Professores de educação física como experts adaptativos e a busca da inovação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/lc.v27.2021.36668

Palavras-chave:

Educação física, Professores, Formação de professores, Prática pedagógica, Inovação

Resumo

Este estudo tem como objetivo descrever e analisar as trajetórias de formação e as práticas pedagógicas declaradas de professores de educação física que buscam inovar em suas aulas. Este é um estudo multicasos e biográfico, realizado por meio de entrevistas semiestruturadas. Dentre os resultados, pode-se destacar as seguintes inovações nas aulas: diversificação de conteúdos e estratégias metodológicas, a inserção de badminton e a criação de turmas de treinamento, a utilização de videogame e a criação de uma sala de jogos na escola. Ao longo de suas trajetórias profissionais, estes docentes buscaram expandir seus conhecimentos e competências, agindo como experts adaptativos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Godoi, Escola Municipal Madre Marta Cerutti e Instituto Federal de Mato Grosso, Brasil

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Montreal (2017). Professor na Escola Muncipal Madre Marta Cerutti e no Instito Federal de Mato Grosso. Membro dos grupos de pesquisa Corpo, Educação e Cultura (UFMT), Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física no Ensino Médio Profissionalizante (GEPEFEP/IFMT) e do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Educação Física, Formação Profissional e Campo de Trabalho (NEPEF/UNESP). E-mail: marcos.godoi@cba.ifmt.edu.br

Bruno da Silva Pinto, Escola Municipal Maria Ambrósio Pommot e Escola Estadual José Leite de Moraes, Brasil

Especialista em Pedagogia do Esporte Escolar pela Universidade Católica Rainha da Paz (2013), mestrando no Mestrado Profissional Educação Física em Rede Nacional (PROEF). Professor na Escola Municipal Maria Ambrósio Pommot e na Escola Estadual José Leite de Moraes. E-mail: brunodrhsme@gmail.com

Joami Bettim Cabeleira, Centro Educacional Paulo Freire e Escola Municipal Dona Maria Artemir Pires, Brasil

Licenciado em Educação Física pela Universidade Federal de Mato Grosso (2001). Professor no Centro Educacional Paulo Freire e na Escola Municipal Dona Maria Artemir Pires. E-mail: joami71@gmail.com

Renato Gagg Lourenço, Escola Municipal Rural Hebert de Souza, Brasil

Especialista em Educação Física Escolar pelo Instituto Várzeagrandense de Educação. Professor na Escola Municipal Rural Hebert de Souza. E-mail: renatogagg@gmail.com

Evando Carlos Moreira, Universidade Federal de Mato Grosso, Brasil

Doutor em Educação Física pela Universidade Estadual de Campinas (2007). Professor associado III da Faculdade de Educação Física da Universidade Federal de Mato Grosso. Professor do programa de Pós-Graduação em Educação da UFMT e do Mestrado Profissional em Educação Física em Rede Nacional. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar e Práticas Pedagógicas. E-mail: ecmmoreira@uol.com.br

Referências

Almeida, F. Q. de. (2017). Educação Física escolar e práticas pedagógicas inovadoras: uma revisão. Corpoconsciência, 21(3): 7-16. https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/5312

Altet, M. (2017). A observação das práticas de ensino efetivas em sala de aula: pesquisa e formação. Cadernos de Pesquisa, 47(166): 1196-1223. https://doi.org/10.1590/198053144321

Bransford, J., Derry, S., Berliner, D., Hammerness, K., & Beckert, K. L. (2019). As teorias da aprendizagem e seus papéis no ensino. Em I. Darling-Hammond, & J. Bransford (Org.). Preparando os professores para um mundo em transformação (pp. 34-74). Penso.

Carlan, P., Kunz, E., & Fensterseifer, P. E. (2012). O esporte como conteúdo da educação física escolar: estudo de caso de uma prática pedagógica “inovadora”. Movimento, 18: 55-75. https://doi.org/10.22456/1982-8918.29643

Darling-Hammond, L., Hammerness, K., Grossman, P., Rust, F., & Shulman, L. (2019). A elaboração de programas de formação de professores. Em L. Darling-Hammond & J Bransford (Orgs.). Preparando os professores para um mundo em transformação (pp. 333-377). Penso.

Esteve, J. M. (1995). Mudanças sociais e função docente. Em A. Nóvoa (Org.). Profissão professor (pp. 93-124). Porto.

