Editorial / Apresentação

Autores

Palavras-chave:

Editorial, Apresentação

Resumo

Editorial / Apresentação

por César Lignelli, Daiane Dordete, Meran Vargens e Tiago Mundim

Em 2021 completamos nosso primeiro aniversário e iniciamos o segundo ano de resistência com este número.  Sem dúvida, vivemos em um tempo que escapa a adjetivações no qual tentativas de o descrever excluem tantas facetas deste complexo e dolorido quebra-cabeça que o constitui. 

Como bradado nos demais editoriais, a Revista Voz e Cena surgiu dos encontros, das imersões. Encontros intensos de professoras e professores que neste ano de 2021 também completam um ciclo de afetos, no caso 10 anos de parcerias. Mas, ironicamente nascemos, enquanto periódico, em tempos impossíveis e, desde então, de alguma maneira temos nos encontrado por aqui. Encontros de trocas restritas e repletas de lacunas: falta o calor dos abraços, dos beijos e das vozes com suas palavras, sotaques, entonações, intensidades, acentos, tempos, harmônicos, diferenças, cantos e cores.

E quebrando cabeça em meio as adversidades de cada dia, seguimos, cada qual com sua capacidade de resiliência. E eis nossas respostas, eis nossas vozes, eis nossas presenças mesmo que mediadas por tecnologias de natureza diversa. Assim, nosso número 01 do ano de 2021, conta com dez artigos, uma entrevista e um registro audiovisual que abarcam aspectos metodológicos, conceituais, discursivos, técnicos e estéticos da voz, da palavra, da composição e da música em performance oriundos de pesquisadoras e pesquisadores vinculados a instituições localizadas nas cinco regiões brasileiras, em Portugal e na Itália com nove artigos escritos originalmente em português e um em italiano.

Acreditamos que, apesar dos tantos pesares, devemos celebrar o vislumbre de magia que cada faísca pode promover em meio ao Atlântico, que cada gota pode germinar no Atacama, que cada vida carrega de potência e dever diante das centenas de milhares de mortes que ocorreram no Brasil por motivos que ultrapassam em muito as questões virais associadas ao Sars-Cov-2 e a média anual expectada de óbitos.

Mergulhadas e mergulhados nestes sentimentos contraditórios, de luto e luta, encontramos forças em coletivo para continuar a ressoar vocalidades e sonoridades, celebrando à distância a terceira edição de nossa revista, construída a muitas mãos.

E assim, nesta festa de e com crianças, com o imaginário focado no doce de sua preferência, com a simbólica chama da vela e quiçá com algumas lágrimas, cantemos o emblemático e democrático “parabéns a você” para os aniversariantes - revista e coletivo.

 

- Agradecimento à CAPES pelo apoio financeiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

César Lignelli, Universidade de Brasília - UnB, Brasília/DF, Brasil

Professor Associado de Voz e Performance do Departamento Artes Cênicas (CEN) e dos Programas de Pós-Graduação em Arte (PPG-Arte) e de Pós Graduação em Artes Cênicas (PPG-CEN) da Universidade de Brasília. Pós-Doutor pelo Programa Avançado de Cultura Contemporânea da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2014 - 2015). É Doutor em Educação e Comunicação, FE/Universidade de Brasília (2011); Mestre em Arte e Tecnologia na linha de pesquisa Processos Composicionais para a Cena, IDA/UnB (2007); Graduado em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2000). Líder do Grupo de Pesquisa Vocalidade & Cena (CNPq desde 2003). Editor do Periódico Voz e Cena. Membro da VASTA Voice and Speech Trainers Association (desde 2016). Autor do livro Sons e(m) Cenas (2014 e 2019 - segunda edição), coorganizador do livro Práticas, Poéticas e Devaneios Vocais (2019) e de inúmeros artigos publicados em periódicos qualificados. Pesquisa e orienta temas que envolvam sonoridades, estéticas e pedagogias. Palavra falada e cantada. Glossolalias.Vocalidades e educação. Vocalidades e movimento. Vocalidades e tecnologias. Vocalidades e cultura. Sonoplastia. Música de cena. Música cênica. Desenvolve com recorrência produções estéticas em parcerias com os grupos de teatro Desvio, Sutil Ato, alaOca, Teatro do Concreto e Trupe dos Argonautas. Desde 2017, junto ao Grupo Desvio, circula com o DeBanda pelo Brasil, Singapura, Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile e Perú.

Daiane Dordete , Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC, Florianópolis/SC, Brasil

Professora Associada IV do Departamento de Artes Cênicas da UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina, na área de voz/interpretação, e do Programa de Pós-graduação em Teatro da UDESC. Diretora de Extensão, Cultura e Comunidade do Centro de Artes da UDESC (gestão 2017-2021). Doutora e Mestra em Teatro pela UDESC. Bacharela em Artes Cênicas com habilitação em Interpretação Teatral pela FAP - Faculdade de Artes do Paraná (UNESPAR). Foi conselheira Estadual de Cultura de Santa Catarina na representação da FECATE - Federação Catarinense de Teatro, entre os anos de 2017 e 2019. É membra do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Florianópolis, representando a UDESC (2019-2021). É membra da Comissão de Avaliação de Incentivo à Cultura - CAIC, de Florianópolis, representando a UDESC. É membro da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-graduação em Artes Cênicas (ABRACE). É atriz, diretora, dramaturga, contadora de histórias e poeta. Pesquisa nas áreas de voz, atuação, performance, teatro performativo, teatro narrativo, contação de histórias, teatro feminista, teoria crítica feminista e estudos de gênero.

Meran Vargens, Universidade Federal da Bahia - UFBA, Salvador/BA, Brasil

Atriz e diretora teatral, possui graduação em Educação Artística, Habilitação Em Artes Cênicas pela Universidade Católica do Salvador (1985), especialização em Composição Coreográfica pela Escola de Dança UFBA (1994), mestrado em Ma In Theatre Arts Performance - University of London (1997), doutorado em Artes Cênicas pela Universidade Federal da Bahia (2005) e pós-doutorado pelo Instituto de Artes da UNICAMP - SP (2010). Pós-doutorado pelo Centro de Letras e Artes da UNIRIO (2016). Atualmente é professora Associado I da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia. Desempenha-se como coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (PPGAC-UFBA) desde março de 2017.

Tiago Mundim, Universidade de Brasília - UnB, Brasília/DF, Brasil

Tiago Mundim - Bolsista PNPD (CAPES) de Pós-Doutorado do PPG-CEN da UnB (2019-2022). Doutor em Arte Contemporânea pelo PPG-Arte da UnB (2018). Participa do grupo de pesquisa Vocalidade & Cena: http://lattes.cnpq.br/0586365487485364 - https://orcid.org/0000-0003-3079-6671 .

Referências

Revista Voz e Cena - v. 02, n.º 01: Voz e Cena (jan-jun/2021)

Downloads

Publicado

25-06-2021

Como Citar

Lignelli, C. ., Dordete , D. ., Vargens, M. ., & Mundim, T. E. (2021). Editorial / Apresentação. Voz E Cena, 2(01), 04–05. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/vozecena/article/view/38484

Edição

Seção

Editorial / Apresentação

Categorias

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.