Os impactos gerados pela greve dos caminhoneiros no Brasil e a resiliência nos equipamentos e serviços turísticos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/revistacenario.v7i12.25510

Palavras-chave:

Turismo. greve. resiliência. organização. transporte.

Resumo

O setor de turismo no Brasil sofreu impactos inesperados devido ao cenário do movimento de greve dos caminhoneiros, cuja funcionalidade agrega aspectos importantes na distribuição de recursos para o perfeito desempenho da atividade turística. Este artigo tem por objetivo relatar os impactos do movimento dos caminhoneiros e as consequências na dimensão do turismo. Além disso, apresentar conceitos sobre resiliência organizacional e como as firmas devem se portar a eventos disruptivos. A busca bibliográfica baseia-se em plataformas jornalísticas , artigos,  sites institucionais e/ou governamentais. Por fim, a crise econômica gerada pela greve de caminhoneiros reafirmou interdependência do setor de transporte a atividade turística, esta última, quando apoiada a dinâmica da resiliência desenvolve respostas inovadoras em rápida temporalidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Thais Coratini da Silva, Universidade de Brasília

3 Graduação, Bacharel em Turismo - Universidade de Brasília. E-mail: thaissilva1136@gmail.com
Orcid: https://orcid.org/0000-0003-1808-0216

Ylana Silva Rodrigues, Universidade de Brasília

Graduação, Bacharel em Turismo - Universidade de Brasília. E-mail: ylanasilvarodrigues@gmail.com
Orcid: https://orcid.org/0000-0001-7539-6482

Publicado

2019-07-26

Como Citar

Lopes, A. S., Correa, J. D. S., Silva, T. C. da, & Rodrigues, Y. S. (2019). Os impactos gerados pela greve dos caminhoneiros no Brasil e a resiliência nos equipamentos e serviços turísticos. Cenário: Revista Interdisciplinar Em Turismo E Território, 7(12), 59 - 72. https://doi.org/10.26512/revistacenario.v7i12.25510

Edição

Seção

Artigos

Most read articles by the same author(s)