Educação no Brasil e o ensino de História

Autores

  • Daniela Teles da Silva Universidade Estadual do Centro-Oeste - UNICENTRO

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v0i32.14711

Palavras-chave:

História da Educação. Evolução do Ensino de História. História como disciplina.

Resumo

Neste trabalho é realizada uma análise da evolução do ensino de História no Brasil. Para tal, é apresentada a história da educação no Brasil com foco principal na disciplina de História. A finalidade é a de compreender e comparar a evolução do ensino com o surgimento da História enquanto disciplina. Portanto, realizou-se uma contextualização histórica que mostra a evolução do ensino de História de acordo com as diferentes fases da educação no país. O objetivo principal é compreender a função da disciplina de História e destacar sua importância em sala de aula de modo a construir conhecimento, formar consciência histórica e crítica da sociedade.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALVES, Gilberto Luiz; CENTENO, Carla Villamaina. A produção de manuais didáticos de história do Brasil: remontando ao século XIX e início do século XX. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, vol. 14, n. 42, 2009.

BRASIL. Ministério da Educação.Parecer CNE/CES 492/2001. Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de Filosofia, História, Geografia, Serviço Social, Comunicação Social, Ciências Sociais, Letras, Biblioteconomia, Arquivologia e Museologia. Brasília (DF): abril de 2001, p. 5-9. Disponível em <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CES0492.pdf> Acesso em: 07/05/2018.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Ensino de História: fundamentos emétodos. São Paulo: Cortez, 2004.

BOURDÉ, Guy; MARTIN, Hervé. As Escolas Históricas. Tradução P. E. A. Portugal: Mira-Sintra. 1983.

CALDAS, Pedro Spinola Pereira. Teoriae Prática da Metodologia da Pesquisa Histórica: Reflexões sobre uma Experiência Didática. Revista da Teoria da História, Goiás, ano 1, n. 3, 2010.

CASTRO, Hebe. “História social”. In:Domínios da história: ensaios de teoria e metodologia. Ciro F. CARDOSO; Ronaldo. VAINFAS (orgs.), Rio de Janeiro: Campus, 1997.

CERRI, Luis Fernando. A formação de professores de História no Brasil: Antecedentes e panorama atual. História, histórias, Brasília, vol. 1, n. 2, 2013.

CERRI, Luis Fernando. Didática da História: uma leitura teórica sobra a História na prática. Revista de História Regional, Ponta Grossa, vol. 15, n. 02, ed. de inverno, 2010.

CERRI, Luis Fernando. Os conceitos de consciência histórica e os desafios da didática da História. Revista de História Regional, Ponta Grossa, vol. 6, n. 2, ed. de inverno. 2001.

CERRI, Luis Fernando. Os objetivos do ensino de História.Revista História & Ensino, Londrina, vol. 5, 1999DIAS, Sueli de Fátima. A prática pedagógica do professor de História: um estudo de suas percepções nos colégios estaduais de Apucarana-PR (1990). Londrina, 2008.

FERRO, Marc. A manipulação da história no ensino e nos meios de comunicação. São Paulo: IBRSA, 1983.

FONSECA, Selva Guimarães.Didáticae Prática de Ensino de História: Experiências, reflexões e aprendizados. Campinas: Papirus, 2003.

FONSECA, Selva Guimarães. A História na educação básica: conteúdos, abordagens e metodologias. Anais do I Seminário Nacional: Currículo em Movimento ”“Perspectivas atuais. Belo Horizonte, novembro de 2010.

FONSECA, Selva Guimarães; COUTO, Regina Célia do. “A Formação de Professores de História no Brasil: Perspectivas desafiadoras no nosso tempo”. In: Espaços de formação do professor de História./ Selva Guimarães Fonseca, Ernesta Zamboni (orgs.)”“Campinas: Papirus, 2008.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17ª ed., Rio de Janeiro: Paz & Terra, 1970.FREIRE, Paulo. Carta de Paulo Freire aos professores. Estudos Avançados, São Paulo, vol. 15, n. 42, 2001.

GADOTTI, Moacir. Perspectivas atuais da educação. São Paulo em Perspectiva, São Paulo, vol. 14, n. 2, 2000.

GHIRALDELLI, Paulo. Introdução à Educação Escolar Brasileira: História, Política e Filosofia da Educação [Versão Prévia]. São Paulo, 2001.

GUIMARÃES, Manoel Luis Salgado. Nação e Civilização nos Trópicos: O Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o Projeto de uma História Nacional. Estudos Históricos. Rio de Janeiro, vol. 1, n. 1, 1988.

JENKINS, Keith. “O que é a História?”. In: A História Repensada. Tradução: Mário Vilela. São Paulo: Contexto, 2001.

LE GOFF, Jacques. O imaginário medieval. Tradução: Manuel Ruas. 1ª ed. Coleção Nova História, vol. 13.Lisboa: Editorial Estampa, 1994.

MACÊDO, José Emerson Tavares de; SOUZA, Maria Lindaci Gomes de. A charge no ensino de história. Anais do XIII Encontro Estadual de História-Guarabira, 2008.

MACIEL, LizeteShizueBomura;SHIGUNOV, Alexandre. A educação brasileira no período pombalino: uma análise histórica das reformas pombalinas do ensino. Educação e Pesquisa,São Paulo, vol.32, n. 3,2006

MENDONÇA, Ana Waleska P. C.; LOPES, Ivone Goulart; SOARES, Jefferson da Costa; PATROCLO, Luciana Borges. A criação do Colégio de Pedro II e seu impacto na constituição do magistério público secundário no Brasil. Educação e Pesquisa, São Paulo, vol. 39, n. 4, 2013.

MENEZES, Fernando Vendrame. A Educação e o ensino de História no Brasil: alguns apontamentos. Anais do XXVI Simpósio Nacional de História ”“ANPUH. São Paulo, 2011.

PEREIRA, Nilton Mullet; SEFFNER, Fernando. O que pode o ensino de história? Sobre o uso de fontes na sala de aula. Anos 90.Porto Alegre, vol. 15, n. 28, 2008.

PINSKY, Jaime; PINSKY, Carla Bassanezi. “Poruma história prazerosa e conseqüente”. In: História na sala de aula: conceitos, práticas e propostas/ Leandro Karnal (org.) ”“5ª ed., São Paulo: Contexto, 2009.

R.IHGB. Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro.Rio de Janeiro,tomo I, n. 1, 1839.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. O espetáculo das raças: cientistas, instituições e questão racial no Brasil (1870-1930). São Paulo: Companhia das Letras, 1993.SILVA, Henrique; OLIVEIRA, Jackeline; ARANA, Alba. O papel dos PCN’s: O ensino de História no Brasil. Colloquium Humanarum, Presidente Prudente, vol. 13, n. 3, 2016.

SILVA, Isaíde Bandeira da.O Livro Didático de História: Escolhas, usos e percepções de professores e alunos no cotidiano escolar. Educação e Filosofia, Uberlândia,vol. 26, n. 52,2012.

YAMAMOTO, Oswaldo H. Educação e tradição marxista no Brasil. Revista Comunicação &Educação, SãoPaulo vol. único, n. 10, 1997

Downloads

Publicado

2018-08-21

Como Citar

TELES DA SILVA, D. Educação no Brasil e o ensino de História. Em Tempo de Histórias, [S. l.], n. 32, 2018. DOI: 10.26512/emtempos.v0i32.14711. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/14711. Acesso em: 10 dez. 2022.

Edição

Seção

Notas de Pesquisa