dictio Brasil.

Cerrillo, P. C. (2007). El lector literario. Fondo de Cultura Económica.

Cerrillo, P. C. (2016). Literatura infantil y juvenil y educación literaria: hacia una nueva enseñanza de la literatura. Ediciones Octaedro.

Colomer, T. (2007). Andar entre livros: A leitura literária na escola. Global.

Cosson, R. (2009). Letramento Literário: teoria e prática. Contexto.

Costa, K., Montiel, J. M., Bartholomeu, D., Murgo, C. S., & Campos, N. R. (2016). Percepção do suporte familiar e desempenho em leitura e escrita de crianças do ensino fundamental. Revista psicopedagogia, 33(101), 154-163. http://www.revistapsicopedagogia.com.br/detalhes/485/percepcao-do-suporte-familiar-e-desempenho-em-leitura-e-escrita-de-criancas-do-ensino-fundamental

Failla, Z. (2020). Retratos da Leitura no Brasil. Sextante.

Larrosa, J. (2003). La experiencia de la lectura. FCE.

Magnani, M. R. M. (2001). Leitura, Literatura e Escola: sobre a formação do Gosto. Martins Fontes.

Ondine, N. (2016). A utilidade do inútil. Companhia das Letras.

Perrone-Moisés, L. (2016). Mutações da literatura no século XXI. Companhia das Letras.

Petit, M. (2008). Os jovens e a leitura: uma nova perspectiva. Ed. 34.

Piaget, J. (1983). A epistemologia genética. Abril Cultural.

Rezende, N. L. (2013). O ensino de literatura e a leitura literária. Em M. A. Dalvi, R. Jover-Faleiros, & N. L. Rezende (Orgs.). Leitura de literatura na escola (pp. 99-111). Parábola.

Rösing, T., & Zilberman, R. (2009). Escola e leitura: velha crise, novas alternativas. Global.

Rouxel, A. (2013). Aspectos metodológicos do ensino da literatura. Em M. A. Dalvi, R. Jover-Faleiros, & N. L. Rezende (Orgs.). Leitura de literatura na escola (pp. 17-33). Parábola.

Santaella, L. (2013). Desafios da ubiquidade para a educação. Revista Ensino Superior Unicamp, 9(1), 19- 28. https://www.revistaensinosuperior.gr.unicamp.br/edicoes/edicoes/ed09_abril2013/NMES_1.pdf

Silva, E. T. da. (1983). Leitura e Realidade Brasileira. Mercado Aberto.

Soares, M. (1999). A escolarização da literatura infantil e juvenil. Em A. A. M. Evangelista, H. M. B. Brandão, & M. Z. V. Machado (Orgs.). A escolarização da leitura literária: o jogo do livro infantil e juvenil (pp. 18-43). Autêntica Editora.

Downloads

Publicado

18.11.2022

Como Citar

Branchi, N., & Alves, I. (2022). Influências do professor na constituição do aluno leitor: algumas constatações. Linhas Crí­ticas, 28, e43453. https://doi.org/10.26512/lc28202243453

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.