Cinema, história e educação

racismo e ensino de História em O Assalto ao Trem Pagador

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v1i37.32414

Palavras-chave:

Análise fílmica. Cinema e questões raciais. Cinema e ensino de História.

Resumo

Este artigo, desenvolvido a partir de estudos articulados entre os grupos de pesquisa “Cinema, História e Educação: Teoria e Mediação Pedagógica” (UNEB/CNPq) e “Núcleo de História Social e Práticas de Ensino” (UNEB/CNPq), tem por objetivo analisar O Assalto ao Trem Pagador (1962), de Roberto Farias, em duas perspectivas de leitura: evidenciar e problematizar questões raciais presentes no filme e sua relação com o seu contexto de produção, bem como apresentar, do ponto de vista do ensino de História, orientações da maneira como trabalhá-lo em sala de aula no Ensino Médio. Para atingir tal fim, metodologicamente, utilizaremos como fontes, além da obra fílmica, matérias de jornais, revistas, pareceres de censura e releases. Do ponto de vista teórico, dialogaremos com diversos autores, dentre eles, para o campo da relação cinema/história, com Marc Ferro, Pierre Sorlin, Michele Lagny e Julio Montero, e para o campo da relação cinema/ensino, com Alain Bergala, Javier Fernández Sebastián, Jörn Rüsen, Maria Auxiliadora Schmidt e Marlene Cainelli. A reflexão acerca do ensino de História procura atender aos objetivos da Lei 10.639/2003 e com eles contribuir.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Referências bibliográficas

Filmes

O ASSALTO AO TREM PAGADOR. Direção: Roberto Farias. Ano: 1962. País: Brasil. Duração: 89 min. Cor: Preto

REMO USAI: UM MÚSICO PARA O CINEMA. Direção: Bernardo Uzeda. Ano: 2008. País: Brasil. Duração: 20 min.

Artigos, livros e teses

BERGALA, Alain. La hipótesis del cine. Barcelona: Laertes Educación, 2007.

CAINELLI, Marlene; SCHMIDT, Maria A. Ensinar história. 2. ed. São Paulo: Scipione, 2009.

DIAS, Rosângela de Oliveira. O mundo como chanchada: cinema e imaginário das classes populares na década de 1950. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1993.

DÃAZ, Julio Monteiro. El cine cambia la historia. Madri: Ediciones RIALP, 2005

DINIZ, Leudjane Michelle Viegas; GUERRA, Fabiana de Paula. A incorporação de outras linguagens ao ensino de História. História & Ensino, Londrina, v. 13, p. 127-140, set. 2007.

FERNANDES, Florestan. A integração do negro na sociedade de classes. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1965.

FERRO, Marc. Cinema e História. Tradução de Flávia Nascimento. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

GOMES, Paulo Emílio Salles. Cinema: trajetória no subdesenvolvimento. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1986.

GUIMARÃES, Antônio Sérgio. Racismo e anti-racismo no Brasil. São Paulo: Editora 34, 1999.

HINGST, Bruno. Projeto ideológico cultural no regime militar: o caso da Embrafilme e os filmes históricos e adaptações de obras literárias. 2013. 292 f. Tese (Doutorado em Meios e Processos Audiovisuais) ”“Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

LAGNY, Michèle. O cinema como fonte da História. In: FEIGELSON, Kristian, FRESSATO, Soleni B. & NÓVOA, Jorge. Cinematógrafo: um olhar sobre a História. Salvador: EDUFBA; São Paulo: Editora Unesp, 2009.

MARTIN, Marcel. A linguagem cinematográfica. Tradução de Paulo Neves. São Paulo: Brasiliense, 2003.

MIRANDA, Luiz Felipe; RAMOS, Fernão. Enciclopédia do cinema brasileiro. 2 ed. São Paulo: Senac, 2004.

NASCIMENTO, Jairo Carvalho do. Cinema e ensino de História: realidade escolar, propostas e práticas na sala de aula. Fênix, Uberlândia, v. 5, ano 5, n. 2, p. 1-23, abr./jun. 2008.

_______. Erotismo e relações raciais no cinema brasileiro: a pornochanchada em perspectiva histórica. 2015. 348 f. Tese (Doutorado em História) ”“ Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2015.

_______. O cinema como prática cultural na educação básica: a Lei 13.006/2014 e sua aplicabilidade nas escolas brasileiras. In: GUIMARÃES, A. dos S.; NASCIMENTO, J. C. do; RIBEIRO, M. C. L. (Org.). Pesquisas em Histórica e Educação: ensino de História, literatura e cultura audiovisual. 1ed.Curitiba: Editora CRV, 2017. p. 175-199.

NETO, Eduardo Rios; RIANI, Juliana de Lucena Ruas. Desigualdades raciais nas condições habitacionais da população urbana. In: SANTOS, Renato Emerson dos (org.). Diversidade, espaço e relações étnico-raciais: o negro na Geografia do Brasil. Belo Horizonte: Editora Gutenberg, 2009. p. 91-112.

NOVA, Cristiane. O cinema e o conhecimento da história. O Olho da História, Salvador, v. 2, n. 3, p. 217-234, nov. 1996.

PEREIRA, José Maria Nunes. Cultura afro-brasileira. BELLUCCI, Beluce. In: Introdução à História da África e da cultura afro-brasileira. Rio de Janeiro: UCAM, CEAA; CCBB, 2003. p. 119-126.

QUIJANO, Aníbal. Colonialidade do poder, eurocentrismo e América Latina. In: LEHER, Roberto; SETÚBAL, Mariana. Pensamento crítico e movimentos sociais. São Paulo: Cortez, 2005. p. 35-95.

RIBEIRO, Darcy. O povo brasileiro: a formação e o sentido do Brasil. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

ROCHA, Glauber. Revolução do cinema novo. Rio de Janeiro: Alhambra/Embrafilme, 1981.

ROLNIK, Raquel. Territórios negros nas cidades brasileiras: etnicidade e cidade em São Paulo e Rio de Janeiro. In: SANTOS, Renato E. dos (Org.). Diversidade, espaço e relações étnico-raciais: o negro na Geografia do Brasil. Belo Horizonte: Editora Gutenberg, 2009. p. 75-90.

RÜSEN, Jörn. Aprendizagem histórica: fundamentos e paradigmas. Curitiba: W.A. Editores, 2012.

SEBASTIÁN, Javier Fernández. Cine e historia en el aula. Madri: Ediciones Akal, 1994.

SILVA NETO, Antônio L. da. Dicionário de filmes brasileiros. São Paulo: Ed. do Autor, 2002.

SORLIN, Pierre. Sociologia del cine. Traducción de Juan José Utrilla. México: Fondo de Cultura Económica, 1985.

_______. Películas que orientan la historia. In: El cine cambia la historia. Madri: Ediciones RIALP, 2005. p. 31-44.

SOUZA, Edileuza Penha de (Org.). Negritude, cinema e educação: caminhos para a implementação da Lei 10.639/2003. 2. ed. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2011.

TRUFFAUT, François. O prazer dos olhos: escritos sobre cinema. Tradução de André Telles. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

XAVIER, Ismail (Org.). A experiência do cinema: antologia. Rio de Janeiro: Graal, 1983.

Downloads

Publicado

2020-12-03

Como Citar

NASCIMENTO, J. C. do; SILVA, G. F. da. Cinema, história e educação: racismo e ensino de História em O Assalto ao Trem Pagador. Em Tempo de Histórias, [S. l.], v. 1, n. 37, 2020. DOI: 10.26512/emtempos.v1i37.32414. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/32414. Acesso em: 5 fev. 2023.