Práticas de leitura e escrita na contemporaneidade: uma produção multimodalizada

Autores

  • Sheilla Andrade Souza IFTM
  • Maria da Glória Magalhães dos Reis Universidade de Brasília - UnB

DOI:

https://doi.org/10.26512/rhla.v15i2.1450

Palavras-chave:

Produção escrita;, Ferramentas digitais;, Modos semióticos

Resumo

Resumo

O presente artigo é um recorte de uma pesquisa de mestrado desenvolvida no Programa de Pós-Graduação de Linguística Aplicada da Universidade de Brasília; objetiva apresentar uma proposta de produção escrita apoiada em reflexões sobre leitura e escrita na contemporaneidade. A proposta consistiu na produção de um pôster biográfico sobre o líder religioso Dalai Lama, com o propósito de criar oportunidades para os aprendizes desenvolverem capacidades escritas, assim como, fazerem uso de ferramentas digitais. Como metodologia foi utilizada a pesquisa-ação. Esperou-se que a atividade permitisse os aprendizes ampliarem o conhecimento de mundo a partir do desenvolvimento da leitura e da escrita em língua inglesa. Os dados revelaram que apesar das dificuldades, de uso da língua e manuseio das ferramentas digitais, os participantes realizaram a atividade proposta e houve uma ampliação do conhecimento de mundo através da língua inglesa.

Palavras-chave: Produção escrita. Ferramentas digitais. Modos semióticos.

 

Reading and writing practices in a contemporary society: a multimodal production

Abstract

This article is an excerpt of a master's research developed at the Applied Linguistics Graduate Program at the University of Brasilia; It aims to present a a written production propose supported by reading and writing reflections on the contemporary society. The proposal was the production of a biographical poster on the religious leader Dalai Lama, in order to create opportunities for learners to develop written capacities, as well as make use of digital tools. The methodology used was an action research. It was expected that the activity would allow learners to amplified the world knowledge from the development of reading and writing in English language. The data revealed that despite the difficulties of language use and handling of digital tools, participants performed the activity proposed and there was an expansion of knowledge of the world through the English language.

Keywords: Written production. Digital tools. Semiotic modes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sheilla Andrade Souza, IFTM

Mestre em Linguística Aplicada pela Universidade de Brasília (2013). Especialização em Métodos e Técnicas de Ensino de Língua Estrangeira pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Caratinga (2003). Graduada em Letras/Inglês pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Caratinga (2002). Atualmente é professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro câmpus de Paracatu. Desenvolve pesquisa na área do ensino de línguas para fins específicos dentro da perspectiva dos novos e múltiplos letramentos e da multimodalidade. Possui experiência na área de Letras, com ênfase em Língua Inglesa e cursos de aperfeiçoamento para não nativos nas seguintes instituições: Harvard University - Faculty of Arts and Sciences; Cape Cod Community College and Kaplan International.

Maria da Glória Magalhães dos Reis, Universidade de Brasília - UnB

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1982), mestrado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2003) e doutorado em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2008). Foi leitora de português na Université de Franche-Comté ministrando também cursos de francês para estrangeiros e de teatro brasileiro para o curso de Artes do Espetáculo. Atualmente é professora adjunta do Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução (LET), da UnB - Universidade de Brasília, atuando na área de ensino de língua estrangeira. Realiza pesquisas sobre discursos orais e desenvolvimento da oralidade, subjetividade e identidade em LE. 

Referências

ANTUNES, Irandé. Língua, texto e ensino:outra escola possível. 2. ed. São Paulo: Parábola, 2009.

BAZERMAN, Charles. Gênero, agência e escrita. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

BOGDAN, RobertC.; BIKLEN, Sari. K. Qualitative research for education: an introduction to theory and methods. Needham Heights, MA: Allyn & Bacon, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação Básica. Orientações curriculares nacionais para o ensino médio. Linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2006.

CARR, Wilfred.; KEMMIS, Stephen. Becoming critical education: on knowledge and action research. London and Philadelphia: The Palmer Press, 1986. Disponível em: <http://enotez.files.wordpress.com/2011/09/becoming-critical.pdf>.Acesso em: 18 fev.2013.

DIAS, Reinildes. Gêneros digitais e multimodalidade: oportunidades on-line para a escrita e a produção oral em inglês no contexto da educação básica. In: DIAS, R.; DELL’ISOLA, R. L. P. (Org.). Gêneros textuais: teoria e prática de ensino em LE. Campinas: Mercado das Letras, 2012b, p. 295-315.

