Novas abordagens do ensino de História

as linguagens artísticas na sala de aula

Autores

  • Cláudia Regina dos Santos Universidade Estadual de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v0i21.19841

Palavras-chave:

História. Arte. Teatro de revista.

Resumo

A abordagem de novos objetos no campo da História já se consagrou por meio da divulgação de vários trabalhos acadêmicos, que vêm demonstrando o quão interessante é manusear linguagens peculiares, diversas do documento “oficial” de arquivo. É o que procuramos, aqui, demonstrar com o estudo do teatro de revista de fins do século XIX e início do XX que, enquanto fonte de pesquisa e de ensino, traz à tona importantes dilemas políticos e sociais da Primeira República brasileira. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cláudia Regina dos Santos, Universidade Estadual de São Paulo

Doutoranda da Universidade Estadual de São Paulo (UNESP). 

Referências

BASTOS, Sousa. Dicionário do teatro português. Lisboa: Lisbânio da Silva, 1908, p. 102-103.

CARVALHO, José Murilo de. A formação das almas: o imaginário da República no Brasil. São Paulo: Cia. das Letras, 1990, p. 59.

CHARTIER, Roger. À beira da falésia. Porto Alegre: UFGS, 2002, p. 53-56.

MAGALDI, Sábato. Panorama do teatro brasileiro. 6. ed. São Paulo: Global, 2004, p. 53-165.

OLIVEIRA, Sírley Cristina. O encontro do teatro musical com a arte engajada de esquerda: em cena, o Show Opinião (1964). 2011. Tese (Doutorado em História), Programa de Pós-graduação em História, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011, f. 41.

PAIVA, Salvyano Cavalcanti de. Viva o rebolado!: vida e morte do teatro de revista brasileiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1991, p. 29-643.

PARIS, Robert. A imagem de um operário no século XIX pelo espelho de um vaudeville. Revista Brasileira de História. São Paulo: Anpuh-Marco Zero, p. 61-69, set.1987-fev.1988.

PATRIOTA, Rosângela. O teatro e o historiador: Interlocuções entre linguagem artística e pesquisa histórica. In: RAMOS, Alcides Freire; PEIXOTO, Fernando; PATRIOTA, Rosângela. (Org.). A História invade a cena. São Paulo: Hucitec, 2008, p. 44.

PRADO, Décio de Almeida. História concisa do teatro brasileiro (1570-1908). São Paulo: Edusp, 1999, p. 117.

SALIBA, Elias Thomé. Raízes do riso: a representação humorística na história brasileira: da Belle Evoque aos primeiros tempos do rádio. São Paulo: Cia. das Letras, 2002, p. 24.

TINHORÃO, José Ramos. História social da Música Popular Brasileira. São Paulo: Ed. 34, 1998, p. 242.

THOMPSON, Edward Palmer. Os Românticos: A Inglaterra na era revolucionária. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002, p. 61.

VENEZIANO, Neyde. O teatro de revista. O TEATRO através da história. Rio de Janeiro: Centro Cultural Banco do Brasil, vol. 2, p. 154-155, 1994.

Downloads

Publicado

2013-03-01

Como Citar

SANTOS, C. R. dos. Novas abordagens do ensino de História: as linguagens artísticas na sala de aula. Em Tempo de Histórias, [S. l.], n. 21, p. 109–123, 2013. DOI: 10.26512/emtempos.v0i21.19841. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/19841. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê