Uso do aplicativo decibelímetro sound meter para o estudo da diretividade do som: uma abordagem para o ensino médio

Autores

  • Lídia da Rocha Silva Universidade Federal do Acre (UFAC)
  • Bianca Martins Santos Universidade Federal do Acre (UFAC)

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v3iEspecial.25870

Palavras-chave:

Ensino de física. Aplicativo Decibelímetro Sound Meter. Diretividade do som.

Resumo

O atual modelo de ensino tradicional vem sendo questionado em esfera geral, grande parte desses questionamentos são norteados pela inadequação do método (DARROZ; ROSA; GHIGGI, 2015), ou seja, os recursos utilizados não condizem com a realidade do perfil atual de aluno. Os alunos nas diferentes faixas etárias tem acesso direto à informação no próprio smartphone, tal liberdade de acesso à informação (SELIGMAN; CHRISTOFOLETTI, 2011) criou um tema de discussão entre o interesse do aluno e as ferramentas utilizadas pelos professores para fazer a abordagem dos conteúdos na disciplina de física.

A adequação gradativa das salas de aulas por meio da tecnologia de informação e comunicação, através de instrumentos facilitadores de acesso e difusão da informação como: computador, projetor, caixas de som, internet e celulares; têm permitido algumas possibilidades de mudança na forma de ensinar os conteúdos. Tais espaços dinâmicos de interação utilizam linguagem visual e sonora, estimulam o processamento de informações dando certa autonomia na busca de conhecimento e gerando impacto imediato sobre os discentes. Condições que podem favorecer a aprendizagem e que muitas vezes não são desenvolvidas dentro da própria sala de aula. Neste sentido,

Materiais didáticos digitais de apoio à aprendizagem vêm sendo cada vez mais produzidos e utilizados em todos os níveis de ensino. Esses materiais são chamados Objetos de Aprendizagem ”“ OA. Repositórios de OA proliferam na Internet, colocando à disposição do usuário, recursos educacionais para facilitar a aprendizagem tanto no ensino a distância quanto no apoio ao ensino presencial. (ARANTES; MIRANDA; STUDART, 2010, p. 27).

É possível estabelecer uma relação direta entre smartphones e práticas pedagógicas que facilitem o processo de ensino e aprendizagem? Por entender as dificuldades enfrentadas no contexto escolar, especificamente na área de física, e considerando a acessibilidade dos alunos à celulares smartphones (HAWLEY; MCCLAIN, 2018), têm-se o desafio de promover com estratégia didática a inserção de aplicativos no contexto estudantil, com a finalidade de melhorar a compreensão sobre os conteúdos de física, uma vez que os alunos já estão familiarizados com este equipamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Downloads

Publicado

2019-07-06

Como Citar

SILVA, L. da R.; SANTOS, B. M. Uso do aplicativo decibelímetro sound meter para o estudo da diretividade do som: uma abordagem para o ensino médio. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 3, n. Especial, p. 43–44, 2019. DOI: 10.26512/rpf.v3iEspecial.25870. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/25870. Acesso em: 7 dez. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)