DIAS, Reinildes. WebQuests: tecnologias, multietramentos e a formação do professor de inglês para a era do ciberespaço. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, v. 12, p. 861-81, 2012a. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbla/2012nahead/aop1212.pdf>.Acesso em:15 abr.2013.

DIONÍSIO, AngelaP. Gêneros textuais e multimodalidade. In: KARWOSKI. A. M.; GAYDECZKA. B.; BRITO. K. S.; (Org.). Gêneros textuais: reflexões e ensino. 4. ed. São Paulo: Parábola, 2011, p. 137–52.

DOLZ, Joaquimet al. Sequências didáticas para o oral e a escrita: apresentação de um procedimento. In: SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução de Roxane Rojo e Glaís Sales Cordeiro. Campinas: Mercado das Letras, 2004. p. 95-128.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1970.

KALANTZIS, Marry; COPE, Bill. Literacies. Port Melbourne: Cambridge University Press, 2012.

KRESS, Gunther. Literacy in the new media age. London, New York: Routledge, 2003.

KRESS, Gunther; VANLEEUWEN, Theo.Reading images: the grammar of visual design. 1 ed. London, New York: Routledge, 1996.

KRESS, Gunther; VANLEEUWEN, Theo.Reading images: the grammar of visual design. 2 ed. London, New York: Routledge, 2006.

LEFFA, Vilson. Redes sociais: ensinando línguas como antigamente. In: ARAÚJO, J; LEFFA, V. Redes sociais e ensino de línguas: o que temos de aprender? 1.ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2016.

MARCUSCHI, LuizA. Gêneros textuais: configuração, dinamicidade e circulação. In: KARWOSKI. A. M.; GAYDECZKA. B.; BRITO. K. S. (Org.). Gêneros textuais: reflexões e ensino. 4. ed. São Paulo: Parábola, 2011, p. 16–31.

MATTOS, AndréaM.A. Novos letramentos, ensino de línguas estrangeiras e o papel da escola pública no séc. XXI. Revista X, v. 1, p. 33-47, 2011.

NORTON, Bonny; TOOHEY, Kelleen.Identity, language learning, and social change.Language Teaching, n. 44, v. 4, p. 412–46. (State-of-the-Art Article). Disponível em: <http://educ.ubc.ca/faculty/norton/Norton%20and%20Toohey%20Language%20Teaching%202011.pdf>. Acesso em: nov. 2011.

PIMENTA. SôniaM. O; MAIA. DeniseG. Multimodalidade e letramento: análise da propaganda Carrossel. Revista do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade de Passo Fundo, v. 10, n. 1, p. 126-148, jan/jun. 2014.

ROJO, Roxane; Protótipos didáticos para os multiletramentos. In: ROJO. R.; MOURA, E. (Org.). Multiletramentos na escola. São Paulo: Parábola, 2012, p. 7–31.

SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim. Gêneros orais e escritos na escola. Tradução de Roxane Rojo e Glaís Sales Cordeiro. Campinas: Mercado das Letras, 2004.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. 4. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

SOARES, Magda.Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. Educ. Soc., Campinas, v. 23, n. 81, p. 143-60, dez. 2002.

SOUZA, Sheilla A.Ressignificando o ensino de inglês instrumental em contexto de educação profissional de nível médio: uma proposta baseada em sequência didática. 2013 [trabalho em fase de pré-publicação no banco de dissertações e teses]. 142 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada) —Departamento de Línguas Estrangeiras e Tradução, Universidade de Brasília.

SOUZA,SheillaA. REIS, Mariada GlóriaM. Sequência Didática e Gêneros Textuais: uma Proposta Pedagógica. SIGNUM: Estudos da Linguagem, Londrina, v. 17,n. 2, p. 32-64, 2014.

WALSH,Maureen. Pedagogic potentials of multimodal literacy. Disponível em: <http://www.acu.edu.au/__data/assets/pdf_file/0007/195676/Chapter_3_Multimodal_Literacy_M_Walsh.pdf>. Acesso em: 29 ago. 2015.

XAVIER, Antonio CarlosS. Letramentodigital e ensino. In: SANTOS, Carmi F.; MENDONÇA,Márcia. (Orgs.).Alfabetização e letramento:conceitos erelações. 1 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

Publicado

2017-02-14

Como Citar

Souza, S. A., & Reis, M. da G. M. dos. (2017). Práticas de leitura e escrita na contemporaneidade: uma produção multimodalizada. Revista Horizontes De Linguistica Aplicada, 15(2). https://doi.org/10.26512/rhla.v15i2.1450

Edição

Seção

Artigos