Ensino de Física Utilizando Folhetos de Cordel: uma análise a partir do Iramuteq

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v6i2.43918

Palavras-chave:

Iramuteq. Ensino de Física. Literatura de Cordel.

Resumo

Em 2018, a Literatura de Cordel foi reconhecida pelo Conselho Consultivo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN como Patrimônio Cultural Brasileiro e, esse tipo de folheto tem sido utilizadocomo recurso educador desde a sua origem no Nordeste brasileiro. Adicionado a isso, nos últimos tempos, a preocupação com o ensino de Física em nosso país tem se tornado mais intensa, haja vista que em 2013 houve a primeira seleção para o programa em rede de Mestrado Profissional em Ensino de Física. Diante disso, neste trabalho foi realizado um levantamento bibliográfico, com o objetivo de investigar a relação existente entre os folhetos e o ensino de Física, em (i) periódicos que estivessem em língua portuguesa ou espanhola com estrato do Qualis Periódicos entre A1 e B3 na área de ensino, com base na avaliação do quadriênio 2013-2016 da Plataforma Sucupira, com recorte temporal no intervalo de 2011 a 2020 e, (ii) seis repositórios de anais de dois eventos nacionais de ensino de Física. Para análise, os trabalhos selecionados foram processados pelo programa computacional IRAMUTEQ, sendo realizadas a Classificação Hierárquica Descendente-CHD, a Similitude, a Nuvem de Palavras e a Análise Fatorial Correspondente – AFC. O corpusfoi elaborado a partir de 22 textos, dos quais extraiu-se 136 segmentos de textos (ST) e destes foram classificados 77,94% (106). Como resultado, a CHD gerou 3 classes distintas, sendo possível concluir que as publicações são pequenas em quantidade e divergem quanto à abordagem presente nesses textos. Além disso, nos trabalhos analisados foi possível verificar um compromisso em utilizar os folhetos como recurso didático, ou seja, algo mais prático. O estudo é considerado original por realizar a busca de artigos que versem sobre folhetos de cordel no ensino de Física e por ter utilizado IRAMUTEQ como ferramenta de análise.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Marco Antonio Moreira, UFGRS

Licenciado e Mestre em Física, UFRGS/RS/Brasil . Doutor em Educação, Cornell University/USA. Professor de Física na UFRGS de 1967 a 2012. Pesquisador 1A do CNPq, em Educação, de 1989 a 2014. Interesse em ensino de ciências e teorias de aprendizagem. Publicou 280 artigos e 56 livros . Orientou 61 dissertações de mestrado e 60 teses de doutorado. Atualmente é docente em PPGs na UBU/Espanha, UERR/Boa Vista, RR e UNIVATES/Lajeado, RS.

Referências

M. A. Moreira, Desafios no ensino da física, Rev. Bras. Ensino Fís. 43, e20200451 (2021).

M. A. Moreira, Uma análise crítica do ensino de Física, Estud. av. 32, 73 (2018).

M. A. Moreira, ENSINO DE FÍSICA NO SÉCULO XXI: DESAFIOS E EQUÍVOCOS, Revista do Professor de Física 2, 3 (2018).

M. A. Moreira, Aprendizaje Significativo: la Visión Clásica, otras Visiones e Interés, proyecciones 010 (2020).

G. F. da Silva, Vertentes e Evolução da Literatura de Cordel, 7th ed. (Editora Milart, Rio de Janeiro, 2014).

IPHAN, Ata (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, 2018).

A. Luciano, Apontamentos para uma história crítica do cordel brasileiro (Editora Luzeiro, São Paulo, 2012).

U. T. B. de Meneses, A literatura de cordel como patrimônio cultural, Revista do Instituto de Estudos Brasileiros 225 (2019).

J. M. de Lima and M. G. Germano, A Importância da Cultura Popular para o Ensino de Física: Um Relato de Experiência, in Anais ENECT (UEPB, Campina Grande, 2012), pp. 1–8.

Ê. J. G. Guimarães, OS FOLHETOS DE CORDEL COMO FERRAMENTA NO PROCESSO DE ENSINO- APRENDIZAGEM DE FÍSICA: ESTUDANDO CALOR, Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Física), Universidade Estadual do Ceará, 2016.

Ê. J. G. Guimarães and F. A. S. Nobre, TEORIA ESPECIAL DA RELATIVIDADE: 100 ANOS APÓS, COMO ENSINÁ-LA SIGNIFICATIVAMENTE USANDO O CORDEL, cnx 13, 37 (2019).

S. dos S. Feitosa, Tópicos de Física Quântica em Versos de Cordel e Arte dos Quadrinhos, Ensinados à Luz de uma Unidade de Ensino Potencialmente Significativa, Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Física), Universidade Regional do Cariri, 2019.

S. dos S. Feitosa, K. M. G. de Araujo, M. S. da Silva, and F. A. S. Nobre, Uma Sequência Didática Utilizando a Literatura de Cordel e a Arte Das Histórias Em Quadrinhos Para Inserção de Tópicos de Física Quântica No Ensino Médio, Cad. Bras. Ens. Fís. 37, 662 (2020).

M. D. de A. Januário and F. A. S. Nobre, Estudando a relatividade restrita com folhetos de cordel científicos em formato de história em quadrinhos, através de uma sequência de ensino à luz da neurociência educacional, Textos de apoio ao professor de física 30, 1 (2019).

A. Medeiros and J. T. N. Agra, A astronomia na literatura de cordel, Física na escola 11, 5 (2010).

M. A. Moreira and I. M. Rizzatti, PESQUISA EM ENSINO RESEARCH ON TEACHING INVESTIGACIÓN EN ENSEÑANZA, RevIn 1, e020007 (2020).

M. C. D. Paula, L. Viali, and G. T. D. Guimarães, A pesquisa qualitativa e o uso de CAQDAS na análise textual: levantamento de uma década, Internet Latent Corpus Journal 65 (2016).

M. A. R. de Souza, M. L. Wall, A. C. de M. C. Thuler, I. M. V. Lowen, and A. M. Peres, The Use of IRAMUTEQ Software for Data Analysis in Qualitative Research, Revista Da Escola de Enfermagem Da USP 52, (2018).

B. V. Camargo and A. M. Justo, Tutorial para uso do software de análise textual IRAMUTEQ, Tutorial, Universidade Federal de Santa Catarina, 2013.

B. V. Camargo and A. M. Justo, IRAMUTEQ: Um Software Gratuito Para Análise de Dados Textuais, Temas Psicol 21, 513 (2013).

M. E. Salviati, Manual do aplicativo Iramuteq.

N. Smyrnaios and P. Ratinaud, The Charlie Hebdo Attacks on Twitter: A Comparative Analysis of a Political Controversy in English and French, Social Media + Society 3, 205630511769364 (2017).

E. da S. F. Barbiéri and M. L. P. B. Franco, Profissão Docente: uma revisão de literatura, Revista Educação e Emancipação 11, 1 (2018).

T. Mandják, A. Lavissière, J. Hofmann, Y. Bouchery, M. C. Lavissière, O. Faury, and R. Sohier, Port Marketing from a Multidisciplinary Perspective: A Systematic Literature Review and Lexicometric Analysis, Transport Policy 84, 50 (2019).

G. S. de Melo, Introdução à Teoria dos Grafos, Dissertação (Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional - PROFMAT), Universidade Federal da Paraíba, 2014.

Feofiloff, Paulo, Yoshiharu Kohayakawa, and Yoshiko Wakabayashi. "Uma introdução sucinta à teoria dos grafos." (2011).

E. dos Santos and I. P. da Silva, A Literatura de Cordel no Ensino de Ciências: O Estado da Arte, in Anais do CONEDU (Realize Eventos, João Pessoa, 2017), pp. 1–11.

Y. T. Hoffmann, E. Bisset Alvarez, and Y. Martí-Lahera, Análise Textual Com IRaMuTeQ de Pesquisas Recentes Em História Da Educação Matemática No Brasil: Um Exemplo de Humanidades Digitais, IB 34, 103 (2020).

B. V. Camargo and A. M. Justo, Tutorial para uso do software IRAMUTEQ, Tutorial, Universidade Federal de Santa Catarina, 2016.

M. Ferreira, H. Sacerdote, N. Studart, and O. L. da Silva Filho, Análise de temas, teorias e métodos em dissertações e produtos educacionais no MNPEF, Rev. Bras. Ensino Fís. 43, e20210322 (2021).

M. S. da Silva and D. M. dos S. Ribeiro, Ensino de Física no Sertão: Literatura de cordel como ferramenta didática, Revista Semiárido De Visu 2, 231 (2012).

R. M. da Silva, R. F. Rafael, F. A. S. Nobre, and K. M. G. de Araújo, Estudando Transferência de Calor Utilizando Folhetos de Cordel Científicos, Revista do Professor de Física 1, 1 (2017).

A. S. M. Barbosa, C. M. B. Passos, and A. de A. Coelho, O Cordel como Recurso Didático no Ensino de Ciências, Experiências em Ensino de Ciências 6, 161 (2011).

F. V. de Araújo, A cultura popular da literatura de cordel no estudo dos fenômenos óticos em nível de Ensino Médio, Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Física), Universidade Federal Rural do Semi-árido, 2019.

D. P. Ausubel, Aquisição e Retenção de Conhecimentos: Uma Perspectiva Cognitiva, 1st ed. (Lisboa, 2003).

R. B. Vilela, A. Ribeiro, and N. A. Batista, Nuvem de palavras como ferramenta de análise de conteúdo, Millenium - Journal of Education Technologies, 29 (2020).

Downloads

Publicado

2022-09-14

Como Citar

GONÇALVES SILVA, A. F.; MOREIRA, M. A. Ensino de Física Utilizando Folhetos de Cordel: uma análise a partir do Iramuteq. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 6, n. 2, p. 25–45, 2022. DOI: 10.26512/rpf.v6i2.43918. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/43918. Acesso em: 31 jan. 2023.