O papel dos "vencedores" em Viento Fuerte de Miguel Ángel Astúrias

Autores

  • Amina Vergara

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v0i11.20072

Palavras-chave:

Guatemala. Miguel Ángel Asturias. Literatura hispano-americana.

Resumo

O presente artigo tem por objetivo apresentar o papel dos "vencedores" em Viento Fuerte, primeiro livro da trilogía bananera do escritor guatemalteco Miguel Angel Asturias.
Perpassando o cotidiano dos funcionários estadunidenses da United Fruit Company ”“ companhia estadunidense exportadora de bananas, que atuou nos países centro-americanos
durante as duas primeiras décadas do século XX ”“ pretende-se mostrar como o surgimento e afirmação de uma identidade, individual ou coletiva, se dá a partir do olhar do outro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amina Vergara

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em História Social ”“ DH ”“ FFLCH ”“ USP, sob orientação do Prof. Dr. Júlio César Pimentel, com o projeto intitulado "A United Fruit Company e a Guatemala de Miguel Ángel Asturias", utilizando como fonte de pesquisa a trilogía bananera de Miguel Angel Asturias: Viento FuerteEl Papa VerdeLos ojos de los Enterrados, e tendo como metodologia a relação entre Literatura e História para narrar a ação da United Fruit Company na Guatemala.

Referências

ADORNO, Theodor. Notas de Literatura I, São Paulo, Coleção Espírito Crítico, Livraria Duas Cidades, Editora

, 2003.

APPIAH, Kuame Anthony. Na casa do meu pai: a África na filosofia da cultura, Rio de Janeiro, Editora

Contraponto, 1997.

ASTURIAS. Miguel Angel. Los Ojos de Los Enterrados, Buenos Aires, 6ª edição, Editorial Losada, 1976.

BÜGER, Peter. Teoria da Vanguarda, 1ª edição, Suhrkamp Verlag, Coleção Vega / Universidade, 1993.

CANDIDO, Antonio. Literatura e Sociedade, Rio de Janeiro, 9ª edição, Editora Ouro Sobre Azul, 2006.

CHOMSKY, Noam. O que o Tio Sam realmente quer, Brasília, 2ª edição, Editora Universidade de Brasília,

HOBSBAWM, Eric. Sobre História, São Paulo, Companhia das Letras, 1998.

MARTIN, Carlos. Hispanoamerica: Mito y Surrealismo, Bogotá, Nueva Biblioteca Colombiana de Cultura,

SAID, Edward. Cultura e Imperialismo. São Paulo, Companhia das Letras, 1999.

SEGALA, Amos (org.). París: 1924-1933. Periodismo y creación literaria / Miguel Ángel Asturias, edición

crítica, 2ª edición. Colección Archivos, ALLCA XX / Fondo de Cultura Económica, 1996.

SÁNCHEZ, Luis Alberto. Proceso y Contenido de la Novela Hispano-Americana, 2ª edição, Biblioteca

Románica Hispânica, Madrid, Editorial Gredos, 1968.

Downloads

Publicado

2011-02-03

Como Citar

VERGARA, A. O papel dos "vencedores" em Viento Fuerte de Miguel Ángel Astúrias. Em Tempo de Histórias, [S. l.], n. 11, 2011. DOI: 10.26512/emtempos.v0i11.20072. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/20072. Acesso em: 8 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos