Conservadorismo no Cinema dos anos 1980

análise do Filme Excalibur, a Espada do Poder

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v1i37.31456

Palavras-chave:

Cinema. Representação. Conservadorismo

Resumo

Buscamos aqui discutir as representações dos personagens principais do filme “Excalibur, a Espada do Poder” (Excalibur, 1981, John Boorman), com o objetivo de identificar os discursos que elas carregam, e elucidar como essas figuras foram adaptadas pela década de 1980 e o que isso pode nos informar desse contexto no qual estão inseridas. Somado a isso, trabalhamos também com os conceitos de Medievalidades e Reminiscências Medievais, com o intuito de destacar como a Idade Média foi retratada em nossa fonte. Nesse sentido, utilizamos o livro do século XV intitulado “A Morte de Artur”, base do roteiro do filme, a fim de tornar claras as escolhas efetuadas na adaptação cinematográfica. Por conta disso, percebemos que a película de 1981 apresenta uma exaltação bem clara dos personagens masculinos, que inclusive têm suas atitudes negativas relevadas e, ao mesmo tempo, uma depreciação das protagonistas femininas, relegada a papéis com poucas falas e imagens caricatas. Esses aspectos refletem seu período histórico, marcado por visões conservadoras e reacionárias, conforme explicaremos a seguir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

À Queima-Roupa (Point Blank, EUA e Reino Unido, 1967). Direção: John Boorman.

Amargo Pesadelo (Deliverance, EUA, 1972). Direção: John Boorman.

BARTHÉLEMY, Dominique. A Cavalaria: Da Germânia antiga à França do século XII. Tradução: Néri de Barros Almeida e Carolina Gual da Silva. 1ª reimpressão. Campinas: Editora da Unicamp, 2010.

BASCHET, Jérôme. A Baixa Idade Média: triste outono ou dinâmica prolongada?. In: A civilização feudal. Do ano mil à colonização da América. Tradução: Marcelo Rede. 2ª reimpressão. São Paulo: Globo, 2006. P. 247-273.

BIANCHI, Gioroio. Reação. In: BOBBIO, Norberto. Dicionário de Política. Tradução: Carmen C, Varriale et al. 11ª edição. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1998. P. 1073-1074.

BONAZZI, Tiziano. Conservadorismo. In: BOBBIO, Norberto. Dicionário de Política. Trad. Carmen C, Varriale et al. 11ª edição. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1998. P. 242-246.

BOORMAN, John. John Boorman. In: TIRARD, Laurent. Moviemakers’ master class: private lessons from the world’s foremost directors. 1ª edição. Nova Iorque: Faber and Faber Inc; Londres: Faber and Faber ltd, 2002.

BRUNEL, Pierre. Companion to Literary Myths, Heroes and Archetype. Tradução: Wendy Allatson, Judith Hayward e Trista Selous. 1ª edição. Nova Iorque: Routledge, 2016.

CHARTIER, Roger. À Beira da Falésia: A História entre certezas e inquietude. Tradução: Patrícia Chittoni Ramos. 1ª edição. Porto Alegre: Universidade, 2002.

COOK, David A. New Cinemas in Britain and the English-Speaking Commonwealth. In: ________. A History of Narrative Film. 5ª edição. Nova Iorque: W. W. Norton & Company, Inc.; Londres: W. W. Norton & Company Ltd, 2016.

EXCALIBUR, a Espada do Poder (Excalibur). Direção: John Boorman. Roteiro: Rospo Pallenberg e John Boorman. Reino Unido/EUA, 1981. Warner Home Video ”“ EUA, 2011. 1 DVD blu-ray (140 min.), widescreen, son., color., legendado.

ÊXODO. In:. BÃBLIA Sagrada: Edição Luxo. São Paulo: Gráfica da Associação Religiosa Imprensa da Fé, 2004.

