Festa Junina da Travessa X

Notas Sobre Sociabilidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v1i40.41868

Palavras-chave:

Festa Junina, Extremo-Leste Orlandino, Sociabilidades, Memória

Resumo

O presente estudo caracteriza-se enquanto um ensaio que possui por objetivo analisar a Festa Junina da Travessa X, realizada no extremo-leste de Orlândia, município localizado no nordeste paulista (região do mar de cana). Nesta investigação, buscamos destacar que esse festejo, além do lazer, propicia a criação e renovação de laços como: amizade, solidariedade e vizinhança, bem como pode ser observado como um importante espaço de sociabilidade na região.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruno César Pereira, Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)

Graduado e Mestre em História pela Universidade Estadual do Centro-Oeste do Paraná (UNICENTRO). Doutorando em Sociologia pela Universidade Federal de São Carlos.

Ana Maria Rufino Gillies, Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR

Doutora em História pela Universidade Federal do Paraná. Professora do Colegiado de Artes Visuais na Faculadade de Artes do Paraná (Campus II - Curitiba) da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR). Professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Hitória da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Referências

AGULHON. Maurice. A sociabilidade, a sociologia e a história. In: DORE, Andrea; RIBEIRO, Luiz Carlos (Orgs.). O que é sociabilidade? São Paulo: Intermeios, 2019.

AGULHON. Maurice. Os círculos: definições, antecentes, pontos de partida. In: DORE, Andrea; RIBEIRO, Luiz Carlos (Orgs.). O que é sociabilidade? São Paulo: Intermeios, 2019.

ALVES, Fabio Lopes. A dinâmica da sociabilidade em Georg Simmel. Contribuciones a las Ciencias Sociales, 2013, s/p.

ARAÚJO, Karina de. Orlândia na belle époque: um sonho do coronel. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em História), Franca: Universidade Estadual de São Paulo - UNESP,1999.

BAENIGER, Rosana Baeninger. São Paulo no contexto dos movimentos migratórios interestaduais. In: BAENIGER, Rosana Baeninger. Regiões, metrópole e interior: espaços ganhadores e espaços perdedores nas migrações recentes – Brasil 1980-1996. Tese (Doutorado em Sociologia), Campinas: Universidade de Estadual de Campinas – UNICAMP, 2002.

CERTEAU, Michel. A invenção do cotidiano: Artes de fazer. Petrópolis: Ed. Vozes, 1994.

CHIANCA, Luciana. Devoção e diversão: expressões contemporâneas de festas e santos católicos. In: Revista ANTHROPOLÓGICAS, ano 11, volume 18(2): 49-74 (2007).

GOMES, Maryvone Moura. Um olhar sobre as festas juninas e seus novos cenários: o caso de São João de Maracanaú – Região Metropolitana de Fortaleza (RMF/Ceará). In: Geotextos, vol. 7, n. 2, dez. 2011, p. 99-120.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2006.

HENRICKS, Thomas S. Simmel: on sociability as the play-form of human association. In: Play and Cultural Studies. MNV. OCLC. MNV & UMM, Greenwich, CT, v. 5, 2003, p. 19-32.

LUCENA FILHO, Severino Alves de. As festas juninas: uma vitrine de culturas simbólicas no contexto do turismo cultural. Disponível em https://www.ucs.br/site/midia/arquivos/90-as-festas-juninas.pdf. Acesso: 27/01/2022.

MAGNANI, José Guilherme Cantor. Da periferia ao centro: pedaços & trajetos. Revista de Antropologia, 1992, v. 35, p. 191-203.

MAGNANI, José Guilherme C.; TORRES, Lilian de Lucca (Orgs.). Na Metrópole: textos de Antropologia Urbana. EdUSP; FAPESP, 2000.

OLIVEIRA. Lucas de Albuquerque; OSÓRIO, Patricia Silva. Da Festa de São Pedro à Festado Pescador: Dinâmicas identitárias em uma comunidade ribeirinha de Mato Grosso. ACENO, v. 4, n. 7, 2017, p. 172-186.

PAIVA, Kauê Felipe. Urbanização e planejamento: a produção do espaço em pequenas cidades do eixo rodoferroviário da Alta Mogiana - Triângulo Mineiro. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo), São Paulo: Universidade de São Paulo - USP, 2017.

PEREIRA, Bruno César. Uma cidade entre narrativas: construções históricas sobre a história de Orlândia-SP. Trilhas da História, v. 10, n. 20, 2021a, p. 91-110.

PEREIRA, Bruno César. Notas sobre as contribuições de festas comunitárias para a construção identitária em uma região de Orlândia-SP. Albuquerque: Revista de História, v. 13, n. 25, 2021b, p. 159-175.

PORTELLI, Alessandro. A Filosofia e os Fatos. Narração, interpretação e significado nas memórias e nas fontes orais. Tempo, v. 01, n. 02, p. 59-72, 1996.

PORTELLI, Alessandro. O que faz a história oral diferente. Projeto História, v. 14, p. 25-39, 1997.

PRIORE, Mary Del. Festas e Utopias no Brasil Colonial. São Paulo: Editora Brasiliense, 1994.

RIBEIRO, Luiz Carlos. A sociabilidade na narrativa histórica. In: DORE, Andrea; RIBEIRO, Luiz Carlos (Orgs.). O que é sociabilidade? São Paulo: Intermeios, 2019.

SEMENSATTO, Simone. Informação, memória e identidade: as festas comunitárias do município de Estrela – Rio Grande do Sul. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharel em Biblioteconomia), Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, 2005.

SILVA, Elisa Paes; ANGELO, Elis Regina Barbosa. Festas, turismo e identidade iguaçuana. In: XVII Encontro de História ANPUH-RIO. Rio de Janeiro: Anais do XVII Encontro Regional de História - ANPUH/RIO, 2016, s./p.

SILVA, Luís Geraldo da. Da festa à sedição. Sociabilidades, etnia e controle social na América portuguesa (1776-1814). In: JANCSÓ, István; KANTOR, Iris (orgs.). Festa, cultura e sociabilidades na América Portuguesa. v. 1. São Paulo: Imprensa Oficial; Hucitec; Edusp; Fapesp, 2001. p. 313-335.

SIMMEL, Georg. A sociabilidade. In: SIMMEL, Georg. Questões fundamentais da sociologia: indivíduo e sociedade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2006.

VOIGT, Lisa. Festas e sociabilidades nas cidades mineiras nos séculos XVII-XVIII. In: DORE, Andrea; RIBEIRO, Luiz Carlos (Orgs.). O que é sociabilidade? São Paulo: Intermeios, 2019. p. 117-129.

Downloads

Publicado

2022-09-03

Como Citar

PEREIRA, B. C.; GILLIES, A. M. R. . Festa Junina da Travessa X: Notas Sobre Sociabilidade. Em Tempo de Histórias, [S. l.], v. 1, n. 40, 2022. DOI: 10.26512/emtempos.v1i40.41868. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/41868. Acesso em: 3 fev. 2023.