Editorial / Dossiê Temático

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/vozcen.v4i01.49302

Palavras-chave:

Dossiê Temático, Editorial

Resumo

O Dossiê Temático Vocalidades, Oralidades, Práticas Integrativas e Feminismos teve como interesse reunir pesquisas sobre teorias, pedagogias, práticas e poéticas vocais que atravessam a oralidade e as narrativas, as práticas integrativas e as diferentes correntes feministas.

A tradição oral e seu legado narrativo remete à ancestralidade dos povos, pensamentos, imaginários e práticas sociais. Ao mesmo tempo, as artes cênicas se relacionam diretamente tanto a estas práticas da vocalidade e da oralidade quanto às práticas somáticas, meditativas, ritualísticas e holísticas no trabalho de atrizes e atores. Neste contexto, as relações entre tradição e contemporaneidade nos levam a reflexões sobre as artes cênicas a partir de questões interseccionais de nossa atualidade social: de gênero, étnico-raciais, de classe, de deficiência e geracionais. Também a relação humana com outros seres e com o próprio meio ambiente se torna elemento fundamental de reflexão para a produção vocal e a criação cênica, pois inerente à própria possibilidade de existência de um devir.

Neste dossiê estão artigos e relatos de experiências que nos apresentam algumas perspectivas pedagógicas, poéticas e críticas da vocalidade e da sonoridade nas artes da cena a partir de diferentes eixos e enfoques, constituindo um breve caleidoscópio das aberturas transdisciplinares de práticas e pesquisas vocais que vem se desenvolvendo no Brasil na atualidade a partir das diferentes perspectivas feministas e das múltiplas abordagens integrativas.

Essas vozes ecoam futuros de um passado distante, e ressoam o passado no devir-voz das salas de aula e de ensaio e das cenas, de mãos dadas às questões sociais e ambientais que nos confabulam. Das escutas voltadas às vocalidades e musicalidades indígenas e afrobrasileiras à reflexão sobre as necessárias transformações da criação vocal no Antropoceno; das memórias e construções de subjetividades individuais e coletivas às reivindicações políticas das vozes historicamente caladas e oprimidas; das abordagens ritualísticas às visões holísticas que expandem nossas corporeidades vocais, costuramos este dossiê.

Como contadoras de histórias e tecelãs dessa tapeçaria acadêmica, desejamos uma ótima leitura, repleta de imagens e imaginários sonoro-vocais movedores de outros mundos possíveis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Daiane Dordete, Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Florianópolis/SC, Brasil

Professora Associada IV do Departamento de Artes Cênicas da UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina, na área de voz/interpretação, e do Programa de Pós-graduação em Teatro da UDESC. Diretora de Extensão, Cultura e Comunidade do Centro de Artes da UDESC (gestão 2017-2021). Doutora e Mestra em Teatro pela UDESC. Bacharela em Artes Cênicas com habilitação em Interpretação Teatral pela FAP - Faculdade de Artes do Paraná (UNESPAR). Foi conselheira Estadual de Cultura de Santa Catarina na representação da FECATE - Federação Catarinense de Teatro, entre os anos de 2017 e 2019. É membra do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Florianópolis, representando a UDESC (2019-2021). É membra da Comissão de Avaliação de Incentivo à Cultura - CAIC, de Florianópolis, representando a UDESC. É membro da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Artes Cênicas (ABRACE). É atriz, diretora, dramaturga, contadora de histórias e poeta. Pesquisa nas áreas de voz, atuação, performance, teatro performativo, teatro narrativo, contação de histórias, teatro feminista, teoria crítica feminista e estudos de gênero.

Meran Vargens, Universidade Federal da Bahia - UFBA, Salvador/BA, Brasil

Atriz e diretora teatral, possui graduação em Educação Artística, Habilitação Em Artes Cênicas pela Universidade Católica do Salvador (1985), especialização em Composição Coreográfica pela Escola de Dança UFBA (1994), mestrado em Ma In Theatre Arts Performance - University of London (1997), doutorado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (2005) e pós-doutorado pelo Instituto de Artes da UNICAMP - SP (2010). Pós-doutorado pelo Centro de Letras e Artes da UNIRIO (2016). Atualmente é professora Associado I da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia. Desempenha-se como coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC-UFBA) desde março de 2017.

Janaína Träsel Martins, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Florianópolis/SC, Brasil

Professora efetiva do Curso de Artes Cênicas da Universidade Federal de Santa Catarina - Departamento de Artes, Centro de Comunicação e Expressão. Doutora em Artes Cênicas, Mestra em Teatro, Fonoaudióloga especialista em Voz, Musicoterapeuta, Terapeuta sonora

Sulian Vieira, Universidade de Brasília - UnB, Brasília/DF, Brasil

É Doutora em Artes pela Universidade de Brasília, Mestre em Teatro Aplicado pela Univesity of Manchester (UK) e Bacharela em Interpretação Teatral pela UnB. É professora do Departamento de Artes Cênicas desde 2002, onde também atua no PPG-CEN. 

Downloads

Publicado

29-06-2023

Como Citar

Dordete, D., Vargens, M., Martins, J. T., & Pacheco, S. V. (2023). Editorial / Dossiê Temático. Voz E Cena, 4(01), 07–08. https://doi.org/10.26512/vozcen.v4i01.49302

Edição

Seção

Editorial / Apresentação

Categorias

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.