A elaboração de um video e a formação ambiental do extensionista: o caso do Parque Sucupira

Autores

  • Marcelo Bizerril Universidade de Brasília
  • Andreia de Almeida
  • Marcelo Borges Universidade de Brasília
  • Tamiris Assis Universidade de Brasília

Palavras-chave:

Comunicação. Educação ambiental. Parque Sucupira. Planaltina.

Resumo

Nesse artigo descrevemos a experiência de estudantes da Universidade de Brasília (campus de Planaltina) em um projeto de extensão na área de educação e comunicação comunitária, tendo como foco o Parque Recreativo Sucupira, localizado em Planaltina-DF. A implantação do Parque envolve conflitos e outras questões ambientais e comunitárias que foram explorados pelo grupo na produção de um vídeo-documentário. Posteriormente, um questionário respondido pelos próprios alunos participantes do projeto analisou a experiência pessoal de cada um com a extensão universitária e suas contribuições para o entendimento da dinâmica dos conflitos socioambientais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcelo Bizerril, Universidade de Brasília

Professor Doutor, diretor da Faculdade UnB Planaltina-FUP e coordenador/orientador do projeto, 

Professor orientador do PEAC Comunicação ambiental na educação formal e não-formal 

Andreia de Almeida

Graduanda do Bacharelado em Gestão Ambiental da FUP e extensionista do projeto. 

Marcelo Borges, Universidade de Brasília

Extensionista- graduando da Licenciatura em Ciências Naturais da FUP e extensionista do projeto

Tamiris Assis, Universidade de Brasília

Graduanda do Bacharelado em Gestão Ambiental da FUP e extensionista do projeto.

Referências

comunicação; educação ambiental; parque sucupira; planaltina
ALVES-MAZZOTTI, A. J. Usos e abusos dos estudos de caso. Cadernos de Pesquisa, v. 36, n. 129, p. 637-65, 2006.
BIZERRIL, M. X. A.; SOARES, C. C.; SANTOS, J. P. Linking community communication to conservation of the maned wolf in central
Brazil. Environmental Education Research, v. 17, p. 1-13, 2011.
BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. 1998.
DIAS, G. F. Educação ambiental: princípios e práticas. 9. ed. São Paulo: Gaia, 2004.
IBRAM (Instituto Brasília Ambiental). Educação Ambiental. Distrito Federal. 2011. Disponível em: <http://www.ibram.df.gov.br/>.
Acessado em: 20/10/2011.
THEODORO, S. H., CORDEIRO, P. M. F., BEKE, Z. Gestão Ambiental: uma prática para mediar conflitos ambientais. ENCONTRO
DA ANPPAS, 2. Campinas/SP, 2004.
FURRIELA, R. B. Democracia, cidadania e proteção do meio ambiente. São Paulo: Fapesp, 2002.
PAULINO, F. O., BIZERRIL, M. X. A., COELHO, J. F. G., MENDES, J. S., PEDROSA, L. L. Fala Canastra! Ações de comunicação
comunitária para a educação ambiental na Serra da Canastra. Participação, v. 8, p. 58-66. Brasília: DEX/UnB, 2008.
PERUZZO, C. M. K. Conceitos de comunicação popular, alternativa e comunitária revisitados e as reelaborações no setor. Redalyc,
v. 11, p. 367-379, 2008.
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA. Manual de extensão. Brasília: DEX/UnB. 2004.

Downloads

Publicado

2012-09-26

Como Citar

BIZERRIL, M.; ALMEIDA, A. de; BORGES, M.; ASSIS, T. A elaboração de um video e a formação ambiental do extensionista: o caso do Parque Sucupira. Participação, [S. l.], n. 19, 2012. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/23395. Acesso em: 31 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos de desenvolvimento teórico