É POSSÍVEL EQUACIONAR O PROBLEMA DA POBREZA VIA ECONOMIA DE MERCADO?

A política de formalização da propriedade imobiliária em Hernando de Soto

Autores

  • Alex Ferreira Magalhães Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.26512/insurgncia.v6i2.32196

Palavras-chave:

Land regularization, Hernando De Soto, informality, slums, favelas

Resumo

Monografia na qual é exposta e analisada criticamente a concepção de política de regularização fundiária defendida pelo economista peruano Hernando de Soto. O objetivo do trabalho é o de interpretar esta concepção, que é centrada na proposta de formalização das propriedades imobiliárias detidas pelos pobres nas cidades das nações menos desenvolvidas, vendo-se esta medida como estratégica não somente para a superação da pobreza, como também para o êxito do capitalismo nestas nações. Evidencia-se ao longo do texto que apesar de suas críticas a certos aspectos do pensamento dominante, de Soto não rompe jamais com os cânones da ideologia do mercado e dos pressupostos da economia clássica, buscando forjar uma solução capitalista para a questão social, e assim relegitimar o capitalismo, prevenindo a sua ruptura. Discutem-se ainda algumas repercussões concretas do pensamento desotiano, nos âmbitos teórico e político, a fim de sinalizar para os resultados a que tem conduzido a adoção de tal perspectiva. Com base na análise da concepção desotiana constroem-se algumas hipóteses interpretativas do significado das políticas de regularização fundiária implementadas no continente latino-americano, tal como aquela que as relaciona ao contexto de disputas por faixas de mercado entre agentes capitalistas que atuam em diferentes escalas.

Referências

ABRAMO, Pedro. A teoria econômica da favela: quatro notas sobre a localização residencial dos pobres e o mercado imobiliário informal. In: ______ (org). A cidade da informalidade: o desafio das cidades latino-americanas. Rio de Janeiro: FAPERJ / Sette Letras, 2003. p. 189-223.

ANDRADE, Maria Isabel de Toledo. Direitos de propriedade e renda pessoal: um estudo de caso das comunidades do Caju. Revista do BNDES, Rio de Janeiro, v. 13, n. 26, p. 261-274, dez. 2006.

BATISTA JR., Paulo Nogueira. O Brasil e a economia internacional: recuperação e defesa da autonomia nacional. Rio de Janeiro: Campus/Elsevier, 2005.

CASTEL, Robert. A insegurança social: o que é ser protegido? Rio de Janeiro: Vozes, 2005.

CLICHEVSKY, Nora. Pobreza y acceso al suelo urbano: algunas interrogantes sobre las políticas de regularización en América Latina. Santiago de Chile: Nações Unidas / CEPAL / División de Desarrollo Sustenible y Asentamientos Humanos, 2003.

DE SOTO, Hernando. Economia subterrânea: uma análise da realidade peruana. Rio de Janeiro: Globo, 1987. Tradução de El otro sendero: la revolución informal.

______ . O mistério do capital: por que o capitalismo dá certo nos países desenvolvidos e fracassa no resto do mundo. Rio de Janeiro: Record, 2001.

DURAND-LASSERVE, Alain. Regularization and integration of irregular settlements: lessons from experience. Nairobi (Kenya): UNDP/UNCHS (Habitat)/World Bank, 1996. Assisted by Valérie Clerc.

ENGELBRECHT, Daniel. Escritura traz renda maior para morador de favela no Rio: estudo defende a regularização fundiária para reduzir pobreza. O Globo, 2. ed., Rio de Janeiro, 03 dez 2006. Caderno Rio, p. 37.

FERNANDES, Edésio. La influencia de El mistério del capital de Hernando de Soto. Land Lines, Cambridge (Massachussets, EUA), v. 14, n. 1, jan. 2002. Disponível em: < http://www.lincolninst.edu/pubs/PubDetail.aspx?pubid=760>. Acesso em: 15 out. 2006.

GILBERT, Alan. On the mystery of capital and the myths of Hernando de Soto: what difference does legal title make? International Development Planning Review, Londres, v. 24, n. 1, p. 1-19, fev. 2002. Formerly Third World Planning Review.

HOLSTON, James. Legalizando o ilegal: propriedade e usurpação no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 8, n. 21, p. 68-89, fev. 1993.

O'DONNELL, Guillermo. Teoria democrática e política comparada. Dados ”“ Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 42, n. 4, p. 577-654, 1999.

RIOFRÃO, Gustavo; CORZO, Daniel Ramírez. Land titling: a path to urban inclusion? Policy and practice of the peruvian model. In: N-AERUS CONFERENCE, 2005, Lund (Suécia). Urban Observatory Desco, set. 2005. Disponível em: <http://www.naerus.net/sat/workshops/2005/papers/32.pdf>.

THE WORLD BANK. Housing: enabling markets to work. Washington (D. C.), 1993.

WACQUANT, Loïc. A "underclass urbana" no imaginário social e científico norte-americano. In: ______ . Os condenados da cidade: estudo sobre marginalidade avançada. Rio de Janeiro: Revan, 2001.

Downloads

Publicado

31.07.2020

Como Citar

FERREIRA MAGALHÃES, Alex. É POSSÍVEL EQUACIONAR O PROBLEMA DA POBREZA VIA ECONOMIA DE MERCADO? A política de formalização da propriedade imobiliária em Hernando de Soto. InSURgência: revista de direitos e movimentos sociais, Brasília, v. 6, n. 2, 2020. DOI: 10.26512/insurgncia.v6i2.32196. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/insurgencia/article/view/32196. Acesso em: 27 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.