Dois de Julho

Festas de Caboclo e Cabocla e a Guerra de Independência na Bahia

Autores

  • Sergio Armando Diniz Guerra Filho Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v1i40.43986

Palavras-chave:

Identidade Nacional, Independência, Festas

Resumo

O artigo discute as relações possíveis entre os fatos relacionados à Guerra de Independência na Bahia – ocorrida entre junho de 1822 e julho de 1823 – e as festividades relacionadas ao fato, em desfiles de Caboclos e Caboclas em diversas cidades da Bahia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sergio Armando Diniz Guerra Filho, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia

Professor Adjunto da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, atuando na Licenciatura em História e no Mestrado Profissional em História da África, da Diáspora e dos Povos Indígenas. Professor do ProfHistória (UNEB campus I). Licenciado em História pela Universidade Católica do Salvador (1997) e Mestre (2004) e Doutor (2015) em História Social pela Universidade Federal da Bahia. Tem experiência na área de História, com ênfase em História Regional do Brasil e Ensino de História. Coordena o Subprojeto História do Programa Residência Pedagógica da UFRB.

Referências

ALBUQUERQUE, Wlamyra. Algazarra nas ruas. Comemorações da Independência na Bahia (1889-1923). Campinas: Editora da Unicamp, 1999.

AMARAL, Braz do. História da Independência na Bahia. Salvador: Progresso, 1957.

ANDERSON, Benedict. Comunidades Imaginadas:. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

ARAÚJO, Dilton Oliveira de. O Tutu da Bahia:. Salvador: Edufba, 2009.

ARAÚJO, Ubiratan Castro de. A Guerra da Bahia. Salvador: UFBa/CEAO, 1998.

AZEVEDO, Thales de. Povoamento da Cidade do Salvador. Salvador: Itapuã, 1969.

BALDAIA, Fabio Peixoto Bastos. A Festa, o Drama e a Trama: cultura e poder nas comemorações da Independência da Bahia (1959-2017). Tese de Doutorado. Salvador: FFCH-UFBA, 2018.

BAROJA, Julio Caro. El Carnaval: Analisis histórico-cultural. Madrid: Alianza Editorial, 2006.

COUTO, Edilece. MOURA, Milton. (2019). Oferendas e bilhetes para o Caboclo e a Cabocla na Festa do 2 de Julho na Bahia. Revista Brasileira De História Das Religiões, 12(34), 201-229.

CUNHA, Maria Clementina Pereira. Ecos da folia: Uma História Social do Carnaval Carioca entre1880 e 1920. 1ª. ed. São Paulo: Cia. das Letras, 2001.

DAVIS, Natalie Zemon. Culturas do povo: sociedade e cultura no inicio da França moderna. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1990.

GUERRA FILHO, Sérgio A. D. O Povo e a Guerra: Participação das Camadas Populares nas Lutas pela Independência do Brasil na Bahia. (Dissertação de Mestrado) Salvador: UFBa, 2004.

__________. Façanha Desconhecida (O Soldado Jacaré e os heróis anônimos da Guerra de Independência). A Tarde (Caderno Cultural), Salvador, p. 2 - 3, 02 jul. 2005.

KRAAY, Hendrick. Entre o Brasil e a Bahia: as comemorações do Dois de Julho em Salvador no século XIX. Afro-Ásia, n° 23, 2000, pp. 49-87.

MENDES, Bartolomeu de Jesus. A Festa do Dois de Julho em Caetité: do Cívico ao Popular. Caetité: s/ ed., 2002.

MOURA, Milton Araújo. Os Caboclos de Itaparica. Interface de Brasis. In: I Colóquio Internacional de História da Universidade Federal Rural de Pernambuco, 2007, Recife. I Colóquio Internacional de História da Universidade Federal Rural de Pernambuco - Anais Eletrônicos. Recife: Universidade Federal Rural de Pernambuco, 2007.

OSÓRIO, Ubaldo. A Ilha de Itaparica: História e tradição. Salvador: Fundação Cultural do Estado da Bahia, 1979.

PINHO, Wanderley. A Bahia, 1808-1856. In HOLLANDA, Sérgio Buarque de. (org.) História Geral da Civilização Brasileira: Tomo II Volume 2. São Paulo: Difel, 1972. pp. 242 a 311.

REIS, João J. O Jogo Duro do Dois de Julho: O “Partido Negro” na Independência da Bahia In: REIS, João José e SILVA, Eduardo. Negociação e Conflito: A Resistência Negra no Brasil Escravista. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

REIS, João José. “Tambores e Tremores: a Festa Negra na Bahia na Primeira Metade do Século XIX”, in CUNHA, Maria Clementina Pereira da (org.). Carnavais e Outras F(r)estas: Ensaios de História Social da Cultura. Campinas: Editora Unicamp/Cecult, 2002.

SANTOS, Jocélio Teles dos. O Dono da Terra: O Caboclo nos candomblés da Bahia. Salvador: SarahLetras, 1995.

TAVARES, Luis Henrique Dias. Independência do Brasil na Bahia. Salvador: EdUFBa, 2005.

Downloads

Publicado

2022-09-03

Como Citar

GUERRA FILHO, S. A. D. Dois de Julho: Festas de Caboclo e Cabocla e a Guerra de Independência na Bahia. Em Tempo de Histórias, [S. l.], v. 1, n. 40, 2022. DOI: 10.26512/emtempos.v1i40.43986. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/43986. Acesso em: 3 fev. 2023.