A espacialidade do movimento estudantil e do movimento docente na PUC-Rio durante o regime militar brasileiro

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v1i38.37000

Palavras-chave:

Movimentos de oposição. Espacialidade. Ditadura Militar.

Resumo

O presente artigo pretende analisar de que forma o movimento estudantil e o movimento docente da PUC-Rio, cada qual à sua maneira, apropriou-se de alguns espaços físicos e simbólicos da Universidade durante o regime militar brasileiro. Foram escolhidos quatro locais - os pilotis, a Vila dos Diretórios e os auditórios Bs -, que serão examinados a partir do entendimento de que os espaços são tanto produzidos como construídos socialmente. Nesse sentido, busca-se evidenciar como esses espaços são influenciados por quem os ocupa e como, dependendo de variáveis como, por exemplo, tempo ou classe, é possível criar narrativas contrastantes de um mesmo espaço. Além disso, também há a preocupação de demonstrar como esses espaços não são recipientes inertes e, portanto, eles mesmos são agentes da sua própria produção. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO, Maria Paula Nascimento. Memórias Estudantis: da fundação da UNE aos nossos dias. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 2007.

CARVALHO, Amâncio Paulino. Entrevista concedida à Carla Siqueira. Projeto Memória do Movimento Estudantil. Rio de Janeiro, 30 maio 2005.

CAVALCANTE, Berenice; CARVALHO, Maria Alice Rezende de. PUC e ADPUC: faces de um mesmo impasse. In: Boletim da ADPUC. Rio de Janeiro: ADPUC, [s.n.], nov. 1981.

CAVALCANTE, Berenice. Entrevista concedida ao Núcleo de Memória da PUC-Rio. Rio de Janeiro, PUC-Rio, 6 nov. 2017.

CORDEIRO, Elisabeth. As colunas da Vila dos Diretórios. Jornal da PUC - edição 235, out. 2010. In: Crônicas de memória. Margarida de Souza Neves ... [et al.] (orgs). – Rio de Janeiro : PUC-Rio, Núcleo de Memória, 2014.

GONÇALVES, Eduardo. Encontros, identidades e simbolismos: os pilotis como lugar de memória da PUC- Rio. Rio de Janeiro: PUC-Rio, 2008.

GORGÔNIO, Clóvis. Como a PUC-Rio chegou à Gávea. Jornal da PUC - edição 245, 06 nov. 2011. In: Crônicas de memória. Margarida de Souza Neves ... [et al.] (orgs). – Rio de Janeiro : PUC-Rio, Núcleo de Memória, 2014.

GUPTA, Akhil e FERGUSON, James. Beyond Culture: Space, Identity, and the Politics of Difference. Culture, power, place. Explorations in critical Anthropology. Durham: Duke University Press, 1997, pp. 33-51.

HARVEY, David. Space as a keyword. Paperfor Marx and Philosophy Conference. Londres: Institute of Education, 2004.

JARDIM, Eduardo. Entrevista concedida ao Núcleo de Memória da PUC-Rio. Rio de Janeiro, PUC-Rio, out. 2014.

KOSCHECK, Anna. A Vila Dos Diretórios como Lugar de Memória da PUC-Rio.In: Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da PUC-Rio. 2009, Rio de Janeiro. Anais do XVII Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica da PUC-Rio. Rio de Janeiro: PUC-Rio, 2009.

LEFEBVRE, Henri. Prefácio - A produção do espaço. Estudos avançados. São Paulo, vol.27, n.79, 2013.

LOW, Setha. The social construction of space. Spatializing culture: the ethnography of space and place. New York, NY: Routledge, 2016, pp. 68-93.

MORANI, Julia. Vila dos Diretórios deixa sua marca. Jornal da PUC, edição 236 - Especial 70 Anos, 11 nov. 2010.

NORA, Pierre. Entre memória e história: a problemática dos lugares. In: Revista Projeto História. São Paulo, n.10, dez/1993.

RODMAN, Margaret. Empowering Place: Multilocality and Multivocality. American Anthropologist. Virgínia, v. 94, n. 3, p. 640-656, set/1992.

SIMMEL, Georg. Sociologia: estudios sobre las formas de socialización. Buenos Aires, Espasa-Calpe, 1939.

STOCK, Paul, (ed.). Introduction: history and the uses of space. In: The Uses of Space in Early Modern History. Palgrave studies in cultural and intellectual history. Palgrave Macmillan, Basingstoke, UK, 2015.

TENDLER, Silvio. Doces memórias, tristes lembranças. Entrevista concedida a Arthur Macedo e Davi Barros. Jornal da PUC, Rio de Janeiro, n. 279, p.9, abr/2014.

VELHO, Gilberto. Memória, identidade e projeto. In: Projeto e metamorfose. Rio de Janeiro: Zahar, 1994. p. 97-105.

Downloads

Publicado

2021-06-25

Como Citar

FRANÇA, Julia de Paula. A espacialidade do movimento estudantil e do movimento docente na PUC-Rio durante o regime militar brasileiro. Em Tempo de Histórias, [S. l.], v. 1, n. 38, 2021. DOI: 10.26512/emtempos.v1i38.37000. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/37000. Acesso em: 15 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.