Análise Acústica como uma contribuição para o estudo do grito cênico

relato de experiência nas vozes de atrizes

Autores

Palavras-chave:

Qualidade vocal, Voz, Grito, Treinamento vocal, Análise acústica

Resumo

Os atores precisam de domínio corporal para que realizem composições vocais e produzam emissões de forte intensidade sem prejuízo à saúde. Esse trabalho refere-se a uma experiência realizada com três alunas de teatro em que elas emitem gritos orientadas pelas autoras. Os gritos foram analisados acusticamente em função da relação da diferença de amplitude entre o primeiro e o segundo harmônico (H1-H2) com o grau de adução das pregas vocais. Os resultados apontam que valores maiores de intensidade do primeiro harmônico envolvem menos riscos à saúde vocal. As autoras complementam com orientações específicas para a emissão do grito na prática cênica a partir de cuidados e exercícios corporais-vocais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Jane Celeste Guberfain, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - UNIRIO, Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Professora Titular, responsável pelas disciplinas de Voz da Escola de Teatro da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro). Fonoaudióloga, Especialista em Voz pelo CFFa; Mestra e Doutora em Teatro pelo Programa de Pós-Graduação em Teatro da UNIRIO. Principais publicações: Livros: Voz em Cena volumes 1 e 2 (org.), Revinter;  A voz e a poesia no espaço cênico (Synergia e FAPERJ). Práticas, poéticas e devaneios vocais (org. junto com César Lignelli), Synergia.

Mariana Baltar, Universidade Veiga de Almeida - Rio de Janeiro/ RJ, Brasil

Cantora e bailarina. Licenciada em Dança pela Faculdade Angel Vianna. Graduanda em Fonoaudiologia pela Universidade Veiga de Almeida. Especialista em Pedagogia e Tecnologia para a Voz e o Canto pela Universidad Nacional de Educación a Distancia (Madri). Estudante em Aprimoramento lato sensu em Voz Cantada /FNH – Faculdade Novo Horizonte / PE.

Lidia Becker, Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, Rio de Janeiro/RJ, Brasil

Professora Adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro- UFRJ, Especialista em Voz pelo CFFa; Mestre e Doutora em Artes Cênicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – UNIRIO; Preceptora do Programa de Residência Multiprofissional  da Universidade Federal do Rio de Janeiro- UFRJ. Supervisora do Ambulatório de Voz Do HU-UFRJ

Referências

CAZDEN, Joanna. Screaming for Attention: The Vocal Demands of Actors in Violent Interactive Games. Burbank, California. In: Journal of Voice, Vol. 31, No. 1, pp. 1-2, 2017.

D’HAESELEER, Evelien, CLAEYS, Sofie; MEERSCHMAN, Iris; BETTENS, Kim; DEGEEST, Sofie; DIJCKMANS Caroline; DE SMET, Joke; LUYTEN, Anke and VAN LIERDE, Kristiane. Vocal Characteristics and Laryngoscopic Findings in Future Musical Theater Performers. Burbank, California. In: Journal of Voice, Vol. 31, No. 4, pp. 462-469, 2017.

FRÜHHOLZ, Sascha; Dietziker, Joris; Staib, Matthias; Trost, Wiebke.Neurocognitive processing efficiency for discriminating human non-alarm rather than alarm scream calls. In: PLOS Biology | https://doi.org/10.1371/journal.pbio.3000751 April 13, pp. 1- 30, 2021.

HOWARD, David.; WELCH, Grahan; BRERETON, Jude; HIMONIDES, Evangelos; DECOSTA, Michael; WILLIAMS, Jenevora; HOWARD, Andrew. WinSingad: a real-time display for the singing studio. Logopedics Phoniatrics Vocology, 29, 135-144, 2004.

GUBERFAIN, Jane Celeste. A voz e a poesia no espaço cênico: uma leitura do método- espaço-direcional-Beuttenmüller. Rio de Janeiro: Synergia: FAPERJ, 2012.

LABAN, Rudolf. Domínio do movimento. Lisa Ullmann (org). São Paulo: Summus, 1971 e 1978.

LEBORGNE, Wendy. The Vocal Athlete. San Diego: Plural, 2021.

SUNDBERG, Johan. Ciência da Voz. Fatos sobre a Voz na Fala e no Canto. São Paulo: EDUSP, 2015.

TITZE, Ingo R. Principles of voice production. Boston: University Bookstores Boston, 2000.

Downloads

Publicado

21-12-2021

Como Citar

Guberfain, J. C., Baltar, M., & Becker, L. (2021). Análise Acústica como uma contribuição para o estudo do grito cênico: relato de experiência nas vozes de atrizes. Voz E Cena, 2(02), 114–129. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/vozecena/article/view/39697

Edição

Seção

Dossiê Temático - Artigos

Categorias