Disciplina e ordem nas telas do Cine Jornal Brasileiro

os “sócios” do poder no Estado Novo

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v1i37.33231

Palavras-chave:

Cine Jornal Brasileiro. Estado Novo Brasileiro. Propaganda política

Resumo

Durante o período do Estado Novo no Brasil (1937-1945), os militares foram uma importante força de sustentação do presidente Getúlio Vargas. Neste artigo, investigamos como essa parceria no exercício do poder foi apresentada nas edições do Cine Jornal Brasileiro (1938-1946), um componente na estratégia de propaganda política do regime. As Forças Armadas foram tema e assunto recorrentes do CJB como parte da aposta do governo para convencer a sociedade a aceitar os moldes ideológicos do estado autoritário instaurado no país.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AMERICANO, Alvaro. Cinema, Propaganda e Poder: O Cine Jornal Brasileiro na Era Vargas. Tese de doutorado. Faro: Universidade do Algarve, 2019.

CINE JORNAL BRASILEIRO. Brasil. Departamento de Imprensa e Propaganda. Edições de 1938 a 1945.

DELGADO, Lucília e SCHUFFNER, Luciana. Esporte, Trabalho e Juventude no Estado Novo: O Caso do Minas Tênis Clube. In: Locus: revista de história, v. 13, n. 2, p. 215-226. Juiz de Fora. Editora UFJF, 2007.

GOMES, Ângela. Ideologia e trabalho no Estado Novo. In PANDOLFI, D. Org. Repensando o Estado Novo. Rio de Janeiro. Editora Fundação Getúlio Vargas, 1999

GRUNENNVALDT, José Tarcísio. Escola Nacional de Educação Física e Desportos ”“ o projeto de uma época. Florianópolis. Motrivivência. UFSC, 1997.

KRAKAUER, Siegfried. De Caligari a Hitler. Una historia psicológica del cine alemán. Barcelona. Ediciones Nueva Visíon, 1961.

MELLO, Diego e SILVA, Marcelo. A capoeira no contexto do Estado Novo: civilização ou barbárie? In: Movimento e Percepção. Espírito Santo do Pinhal. V.9, n.13, jul/dez. UNIPINHAL, 2008.

MELO, Victor Andrade. A Educação Física e o Estado Novo (1937-1945): A Escola Nacional de Educação Física e Desporto. Buenos Aires. Educación Física y Deportes. Revista Digital, nº 115, 2007. Consultado em junho de 2018. http://www.efdeportes.com/efd115/a-educacao-fisica-e-o-estado-novo.htm

MELO, Victor Andrade de. Escola Nacional de Educação Física e Desportos: uma possível história. Campinas: UNICAMP, Dissertação (Mestrado em Educação Física), 1996.

REVISTA MINAS TÊNIS CLUBE. Belo Horizonte, jul, 1941.

SCHUFFNER, Luciana Silva. O Minas Tênis Clube e o Estado Novo: moldando o corpo e mente da juventude de Belo Horizonte (1935-1945). Dissertação de Mestrado. PUC Minas Gerais. Belo Horizonte, 2007.

SOARES, Carmem Lúcia. Educação Física: raízes europeias e o Brasil. São Paulo: Autores Associados, 2001.

TEIXEIRA, Clara Alves. A documentação do esporte no Estado Novo em comparação com a estética de Leni Riefenstahl. Belo Horizonte. Dissertação de Mestrado. Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais, 2011.

VARGAS, Getúlio. 1883-1954, atuação parlamentar. Organização Maria Celina D’Araújo. Brasília. Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2011. (Série Perfis Parlamentares, nº 62).

Downloads

Publicado

2020-12-03

Como Citar

AMERICANO, Alvaro Eduardo Trigueiro; AMERICANO, Letícia Barbosa Torres. Disciplina e ordem nas telas do Cine Jornal Brasileiro: os “sócios” do poder no Estado Novo. Em Tempo de Histórias, [S. l.], v. 1, n. 37, 2020. DOI: 10.26512/emtempos.v1i37.33231. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/33231. Acesso em: 15 abr. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.