Gestão dos recursos financeiros da educação

um estudo em cinco municípios cearenses

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/lc.v27.2021.34818

Palavras-chave:

Financiamento da educação, Gestão educacional, Redes municipais, Educação Pública, Ceará

Resumo

O artigo analisa aspectos da gestão de recursos financeiros da educação em cinco municípios do Ceará ”“ Canindé, Fortaleza, Limoeiro do Norte, Maracanaú e Sobral ”“ por meio de um estudo de casos múltiplos e entrevistas semiestruturadas com secretários municipais de educação. Os resultados mostram que quatro municípios utilizam mais de 75% do valor do Fundeb para remuneração dos profissionais de educação, e Sobral aplica 60,13%. Todos recebem as transferências legais, definidas em legislação federal e executadas pelo FNDE, três possuem programas de transferência de recursos para as escolas de sua rede e os cinco afirmam que os recursos não são suficientes para prover suas demandas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iasmin da Costa Marinho, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Brasil

Doutoranda em educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professora Assistente da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Membro do Grupo de Pesquisa Política Educacional, Gestão e Aprendizagem (GPPEGA/UECE). E-mail: iasmincosta@uern.br

Esmeraldina Januário de Sousa, Secretaria Municipal de Educação de Fortaleza, Brasil

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (2020). Professora e Supervisora Escolar da Rede Pública Municipal de Fortaleza/CE. Membro do Grupo de Pesquisa Política Educacional, Gestão e Aprendizagem (GPPEGA/UECE). E-mail: esmeraldinajs@gmail.com

Cláudia Maria Sales Mendes, Secretaria Estadual de Educação do Ceará, Brasil

Doutoranda em Ciências da Educação na área de Política Educativa pela Universidade do Minho (UMinho-Portugal). Professora aposentada da Secretaria da Educação Básica do Ceará. E-mail: claudiaguararu@gmail.com

Eloisa Maia Vidal, Universidade Estadual do Ceará, Brasil

Doutora em educação pela Universidade Federal do Ceará (2000). Professora Associada do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Vice-líder do Grupo de Pesquisa Política Educacional, Gestão e Aprendizagem (GPPEGA/UECE). Email: eloisamvidal@yahoo.com.br

Sofia Lerche Vieira, Universidade Estadual do Ceará, Brasil

Pós-doutora em educação pela Universidad Nacional de Educacion a Distancia, Espanha (2002). Professora Titular do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Líder do Grupo de Pesquisa Política Educacional, Gestão e Aprendizagem (GPPEGA/UECE). Bolsista de Produtividade do CNPq. E-mail: sofialerche@gmail.com

Referências

Alves-Mazzotti, A. J. (2006). Usos e abusos dos estudos de caso. Cadernos de Pesquisa, vol. 36, n. 129, pp. 637-651. https://doi.org/10.1590/S0100-15742006000300007

Amaral, N. C. do. (2012). Para compreender o financiamento da educação básica no Brasil. Liber Livro.

Antunes, R. (2020). Coronavírus: o trabalho sob fogo cruzado. Boitempo.

Araújo, L. (2012). Financiamento educacional na ordem do dia. Universidade e Sociedade, (22), 144-153.

Banco Mundial. (2017). Um Ajuste Justo - análise da eficiência e equidade do gasto público no Brasil. https://www.worldbank.org/pt/country/brazil/publication/brazil-expenditure-review-report

Barreto, E. S. de S., & Arelaro, L. R. G. (1986). A municipalização do ensino de 1º grau: tese controvertida. Em Aberto, 5(29), 1-13. https://doi.org/10.24109/2176-6673.emaberto.5i29.1579

Batista, N. C., & Pereyra, M. A. (2020). A gestão democrática da escola pública em contextos de reformas educacionais locais: estudo comparado entre Brasil e Espanha. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, 28(2). https://doi.org/10.14507/epaa.28.4285

Bogdan, R. C., & Biklen, S. K. (1994). Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto Editora

Brasil. (1934). Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil de 16 de julho de 1934. Presidência República. Casa Civil http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao34.htm

Brasil. (1983). Emenda Constitucional n. 24 de 01 de dezembro de 1983. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc_anterior1988/emc24-83.htm

Brasil. (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Congresso Nacional do Brasil. Assembleia Nacional Constituinte. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm

Brasil. (1993). Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm

Brasil. (1996a). Emenda Constitucional n. 14 de 12 de setembro de 1996. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc14.htm

Brasil. (1996b). Lei n. 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm

Brasil. (1996c). Lei n. 9.424, de 24 de dezembro de 1996. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/l9424.htm

Brasil. (2006d). Emenda Constitucional n. 53 de 19 de dezembro de 2006. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc53.htm

