Análise dos manuais chineses de tradução português – chinês com base nas considerações de Nord sobre as competências de tradução

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/belasinfieis.v10.n2.2021.32964

Palavras-chave:

Formação. Tradutores. Aulas de Tradução. Curso de Português. Universidades Chinesas.

Resumo

Na aplicação do seu Modelo de Análise Textual Orientado para a Tradução na formação de tradutores profissionais, Nord (2006, p. 155) indica que o foco consiste no desenvolvimento da competência de transferência [“competência de tradução” no sentido mais restrito (Nord, 2006, p. 161)]. No entanto, de acordo com Nord (2006, p. 161), nas aulas de tradução, apesar da consolidação da competência de transferência, outras quatro competências (linguística, cultural, de temática e de pesquisa) também podem ser desenvolvidas. Sendo parte importante nas aulas de tradução, os manuais de tradução desempenham um papel essencial, mediante a análise dos quais, podemos conhecer de que forma é que estas competências são desenvolvidas nas aulas. No presente trabalho, iremos analisar três manuais chineses de tradução português – chinês com base nas ponderações de Nord quanto às cinco competências de tradução (competência de transferência, competência linguística, competência cultural, competência de temática e competência de pesquisa), pretendendo perceber como é que a consolidação destas cinco competências é refletida nas estruturações e conteúdos nos manuais em questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Zhihua HU, Zhejiang International Studies University (China); Universidade de Aveiro (Portugal)

Docente na School of European Languages and Cultures da Zhejiang International Studies University, China. Doutor em Tradução e Terminologia pela Universidade de Aveiro e a Universidade Nova de Lisboa. Mestre em Línguas e Literaturas Europeias (Língua e Literatura Portuguesa) na Universidade de Estudos Internacionais de Xi’an, China. Atualmente, realiza pesquisa pós-doutoral no Centro de Línguas, Literaturas e Culturas (CLLC) da Universidade de Aveiro, Portugal. 

Zhejiang International Studies University, School of European Languages and Cultures. Hangzhou, Zhejiang, China. Universidade de Aveiro, Centro de Línguas, Literaturas e Culturas (CLLC). Aveiro, Portugal.

Maria Teresa Roberto, Universidade de Aveiro

Docente no Departamento de Línguas e Culturas da Universidade de Aveiro, Portugal. Doutora em Linguística pela Universidade de Aveiro. Mestre em Didática do Inglês e Licenciada em Letras Inglês/Português pela mesma instituição. Dirige o Programa Doutoral de Tradução e Terminologia - uma parceria da Universidade de Aveiro com a Universidade Nova de Lisboa. Atualmente, é coordenadora da Linha de Investigação em Tradução e Terminologia, do Centro de Línguas, Literaturas e Culturas. Universidade de Aveiro, Centro de Línguas, Literaturas e Culturas (CLLC). Aveiro, Portugal

Referências

AS-SAFI, Abdul Baki. (2011). Translation Theories: Strategies and Basic Theoretical Issues. Amman: Dar Amwaj.

CATFORD, John Cunnison. (1965). A Linguistic Theory of Translation. London: Oxford University Press.

LI, Changsen. (2002). Aspectos Teórico-Práticos de Tradução ”“ Portuguê/Chinês. Macau: Instituto Politécnico de Macau.

LI, Fei. (2012). Sebenta de Tradução Português - Chinês, Chinês ”“ Português. Macau: Instituto Politécnico de Macau.

MUNDAY, Jeremy. (2016). Introducing Translation Studies: Theories and Applications (Fourth Edition). London and New York: Routledge.

NIDA, Eugene. (1991). Theories of Translation. TTR: traduction, terminologie, rédaction, 4(1), 19”“32.

NORD, Christiane. (2006). Text Analysis in Translation: Theory, Methodology, and Didactic Application of a Model for Translation-Oriented Text Analysis (2nd Edition). Beijing: Foreign Language Teaching and Research Press.

SHUTTLEWORTH, Mark; COWIE, Moira. (1997). Dictionary of Translation Studies. London and New York: Routledge.

WANG, Jinquan. (2004). Translation Memory (TM) - A New Development of Computer Translation Technology. New Technology of Library and Information Service, (5), 13-16.

WANG, Rong. (2001). Trados and Microsoft Further Strengthen Localization Cooperation - Multi-language Translation Technology Will Help Microsoft Enhance Localization Capabilities. Chinese Science & Technology Translators Journal, 14(4), 61.

YU, Xiang. (2011). Tradução Português-Chinês: Teoria e Prática. Beijing: Foreign Language Teaching and Research Press.

YUAN, Yining. (2005). Translation Technology and the Formation of Technical Translation Talents in China. Chinese Science & Technology Translators Journal,18(1), 51-54.

Downloads

Publicado

09-06-2021

Como Citar

HU, Zhihua; ROBERTO, Maria Teresa. Análise dos manuais chineses de tradução português – chinês com base nas considerações de Nord sobre as competências de tradução. Belas Infiéis, Brasília, Brasil, v. 10, n. 2, p. 01–22, 2021. DOI: 10.26512/belasinfieis.v10.n2.2021.32964. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/belasinfieis/article/view/32964. Acesso em: 27 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.