Estudo bibliográfico do turismo e dos museus na conformação de paisagens culturais

  • Marina Marins Morettoni Universidade Federal Fluminense
Palavras-chave: Turismo, Museu, Paisagem Cultural.

Resumo

O presente trabalho se caracteriza como uma revisão bibliográfica de caráter qualitativo. Parte da percepção de que a paisagem cultural vem ganhando visibilidade nos estudos do turismo e dos museus, no cenário nacional e internacional. Deste modo, o estudo visa compreender as diferentes abordagens e metodologias utilizadas em pesquisas que se localizam na interseção entre o turismo, os museus e a paisagem cultural. Para tal foram levantados um total de dez artigos – nas bases Scopus, Web of Science e Spell. A partir da análise dos artigos levantados, percebeu-se que há um consenso na apropriação das paisagens culturais para o desenvolvimento do turismo, onde os museus desempenham o papel de atrativo turístico. Identificou-se, também, a ausência de rigor metodológico na maioria das publicações analisadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marina Marins Morettoni, Universidade Federal Fluminense

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Sociologia (Linha de Pesquisa “Cultura, Território e Mudança Social”) da Universidade Federal Fluminense, Niterói, RJ, Brasil. Bacharel em Turismo pela mesma Universidade.

Referências

BRUSADIN, L. B. O Museu da Inconfidência em Ouro Preto (MG) e sua interface com o turismo, o patrimônio e a comunidade local. Caderno Virtual de Turismo. Rio de Janeiro. v. 2014, n 3, 2014. p. 298-315. Disponível em: .
CORSANE, G. Using ecomuseum indicators to evaluate the Robson Island Museum and World Heritage Site. Landscape Research. v. 31, n. 4, 2006. p. 399-418.
GODOY, K. E. Fortificações como atrativo turístico: um estudo sobre o Museu Forte Defensor Perpétuo, em Paraty (RJ). Caderno Virtual de Turismo. Edição Especial: Turismo em Fortificações. Rio de Janeiro. v. 1, n. 1, 2013. p. 34-48. Disponível em: .
HUERTA, T. S. Turismo y patrimonio: otredad e identidad. Revista Brasileira de Pesquisa em Turismo. v. 1, n.1, 2007. p. 110-135. Disponível em: < https://rbtur.org.br/rbtur/article/view/81/80>.
LIMA, T. C. S; MIOTO, R. C. T. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Revista Katál. Florianópolis, v.10, n. eps., 2007. p. 37-45. Disponível em: .
LATOUR, B. Ciência em ação: como seguir cientistas e engenheiros sociedade afora. Editora UNESP: São Paulo, 2000.
LUND, K. A; JÓHANNESSON, G. T. Earthly substances and narrative encounters: poetics of making a tourism destination. Cultural Geographies. v. 23, n. 4, 2016. p. 653-669.
MASON, C. W. The Buffalo Nations/Luxton Museum: tourism, regional forces and problematizing cultural representations of aboriginal peoples in Baff, Canada. International Journal of Heritage Studies. v. 15, n. 4, 2009. pp. 355-373.
MERANTZAS, C. Assessing local cultural heritage through a walking trail: the case study of the Teheodoros Papagiannis’ Museum of Contemporary Art. International Journal of Culture and History. v. 3, n. 2, 2016. p. 9-27.
MESKELL, L; SCHEERMEYER, C. Heritage as therapy: set pieces from the New South Africa. Journal of Material Culture. v. 13, n. 2, 2008, p. 153-173. Disponível em: .
SILVA, J. L G; PINHEIRO, J. A. Análise do projeto de revitalização do patrimônio histórico da estrada de ferro Madeira-Mamoré. Cadervo Virtual de Turismo. Rio de Janeiro. v. 14, n. 2, 2014. p. 167-182. Disponível em: .
REJOWSKI, M; SILVEIRA, A. S. Turismo Cultural e Patrimônio: o chá imperial no Museu Casa da Era. Revista Rosa dos Ventos – Turismo e Hospitalidade. v. 8 (IV), 2016. pp. 1-13. Disponível em: .
Publicado
2018-12-28
Como Citar
MorettoniM. M. (2018). Estudo bibliográfico do turismo e dos museus na conformação de paisagens culturais. Cenário: Revista Interdisciplinar Em Turismo E Território, 6(11). https://doi.org/10.26512/revistacenario.v6i11.19648
Seção
Artigos