Saúde Pública em mau Estado: os debates sobre higiene pública na Gazeta Médica da Bahia na década de 1860

Autores

  • Vanessa de Jesus Queiroz Universidade de Brasília- UnB

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v0i31.14714

Palavras-chave:

Higiene Pública. Saúde Pública. Gazeta Médica da Bahia.

Resumo

Este artigo aborda o tema da higiene pública na Gazeta Médica da Bahia na década de 1860. Higiene pública é aqui entendida como o conjunto de normas sanitárias que devem ser seguidas em nome da manutenção do bem comum, mensurado pela ausência de doenças e problemas causados por fugas a tais normas. Aparece como campo necessário e direto da saúde pública. A elaboração, bem como a execução e a manutenção das regras da higiene, ensejam um campo ora conflituoso, ora pactual, de debates que envolvem diversas parcelas sociais, das quais destacamos imprensa médica e classe médica na Bahia, bem como as diversas relações envolvendo órgãos fiscalizadores, governo e população geral, numa complexa rede relacional que conseguimos identificar nas entrelinhas do jornal médico em questão.

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CABRAL, Dilma. Junta Central de Higiene Pública. Arquivo Nacional, COGED, 2014. Disponível em: <http://linux.an.gov.br/mapa/?p=7270>. Acesso em Maio de 2017.

CONI, A. C. A Escola Tropicalista Baiana: Paterson, Wucherer, Silva Lima.Salvador, Tip. Beneditina, 1952.

EDLER, F. C. A Escola Tropicalista Baiana: um mito de origem da medicina Tropical no Brasil. In: História, Ciências, Saúde.Manguinhos, Rio de Janeiro, vol. 9(2):357-385, 2002.

LEVI, G. “Três histórias de família: os núcleos parentais”. In: ____. A herança imaterial. Trajetória de um exorcista no Piemonte do século XVII.Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000, 87-130.

NASCIMENTO, A.A.V. Dez freguesias da cidade do Salvador ”“aspectos sociais e urbanos do século XIX.Bahia, Ed.UFBA,1986.

PEARD, J. G. The Tropicalist School of Medicine of Bahia, Brazil, 1869-1889, Michigan, Columbia University, 1990.

ROSEN, G. Uma história da Saúde Pública. São Paulo: Unesp, 1994.

SAMPAIO, G. R. Nas Trincheiras da Cura. As diferentes medicinas no Rio de Janeiro Imperial. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 2001.

Downloads

Publicado

2018-03-06

Como Citar

QUEIROZ, V. de J. Saúde Pública em mau Estado: os debates sobre higiene pública na Gazeta Médica da Bahia na década de 1860. Em Tempo de Histórias, [S. l.], n. 31, 2018. DOI: 10.26512/emtempos.v0i31.14714. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/14714. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Dossiê