FERRO, Marc. O filme: uma contra-análise da sociedade?. In: ________. Cinema e História. Tradução: Flávia Nascimento. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

FLORI, Jean. A Cavalaria: A origem dos nobres guerreiros da Idade Média. Tradução: Eni Tenório dos Santos. 1ª edição. São Paulo: Madras, 2005.

GARIN, Eugenio. O Homem Renascentista. Tradução: Maria Jorge Vilar de Figueiredo. 1ª edição. Lisboa: Editorial Presença, 1991.

HOBSBAWM, Eric. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991. Tradução: Marcos Santarrita. 2ª edição. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

JAMES, Edward. The Northern World in the Dark Ages, 400-900. In: HOLMES, George. The Oxford illustrated history of medieval Europe. 1ª edição. Oxford: Oxford University Press, 1988. P. 63-114.

JORDAN, Chris. Movies and the Reagan presidency: success and ethics. 1ª edição. Westport: Praeger Publishers, 2003.

KARNAL, Leandro. Et al. História dos Estados Unidos: das origens ao século XXI. 1ª edição. São Paulo: Contexto, 2007.

KELNER, Douglas. Ansiedades sociais, classe e juventude insatisfeita. In: KELNER, Douglas. A Cultura da Mídia ”“ estudos culturais: identidade e política entre o moderno e o pós-moderno. Tradução: Ivone Castilho Benedetti. 1ª edição. Bauru: EDUSC, 2001. P. 163-202.

MACEDO, José Rivair. A mulher na Idade Média. 5ª edição. São Paulo: Contexto, 2002.

________. Cinema e Idade Média: Perspectivas de abordagem. In: MACEDO, José Rivair.; MONGELLI, Lênia Márcia. A Idade Média no cinema. 1ª edição. São Paulo: Ateliê Editorial, 2009. P. 13-48.

MALORY, Thomas. Le Morte D'Arthur, Volume I (of II): King Arthur and of his Noble Knights of the Round Table. EUA: Projeto Gutenberg, 2009. Disponível em: https://www.gutenberg.org/ebooks/1251. Acessado em 24/04/19 Ã s 14:00

MALORY, Thomas. Le Morte D'Arthur, Volume II (of II): King Arthur and of his Noble Knights of the Round Table. EUA: Projeto Gutenberg, 2009. Disponível em: https://www.gutenberg.org/ebooks/1252. Acessado em 24/04/19 Ã s 14:00.

NEGRA, Diane. Movies and Looking Back to the Future. In: PRINCE, Stephen. American Cinema of the 1980s: Themes and Variations. 1ª edição. New Jersey: Rutgers University Press, 2007. P. 43-62.

O Exorcista II: o Herege (Exorcist II: The Heretic, EUA, 1977). Direção: John Boorman.

PRINCE, Stephen. Introduction: Movies and the 1980s. In: ________. American Cinema of the 1980s: Themes and Variations. 1ª edição. New Jersey: Rutgers University Press, 2007. P. 1-21.

RAPF, Joanna E. Movies and the New Woman. In: ________. American Cinema of the 1980s: Themes and Variations. 1ª edição. New Jersey: Rutgers University Press, 2007. P. 22-42.

SILVA, Marcelo C. Da. História Medieval. 1ª edição. São Paulo: Contexto, 2019.

XAVIER, Ângela B.; HESPANHA, António M. A representação da sociedade e do poder. In: MATTOSO, José (org.). História de Portugal ”“ vol. 4. O Antigo Regime. 1ª edição. Lisboa: Editora Estampa, 1998. P. 120-153.

Zardoz (Zardoz, Reino Unido, 1974). Direção: John Boorman.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Como Citar

TRINDADE JUNIOR, R. P. Conservadorismo no Cinema dos anos 1980: análise do Filme Excalibur, a Espada do Poder. Em Tempo de Histórias, [S. l.], v. 1, n. 37, 2020. DOI: 10.26512/emtempos.v1i37.31456. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/31456. Acesso em: 5 fev. 2023.