A investigação sociológica do direito na teoria dos sistemas

Autores

Palavras-chave:

Verdade, Direito, Construtivismo, Observação, Legitimidade

Resumo

Entre os desafios da pesquisa jurídica, a problemática da verdade no direito e a observação do sistema jurídico como objeto constituem um desafio constante tanto para teóricos do direito, quanto sociólogos da mesma disciplina. Esse desafio tem sido abordado historicamente sob diferentes perspectivas, porém a aproximação kantiana à verdade jurídica como uma experiência de origem controlada é até nossos dias a mais relevante. Não obstante, sob o escopo da sociologia do direito, e principalmente com o arcabouço teórico da teoria dos sistemas, a problemática antes mencionada pode ser desdobrada e radicalizada na relação construtiva do observador com sua realidade. Neste sentido, o observador-pesquisador não só construiria seu próprio objeto - o direito -, mas também é parte do mundo que ele mesmo constrói. Por outro lado, e supondo a universalização desta experiência, tem-se, como consequência, que todos os observadores são também construtores do próprio mundo. Isto é, a contribuição cientifica da pesquisa se aplica a si mesma, e traz como corolário uma nova forma de conceituar a verdade, levantando uma sorte de acusação sobre nós: discorre sobre nosso presente e nos diz que somos mentirosos quando falamos a verdade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raffaele De Giorgi, Università del Salento (UniSalento), Lecce, Itália

Professor da Universidade de Lecce/Salento (Itália). Diretor-fundador, com Niklas Luhmann, do Centro de Estudos do Risco da Universidade de Lecce/Salento. Doutor em Filosofia Universidade de Roma “La Sapienza” (Italia). (http://lattes.cnpq.br/4016976622773136)

Capa da Revista Direito.UnB Volume 2, Número 2

Downloads

Publicado

2016-04-01

Como Citar

DE GIORGI, Raffaele. A investigação sociológica do direito na teoria dos sistemas. Direito.UnB - Revista de Direito da Universidade de Brasília, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 103–119, 2016. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/revistadedireitounb/article/view/24494. Acesso em: 29 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.