Violência contra os povos indígenas em Roraima

uma questão de Direitos Humanos

Autores

  • Paulo Sérgio Rodrigues da Silva Universidade Virtual de Roraima
  • Sulamita Oliveira Simões Universidade Federal de Roraima

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v0i21.19845

Palavras-chave:

Violência. Direitos Humanos. Povos indígenas.

Resumo

A temática abordada neste artigo é a violência contra os povos indígenas em Roraima. O objetivo da investigação foi compreender como os Direitos Humanos foram desrespeitados, partindo-se de uma análise documental, principalmente obtida nos relatos feitos nos anos de 1980 por antropólogos, por historiadores, pela Igreja e pelos próprios indígenas, em que a violência indígena foi marcadamente configurada nessa região. Os principais resultados alcançados com a pesquisa demonstram que a violência contra esses povos tiveram como propósito a exploração dos recursos naturais em detrimento da cultura dessas etnias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paulo Sérgio Rodrigues da Silva, Universidade Virtual de Roraima

Professor na Fundação UNIVIRR. Mestrando em Sociedade e Fronteiras pela Universidade Federal de Roraima. 

Sulamita Oliveira Simões, Universidade Federal de Roraima

Advogada. Mestranda em Sociedade e Fronteiras pela Universidade Federal de Roraima. 

Referências

A CRÃTICA. Caderno de Polícia, Manaus, p. 08, 20 ago. 1993.

ALBERT, Bruce. O Massacre dos Yanomami de Haximu. Documentos Yanomamy N° 1. Brasília ”“ Boa Vista: Comissão Pró-Yanomami, 2001.

BARRETO, Helder Girão. Direitos indígenas: vetores constitucionais. 1ª Ed, 2ª tir. Curitiba: Juruá, 2004.

CCPY/CEDI/CIMI. Roraima: O Aviso da Morte. Relatório sobre a viagem da Comissão da Ação pela cidadania ao Estado de Roraima, entre 9 a 12 de junho de 1989. São Paulo: s.ed., 1989.

CCPY/CEDI/CIMI/NDI. Yanomami: A Todos os Povos da Terra. Segundo relatório da Ação pela Cidadania sobre o caso Yanomami, referente a acontecimentos no período de junho de 1989 a maio de 1990. São Paulo: s.ed., 1990.

CENTRO DE INFORMAÇÕES DIOCESE DE RORAIMA. Ãndios e Brancos em Roraima. Coleção Histórico-Antropológica, nº 2. Boa Vista: Coronária, 1990.

CLEMENTINO, Alcelino. et al. Os Filhos de Macunaimî ”“ Vida, História, Luta ”“ ou vai ou racha. A luta continua. São Paulo: Loyola, 2004.

EUSEBI, Luigi. “A barriga morreu!”: o genocídio dos Yanomami. Tradução Romana Ghirotti Prado. São Paulo: Loyola, 1991.

FOLHA WEB. “Lideranças indígenas organizam mobilização”. Disponível em: http://www.folhabv.com.br/Noticia_Impressa.php?id=129278. Acessado em: 15 de maio de 2012.

FREITAS, Luiz Aimberê Soares de. Geografia e História de Roraima. Boa Vista: DLM, 2001, p. 117.

LACERDA, Rosane F. Situação de Direitos Humanos dos Povos Indígenas no Brasil no ano 2000. Disponível em: http://www.dhnet.org.br/dados/relatorios/dh/br/jglobal/jglobal2000/situacaodh.html. Acessado em: 01 de maio de 2012.

LITTLE, Paul E. “Etnoecologia e direitos dos povos: elementos de uma nova ação indigenista.” In: HOFFMANN, M. Barroso; LIMA, A. C. S. Etonodesenvolvimento e políticas públicas: bases para uma nova política indigenista. Contra Capa Livraria: Rio de Janeiro, 2002.

METRE, Léa; SOUZA, Ana Paula de. “Preconceito e lutas pela terra causam mortes de índios Espancamentos e mortes marcaram o 1º semestre de 2003 para os índios em vários lugares do país. Já são 10 índios assassinados e 3 desaparecidos, até as crianças indígenas já são alvos dessa violência.” Disponível em: http://www.funai.gov.br/ultimas/materias/prec_lut.htm. Acesso em: 14 de janeiro de 2012.

NEVES, Lino João de Oliveira. O discurso de construção de uma Amazônia sem índios (ou: O discurso anti-índio para a desconstrução da Amazônia indígena. In: Saberes indígenas: ensino superior, autonomia e território. I Seminário de Ciências Sociais: análise e perspectivas em um ambiente de fronteira. UFAM, 2008.

OLIVEIRA, Reginaldo Gomes de. A herança dos descaminhos na formação do Estado de Roraima. 405 p. São Paulo. Programa de Pós-Graduação em História Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. USP, 2003, 405 p.

SANTILLI, Paulo. Pemongon Patá: território macuxi, rotas de conflitos. São Paulo: UNESP, 2001.

TODOROV, Tzvetan. A conquista da América: a questão do outro. Tradução: Beatriz Perrone-Moisés. 3ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

VERONA, Humberto. “Abertura. Nenhuma forma de violência vale à pena.” In: Conselho Federal de Psicologia. Brasília: CFP, 2011. Disponível em: http://www.psicologia-online.org.br/pol/export/sites/default/pol/publicacoes/publicacoesDocumentos/nenhumaforma_FINAL.pdf. Acesso em: 13 de julho de 2012.

VIEIRA, Jaci Guilherme. Missionários, Fazendeiros e Ãndios em Roraima: a disputa pela terra ”“ 1777 a 1980. Boa Vista: UFRR, 2007.

Downloads

Publicado

2013-03-01

Como Citar

SILVA, P. S. R. da; SIMÕES, S. O. Violência contra os povos indígenas em Roraima: uma questão de Direitos Humanos. Em Tempo de Histórias, [S. l.], n. 21, p. 162–178, 2013. DOI: 10.26512/emtempos.v0i21.19845. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/19845. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos