LA POLÍTICA COMO EXPERIENCIA CÓSMICA

BENJAMIN EN SU PLANETARIO

Autores

  • Luis Ignacio García

DOI:

https://doi.org/10.26512/dasquestoes.v8i2.37664

Palavras-chave:

política, experiência, cósmica, Benjamin, planetário

Resumo

Propomos nesta apresentação uma leitura cosmopolítica do pensamento de Walter Benjamin. Em primeiro lugar, através da tematização do que ele próprio chama de "experiência cósmica", para posteriormente postular uma agenda cosmopolítica benjaminiana baseada em quatro eixos: a linguagem "em geral" como zona metamórfica e a tradução como diplomacia cosmopolítica; a "história natural" barroca como superação da divisão história / natureza; o colapso da clivagem entre physis e téchne nas técnicas de reprodutibilidade; o gesto antropofágico das "criaturas" desumanas de Kafka

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AGAMBEN, G. Lo abierto. El hombre y el animal. Buenos Aires: Adriana Hidalgo, 2016.

CHAKRABARTY, D. The Climate of History: Four Theses. In Critical Inquiry 35, 2009, 197-222.

DE CAMPOS, H.. De la razón antropofágica. Buenos Aires: Siglo Veintiuno, 2000.

DI BERARDINO, María Aurelia. La paternidad indiscutida: sobre las raíces jamesianas de la cosmopolítica. In. DasQuestões, Vol.8, n.2, abril de 2021. p. 286-295.

LATOUR, B. Cara a cara con el planeta. Buenos Aires: Siglo Veintiuno, 2017.

STENGERS, I. En tiempos de catástrofes. Buenos Aires: Ned y Futuro Anterior, 2017.

Taussig, M. Mimesis and Alterity. A Particular History of the Senses. New York-London: Routledge, 1993.

Viveiros de Castro, E. Metafísicas caníbales. Líneas de antropología postestructural. Buenos Aires: Katz, 2010.

Wohlfarth, I. Walter Benjamin and the Idea of a Technological Eros. In A tentative reading of Zum Planetarium. En Benjamin Studien 1, Amsterdam/N.Y, 2002.

Publicado

2021-04-25

Como Citar

IGNACIO GARCÍA, Luis. LA POLÍTICA COMO EXPERIENCIA CÓSMICA: BENJAMIN EN SU PLANETARIO. Das Questões, [S. l.], v. 8, n. 2, 2021. DOI: 10.26512/dasquestoes.v8i2.37664. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/dasquestoes/article/view/37664. Acesso em: 20 jul. 2024.