Brasil. (2007). Lei n. 11.494 de 20 de junho de 2007. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/lei/l11494.htm

Brasil. (2009). Emenda Constitucional n. 59 de 11 de novembro de 2009. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc59.htm

Brasil. (2014a). Lei n. 13.005 de 25 de junho de 2014. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13005.htm

Brasil. (2014b). O Plano Municipal de Educação - Caderno de Orientações. Ministério da Educação. http://pne.mec.gov.br/publicacoes/item/download/16_ff646a924421ea897f27cf6d21e6bb23

Brasil. (2016). Emenda Constitucional nº 95 de 15 de dezembro de 2016. Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc95.htm

Brasil. (2017). Relatório Fiscal do Tesouro Nacional. Tesouro Nacional. https://www.gov.br/tesouronacional/pt-br/importacao-arquivos/RFTN-28mar18.pdf

Brasil. (2018). Aspectos Fiscais da Educação no Brasil. Ministério da Fazenda. Secretaria do Tesouro Nacional. https://sisweb.tesouro.gov.br/apex/f?p=2501:9::::9:P9_ID_PUBLICACAO:28264

Brasil. (2020). Lei n. 14.113 de 25 de dezembro de 2020. Presidência da República. Casa Civil. https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/lei-n-14.113-de-25-de-dezembro-de-2020-296390151

Canindé. (2015). Lei Municipal n. 2.286. Prefeitura Municipal de Canindé.

Dias, E., & Pinto, F. C. F. A. (2020). Educação e a Covid-19. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, 28(108), 545-554. https://doi.org/10.1590/s0104-40362019002801080001

Fortaleza. (2010). Lei Municipal n. 9716 de 24 de setembro de 2010. Prefeitura Municipal de Fortaleza. http://fundeb.sme.fortaleza.ce.gov.br/index.php/legislacao/leis-em-geral/leide-criacao

Fortaleza. (2014). Lei Complementar n. 0169 de 12 de setembro de 2014. Prefeitura Municipal de Fortaleza. https://sapl.fortaleza.ce.leg.br/norma/4087

Fortaleza. (2015). Lei Municipal n. 10.371 de 24 de junho de 2015. Prefeitura Municipal de Fortaleza. https://sapl.fortaleza.ce.leg.br/norma/4370

Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). (2017). Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação https://www.fnde.gov.br/index.php/fnde_sistemas/Siope/relatorios/relatorios-municipais

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). (2020). Panorama. Portal IBGE/Cidades. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/panorama

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). (2017). Sinopse Estatística da Educação Básica de 2017. https://download.inep.gov.br/informacoes_estatisticas/sinopses_estatisticas/sinopses_educacao_basica/sinopse_estatistica_da_educacao_basica_2017.zip

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). (2007). Sinopse Estatística da Educação Básica de 2007. https://download.inep.gov.br/informacoes_estatisticas/sinopses_estatisticas/sinopses_educacao_basica/sinopse_estatistica_da_educacao_basica_2007.zip

Limoeiro do Norte. (2007). Lei Municipal n. 1.350 de 29 de junho de 2007. Prefeitura Municipal de Limoeiro do Norte. https://www.camaralimoeirodonorte.ce.gov.br/arquivos/689/Leis_1350_2007_0000001.pdf

Limoeiro do Norte. (2015). Lei Municipal n. 1.931 de 20 de novembro de 2015. Prefeitura Municipal de Limoeiro do Norte. https://www.limoeirodonorte.ce.gov.br/arquivos/294/REGIMENTO%20INTERNO_1931_2015_0000001.pdf

Maracanaú. (2006). Lei Municipal n. 1.096 de 19 de maio de 2006.Prefeitura Municipal de Maracanaú. https://camaramaracanau.ce.gov.br/download/lei-n-1-096-de-19-de-maio-de-2006

Maracanaú. (2007). Lei Municipal n. 1.178 de 01 de março de 2007. Prefeitura Municipal de Maracanaú. https://camaramaracanau.ce.gov.br/leis.php?id=1554

Maracanaú. (2012). Lei Municipal n. 1.865 de 15 de junho de 2012. Prefeitura Municipal de Maracanaú. https://camaramaracanau.ce.gov.br/arquivos/1019/LEIS%20MUNICIPAIS_1865_2012_0000001.pdf

Martins, P. S. (2011). Fundeb, federalismo e regime de colaboração. Autores Associados.

Mello, G. N. de. (1988). Municipalização do Ensino: equívocos, más intenções e novas perspectivas. Social Democracia e Educação: teses para discussão. Cortez.

