Narrativas da exclusão de migrantes e refugiados na Universidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/sersocial.v23i49.35802

Palavras-chave:

migrações internacionais. refugiados. acesso à educação superior. direitos humanos.

Resumo

Em 2016, a UFSM adotou uma modalidade de ação afirmativa para ingresso diferenciado e facilitado de imigrantes e refugiados na Universidade. Enquanto tal política é dialógica à realidade vivenciada pelo sujeito migrante, a sua experiência no ambiente universitário revela a face da exclusão. Assim, o estudo tem como objetivo demonstrar os elementos estruturais do processo de desigualdade e exclusão de imigrantes e refugiados, refletido no âmbito da universidade. Para isso, o estudo utilizou trechos de entrevistas semiestruturadas com estudantes que relatam elementos de exclusão estrutural e dialogam com dois referenciais que trazem categorias centrais de análise no campo das migrações, Sayad e Derrida, a partir das ideias de “permanente provisoriedade do sujeito imigrante” e de “hospitalidade condicionada”. Em resumo, a universidade tem mostrado ser um ambiente de reprodução dos mecanismos sociais de exclusão dos não nacionais e que expressam a desigualdade estrutural decorrente da raça e da classe.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Giuliana Redin, Universidade Federal de Santa Maria - UFSM

Pós-Doutora em Psicologia Social pela USP. Doutora em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná.Professora do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito e do Departamento de Direito da Universidade Federal de Santa Maria. Professora Adjunta do Departamento de Direito e Curso de Relações Internacionais da UFSM. Coordenadora do MIGRAIDH, Grupo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Direitos Humanos e Mobilidade Humana Internacional da UFSM. Líder do Grupo de Pesquisa CNPq Direitos Humanos e Mobilidade Humana Internacional. Coordenadora da Cátedra Sérgio Vieira de Mello UFSM. Atua na área do Direito Internacional e Direitos Humanos.

Referências

ACNUR. Solicitantes de refúgio. Disponível em: <https://www.acnur.org/portugues/quem-ajudamos/solicitantes-de-refugio/> Acesso em: 14/03/2021.

BERTOLDO, Jaqueline. Fronteiras da Igualdade: direito à educação de imigrantes e refugiados na UFSM. (Dissertação de Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Direito. Universidade Federal de Santa Maria. 2020.

BRASIL. Lei 13.445, de 24 de maio de 2017. Institui a Lei de Migração. 2017. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2017/Lei/L13445.htm>. Acesso em: 13/03/2021.

DERRIDA, Jacques. Anne Dufourmantelle convida Jacques Derrida a falar da hospitalidade. São Paulo: Escuta, 2003.

DOUZINAS, Costas. O fim dos Direitos Humanos. São Leopoldo: Unisinos, 2009.

DUSSEL, Enrique. Método para uma filosofia da libertação: superação analética da dialética hegeliana. São Paulo, Edições Loyola, 1989.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

FREUD, Sigmund. O inquietante. In: História de uma neurose infantil (“O Homem dos Lobos”), Além do Princípio do Prazer e Outros Textos [1917-1920]. São Paulo: Companhia das Letras, 1919.

GENTILLI, Pablo. O direito à educação e as dinâmicas de exclusão na América Latina. Educação & Sociedade, v. 30, n. 109, p. 1059-1079, 2009. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0101-73302009000400007&script=sci_abstract&tlng=pt>. Acesso em: 13/03/2021.

GOFFMAN, Erving. Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. 4. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1988.

REDIN, Giuliana. Psicologia social da Vulnerabilidade do Migrante Internacional. (Tese de pós-doutorado em Psicologia Social e do Trabalho). Universidade de São Paulo, 2020.

REDIN, Giuliana; MINCHOLA, Luís Augusto Bittencourt. Proposta de Resolução para instituição do Programa de Acesso à Educação Técnica e Superior da UFSM para Refugiados e Imigrantes em Situação de Vulnerabilidade. Arquivo Migraidh. 2014.

ROSA, Marluza da. “Seleção e ingresso de estudantes refugiados no ensino superior brasileiro: a inserção linguística como condição de hospitalidade”. Trabalhos em linguística aplicada, v. 57, n. 3, p. 1534-1551, p. 2018. Disponível em: <https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0103-18132018000301534&lng=en&nrm=iso&tlng=pt>. Acesso em: 14 mar. 2021.

SAYAD, Abdelmalek. Imigração ou os paradoxos da alteridade. São Paulo: Edusp, 1998.

Downloads

Publicado

07/30/2021

Como Citar

BERTOLDO, Jaqueline; REDIN, Giuliana. Narrativas da exclusão de migrantes e refugiados na Universidade. SER Social, [S. l.], v. 23, n. 49, p. 296–317, 2021. DOI: 10.26512/sersocial.v23i49.35802. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/SER_Social/article/view/35802. Acesso em: 27 fev. 2024.