Informação, cognição e mediação: vertentes, contextos e pretextos

Autores

  • Aida Varela UFBA

DOI:

https://doi.org/10.26512/rici.v1.n1.2008.891

Palavras-chave:

informação, cognição, mediação, leitura

Resumo

Artigo que registra uma trajetória de estudos e pesquisas de 1998 a 2007, sobre o tema Informação, Cognição e Mediação em diferentes contextos, tais como comunidade (uso de estratégias para preservar a cidadania numa festa popular de São João), escola de Ensino Médio (integração de estratégia cognitiva inovadora ao currículo), escola de Ensino Superior (análise de necessidades de novas estratégias metodológicas para a leitura de textos complexos para se chegar à ciência) e de cotidiano profissional (tomada de consciência do uso de estratégias cognitivas quando em situações de atendimento ao usuário). Registra-se, com isso, o potencial de teorias de aprendizagem cognitivista e interacionista para acionar leituras de mundo, leitura de textos científicos e leitura de construção e desconstrução do conhecimento, subsidiando a autonomia do pensar, exigência dos novos avanços tecnológicos e científicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Como Citar

Varela, A. (1). Informação, cognição e mediação: vertentes, contextos e pretextos. Revista Ibero-Americana De Ciência Da Informação, 1(1), 21-45. https://doi.org/10.26512/rici.v1.n1.2008.891

Edição

Seção

Artigos