A visão de licenciados em química sobre a Prática como Componente Curricular

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/lc28202243111

Palavras-chave:

Formação inicial, Articulação entre teoria e prática, Prática educativa

Resumo

Esta investigação é parte de uma pesquisa de Mestrado em Educação. Considerando os objetivos específicos, pontua-se um recorte da pesquisa indicada, com o objetivo de: entender a perspectiva dos egressos do Curso de Licenciatura em Química sobre a Prática como Componente Curricular (PCC) em sua formação. A metodologia teve abordagem qualitativa e procedimento do Estudo de Caso, tendo, como instrumento de recolha de dados, um questionário. Os resultados da investigação apontaram que a PCC possibilitou: o contato com a prática educativa; o desenvolvimento de atividades de professor; a articulação entre teoria e prática; o compartilhamento de experiências e a reflexão dos processos realizados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emanuelly Wouters, Universidade Federal da Fronteira Sul, Erechim, RS, Brasil

Mestre em Educação pela Universidade Federal da Fronteira Sul (2021). Professora na Escola Municipal de Ensino Fundamental Conrado Doeth. E-mail: emanuellywouters@gmail.com

Jerônimo Sartori, Universidade Federal da Fronteira Sul, Erechim, RS, Brasil

Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2009). Professor na Universidade Federal da Fronteira Sul. E-mail: jetori55@yahoo.com.br

Referências

Barbosa, A. T., & Cassiani, S. (2015). A prática como componente curricular no curso de formação de professores de Biologia: Algumas possibilidades. Atas do X Encontro Nacional de Pesquisa e Educação em Ciências. Águas de Lindoia, São Paulo, Brasil. http://www.abrapecnet.org.br/enpec/x-enpec/anais2015/resumos/R1522-1.PDF

Brandt, A. G., & Hobold, M. (2019). A prática como componente curricular na disciplina pesquisa e processos educativos do curso de pedagogia: um diferencial na relação entre pesquisa, teoria e prática. Educação e Formação, 4(11), 142-160. https://doi.org/10.25053/redufor.v4i11.319

Brasil. (1996). Lei 9.394 de 20 de dezembro de 1996 (Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional). Presidência da República. Casa Civil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm

Brasil. (1999). Parecer CNE/CP 115/99 de 10 de agosto de 1999. Sobre as Diretrizes Gerais para os Institutos Superiores de Educação. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/p53.pdf

Brasil. (2001a). Parecer CNE/CP 21/2001 de 06 de agosto de 2001 (Duração e carga horária dos cursos de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena). Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/cnecp_212001.pdf

Brasil. (2001b). Parecer CNE/CP 28/2001 de 02 de outubro de 2001 (Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, estabelecendo a duração e a carga horária dos cursos de Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena). Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/028.pdf

Brasil. (2015). Resolução CNE/CP 02/2015 de 01 de julho de 2015 (Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada). Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=136731-rcp002-15-1&category_slug=dezembro-2019-pdf&Itemid=30192

Brasil. (2018). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf

Brasil. (2019). Resolução CNE/CP 02/2019 de 20 de dezembro de 2019 (Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação)). Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=135951-rcp002-19&category_slug=dezembro-2019-pdf&Itemid=30192

Da Costa, F. T., De Alencar, F. L. & Beraldo, T. M. L. (2012). A Prática como Componente Curricular: Entendimentos da Comunidade Disciplinar de Educadores Químicos. Anais do XVI Encontro Nacional de Ensino de Química/ X Encontro de Educação Química da Bahia, Salvador, Bahia, Brasil. https://periodicos.ufba.br/index.php/anaiseneq2012/article/view/7638/5426

Gatti, B. A. (2014). A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista Universidade de São Paulo, (100), 33-46. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i100p33-46

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. Atlas.

Ludke, M., & André, M. E. D. A. (1986). A Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. E.P.U.

Minayo, M. C. S., & Deslandes, S. F. (2002). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Vozes.

Moreira, P. C. (2012). 3+1 e suas (in)variantes: reflexões sobre as possibilidades de uma nova estrutura curricular na licenciatura em matemática. Bolema, 26(44), 1137-1150. https://doi.org/10.1590/S0103-636X2012000400003

Nóvoa, A. (1992). Formação de professores e profissão docente. Editora.

Oliveira, M. C. S., Melo, M. C. de O. L., Oliveira, M. H. de. & Paiva, K. C. M. (2009). A Influência da “Vivência Docente” na Formação e Desenvolvimento de Competências Profissionais Docentes: uma percepção de mestrandos em administração. Anais do II EnEPQ - Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade, Curitiba, Paraná, Brasil. http://anpad.org.br/eventos.php?cod_evento=&cod_evento_edicao=47&cod_edicao_subsecao=513&cod_edicao_trabalho=11140

Pimenta, S. G., & Lima, M. S. L. (2005). Estágio e docência: diferentes concepções. Poíesis, 3(3), 5-24. https://doi.org/10.5216/rpp.v3i3e4.10542

Sartori, J. (2009). Formação do Professor em Serviço: da (re)construção teórica e da ressignificação prática. [Tese de doutorado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul]. Repositório Digital Lume. https://lume.ufrgs.br/handle/10183/16914

Schön, D. A. (1992). Formar professores como profissionais reflexivos. Dom Quixote.

Schön, D. A. (2009). Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem. Penso Editora.

Silva, C. S. da., Maruyama, J. A., Oliveira, L. A. A. & Oliveira, O. M. M. de F. (2012). O saber experiencial na formação inicial de professores a partir das atividades de iniciação à docência no subprojeto de química do PIBID da Unesp de Araraquara. Química Nova na escola, 34(4), 184-188. http://hdl.handle.net/11449/123573

Silva, E. W. (2021). A Articulação de Saberes Docentes em um Curso de Licenciatura em Química por meio da Prática como Componente Curricular. [Dissertação de Mestrado, Universidade Federal da Fronteira Sul]. Repositório Digital UFFS. https://rd.uffs.edu.br/handle/prefix/4664

Silva, R. M. G. & Schnetzler, R. P. (2005). Constituição de professores universitários de disciplinas sobre ensino de Química. Química Nova, 28(6), 1123-1133. https://doi.org/10.1590/S0100-40422005000600030

Silva, R. M. G. & Schnetzler, R. P. (2008). Concepções e ações de formadores de professores de Química sobre o estágio supervisionado: propostas brasileiras e portuguesas. Química Nova, 31(8), 2174-2183. https://doi.org/10.1590/S0100-40422008000800045

Tardif, M. (2003). Saberes docentes e formação profissional. Vozes.

Teixeira, E. B. (2003). A análise de dados na pesquisa científica: importância e desafios em estudos organizacionais. Desenvolvimento em Questão, 1(1), 177-201. https://doi.org/10.21527/2237-6453.2003.2.177-201

Yin, K. R. (2001). Estudo de caso: planejamentos e métodos. Bookmann.

Downloads

Publicado

27.07.2022

Como Citar

Wouters, E., & Sartori, J. (2022). A visão de licenciados em química sobre a Prática como Componente Curricular. Linhas Crí­ticas, 28, e43111. https://doi.org/10.26512/lc28202243111

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.