Moreira, A. N. G. (2018). A implementação da autonomia financeira da escola em municípios cearenses. [Tese de doutorado, Universidade Estadual do Ceará]. Repositório Institucional da UECE. http://www.uece.br/ppge/wp-content/uploads/sites/29/2019/06/Tese_ANTONIO-NILSON-GOMES-MOREIRA.pdf

Moschen Nascente, R. M., & Dias da Silva, V. (2020). Democratização da educação básica no município de São Paulo (2013-2016). Linhas Críticas, 26, 1-20. https://periodicos.unb.br/index.php/linhascriticas/article/view/24702/26662

Oliveira, R. P. de. (2007). O financiamento da educação. Em R. P. de Oliveira, & T. Adrião. Gestão, financiamento e direito à educação: análise da Constituição Federal e da LDB (pp. 83-122). Xamã.

Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). (2019). Education at a glance 2019: OECD indicators. OECD. https://www.oecd-ilibrary.org/sites/f8d7880d-en/index.html?itemId=/content/publication/f8d7880d-en

Pinto, J. M. R. (2000). Os recursos para a educação no Brasil no contexto das finanças públicas. Editora Plano.

Pinto, J. M. R. (2011). Quanto custa financiar um “PNE pra Valer”? [Apresentação em conferência]. Campanha Nacional Pelo Direito à Educação, Brasília, Distrito Federal, Brasil. https://www2.camara.leg.br/atividade-legislativa/comissoes/comissoes-temporarias/especiais/54a-legislatura/pl-8035-10-plano-nacional-de-educacao/arquivos/pne-audiencia-25.5.11

Pinto, J. M. R. (2014). Federalismo, descentralização e planejamento da educação: desafios aos municípios. Cadernos de Pesquisa, 44(153), 624-644. https://doi.org/10.1590/198053142946

Pinto, J. M. R. (2018). O Financiamento da Educação na Constituição Federal de 1988: 30 anos de mobilização social. Educação e Sociedade, 39(145), 846-869. http://doi.org/10.1590/es0101-73302018203235

Sander, B. (2005). Políticas Públicas e Gestão Democrática da Educação. Líber Livro.

Silva, L. V. da. (2018). O impacto dos planos municipais de educação na gestão e financiamento nos municípios: a perspectiva dos dirigentes municipais de ensino. [Dissertação de mestrado, Universidade do Oeste Paulista]. Biblioteca Digital de Tese e Dissertações. http://bdtd.unoeste.br:8080/jspui/handle/jspui/1169

Sobral. (2001). Lei Municipal n. 318 de 12 de setembro de 2001. Prefeitura Municipal de Sobral. http://www.sobral.ce.gov.br/diario/public/iom/IOM63-extra.pdf

Sobral. (2007). Lei Municipal n. 749 de 12 de abril de 2007. Prefeitura Municipal de Sobral. https://camarasobral.ce.gov.br/painel/files/docs/norma_lei/LO749200720070410001pdf18062015092808.pdf

Sobral. (2008). Lei Municipal n. 856 de 1º de setembro de 2008. Prefeitura Municipal de Sobral. https://www.camarasobral.ce.gov.br/painel/files/docs/norma_lei/LO8562008200809010010001pdf18052016121135.pdf

Sobral. (2015). Lei Municipal n. 1.477 de 24 de junho de 2015. Prefeitura Municipal de Sobral. https://www.camarasobral.ce.gov.br/painel/files/docs/norma_lei/LO14772015pdf20072015110948.pdf

Souza, D. B. de, & Faria, L. C. M. de. (2004). Políticas de financiamento da educação municipal no Brasil (1996 - 2002): das disposições legais equalizadoras à s práticas político-institucionais excludentes. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, 12(42), 564-582.

Vasconcelos, M. C. C. (2003). Conselhos municipais de educação: criação e implantação em face das novas atribuições dos sistemas de ensino. Em D. B. de Souza, & L. C. de Faria (orgs.). Desafios da educação municipal (pp. 107-122). DP&A.

Werle, F. O. C., & Barcellos, J. A. S. (2008). Plano Municipal de Educação e a afirmação de princípios para a educação local. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, 16(61), 515-542. https://doi.org/10.1590/S0104-40362008000400003

Yin, R. K. (2015). Estudo de caso: planejamento e métodos (tradução: Cristhian Matheus Herrera). Bookman.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

18.02.2021

Como Citar

da Costa Marinho, I., de Sousa, E. J., Sales Mendes, C. M., Maia Vidal, E., & Lerche Vieira, S. (2021). Gestão dos recursos financeiros da educação: um estudo em cinco municípios cearenses. Linhas Críticas, 27, 1–22. https://doi.org/10.26512/lc.v27.2021.34818