Faria, B. A., Brach, V., Machado, T. da S., Moraes, C. E. A., Almeida, U. R., & Almeida, F. Q. (2010). Inovação pedagógica na educação física. O que aprender com práticas bem sucedidas? Ágora para la EF y el Deporte, 12(11): 11-28. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=3217498

Faria, B. A., Machado, T. S., & Bracht, V. (2012). A inovação e o desinvestimento pedagógico na educação física escolar: uma leitura a partir da teoria do reconhecimento social. Motriz, 18(1): 120-129. http://doi.org/10.1590/S1980-65742012000100013

Fensterseifer, P. E., & Silva, M. A. (2011). Ensaiando o novo em educação física escolar: a perspectiva de seus atores. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 33(1): 119-134. http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/874/628

Fullan, M. (2001). The new meaning of educational change. Teachers College Press.

Fullan, M. (2009). O significado da mudança educacional (4 ed.). ArtMed.

Gal-Petitfaux, N. (2013). Analyser la leçon d’ÉPS: des modèles prescriptifs aux modèles descriptifs des activités en classe. Em B. Boda, & A. COSTON (Org.) La leçon d’ÉPS en question (pp. 12-18). AEEPS.

Gauthier, C., Martineau, S., Desbiens, J-F., Malo, A., & Simard, D. (2013). Por uma teoria da Pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. EdUnijuí.

Gil, J. M. S. (1999). Inovação e investigação educativa: aproximação a uma relação incerta. Em V. Molina Neto, & A. Triviños (Org.). A pesquisa qualitativa na educação física (pp. 29-43). Sulina.

Goodson, I. F. (1995). Dar voz ao professor: as histórias de vida dos professores e o seu desenvolvimento profissional. Em A. Nóvoa (Org.). Vidas de professores (pp. 63-78). Porto Ed.

Hammerness, K., Darling-Hammond, L., Bransford, J., Berliner, D., Cochran-Smith, M., McDonald, M., & Zeichner, K. (2019). Como os professores aprendem e se desenvolvem. Em L. Darling-Hammond, & J. Bransford (Org.). Preparando os professores para um mundo em transformação (pp. 306-332). Penso.

Hatano, G., & Oura, Y. (2003). Commentary: reconceptualizing school learning using insight from expertise research. Educational Researcher, 32(8): 26-29. https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.3102/0013189X032008026

Maldonado, D. T., Farias, U. de S., Nogueira, V. A., Santos, A. R., Meireles, B. F., Moreira, V. dos S., & Freire, E. dos S. (2018). Indícios de mudanças nas práticas pedagógicas dos professores de educação física escolar: análise dos estudos publicados em anais de eventos nacionais. Corpoconsciência, 22(1): 77-92. https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/corpoconsciencia/article/view/6279/4245

Messina, G. (2001). Mudança e inovação educacional: notas para reflexão. Cadernos de Pesquisa, 114: 225-233. https://doi.org/10.1590/S0100-15742001000300010

Moita, M. C. (1995). Percursos de formação e trans-formação. Em A. Nóvoa (Org.). Vidas de professores (pp. 111-140). Porto Ed.

Paillé, P., & Muchielli, A. (2012). L’analyse qualitative en sciences humaines et sociales. Armand Colin.

Perrenoud, P. (1999). Le pilotage négocié du changement dans les systèmes éducatifs. Em J. Lurin, & C. Nidegger (Org.). Expertise et décisions dans les politiques pédagogiques de l’enseignement (pp. 88-103). Service de la recherche en éducation.

Schwartz, D. L., Bransford, J. D., & Sears, D. (2005) Efficiency and innovation in transfer. Em J. Mestre (Org.). Transfer of learning: research and perspectives (pp. 1-52). Information Age Publishing.

Silva, B. S., Souza, A. C. F., & Martins, M. Z. (2019). Desafiando o abismo tradicional: uma aproximação entre práticas inovadoras e o modelo de Educação Esportiva da educação física escolar. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 42: 1-8. https://doi.org/10.1016/j.rbce.2019.04.003

Silva, M. S., & Bracht, V. (2012). Na pista de práticas e professores inovadores na educação física. Kinesis, 30(1): 75-88. http://doi.org/10.5902/010283085718

Soares, A. J. G., Millen Neto, A. R., & Ferreira, A. C. (2013). A pedagogia do esporte na educação física no contexto de uma escola eficaz. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 35(2): 297-310. http://doi.org/10.1590/S0101-32892013000200004

Woods, P. (1995). Aspectos sociais da criatividade do professor. Em A. Nóvoa (Org.). Profissão professor (pp. 125-153). Porto Ed.

Yin, R. K. (2015). Estudos de caso: planejamento e métodos. Bookman.

Downloads

Arquivos adicionais

Publicado

08.04.2021

Como Citar

Godoi, M., Pinto, B. da S., Cabeleira, J. B., Lourenço, R. G., & Moreira, E. C. (2021). Professores de educação física como experts adaptativos e a busca da inovação. Linhas Críticas, 27, 1–21. https://doi.org/10.26512/lc.v27.2021.36668