A Implementação de um clube de leitura numa escola pública da educação básica do Distrito Federal

Autores

  • Lucas Moreira Universidade de Brasília
  • Luciene Viana Guedes Moreira Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF)
  • Lenilda Danasceno Perpetuo Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF)

Palavras-chave:

Clube de Leitura. Interdisciplinar. Ensino de Qualidade. Formação Cidadã Plena. Inclusão.

Resumo

Este artigo trata da implementação de um clube de leitura, intitulado Leitureiros, por meio de um projeto de extensão da Universidade de Brasília (UnB). Esta iniciativa busca promover vivências dialógicas e construtivas numa comunidade escolar da Educação Básica do Distrito Federal. As intervenções ocorrem, majoritariamente, por meio de atividades síncronas, no formato remoto e de rodas de leitura. Sabemos da importância da leitura em todas as áreas do conhecimento e enquanto atividade de inclusão social. Esta interdisciplinaridade também se faz presente na equipe executora do projeto, uma vez que os membros da equipe são docentes com formação em diversas áreas do saber, quais sejam, língua portuguesa, história, ciências, matemática e artes. Como parte da metodologia, os participantes se reúnem virtualmente por meio de plataformas digitais para debaterem um texto literário previamente escolhido pela curadoria do projeto. O texto é disponibilizado pela equipe para que os estudantes e professores se apropriem da leitura, sendo que isso não impede aos que não leram, participarem do encontro.

Os textos são apresentados de maneira a contextualizar a obra e seu autor e a leitura do texto é realizada de modo exploratório e lúdico. Ao final de cada uma das atividades ocorridas, elaboramos jornais que buscam retratar de modo conciso cada uma das vivências. Também são realizadas coletas de dados por meio de formulários eletrônicos que são aplicados durante e após as atividades realizadas. A análise dos dados evidenciou que as ações de extensão desenvolvidas durante a execução do projeto Leitureiros contribuíram, significativamente, para a obtenção de novos conhecimentos pelos integrantes. Além disso, os textos trabalhados são considerados bastante interessantes e recomendáveis a outras pessoas. Portanto, as leituras coletivas oportunizadas proporcionam vivências significativas acerca das múltiplas interpretações que um texto pode trazer, contribuindo para uma experiência formativa positiva de todos envolvidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKHTIN, M (Volochinov). Estética da criação verbal. Trad. Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes; 1997.

COLOMER, T. Andar entre livros: a leitura literária na escola. Tradução de Laura Sandroni. São Paulo: Global, 2007.

COSSON, R. Letramento Literário: teoria e prática. São Paulo: Contexto, 2009. Círculos de leitura e letramento literário. São Paulo: Contexto, 2014.

DALMORO, M., VIEIRA, K. M. (2013). Dilemas na construção de escalas tipo Likert: o número de itens e a disposição influenciam nos resultados. Revista Gestão Organizacional, 6, ed. especial, p.161-174.

DEX, Decanato de Extensão, PIBEX 2021, Universidade de Brasília, 2021. Disponível em http://dex.unb.br/edital/pibex/category/250-edital-pibex-2021.

FREIRE, P. A importância do ato de ler. 41ª ed, São Paulo: Cortez, 2001.

KLEIMAN, ngela B; MORAES, Silva E. Leitura e interdisciplinaridade: tecendo redes. Campinas: Mercado de letras, 1999.

LAJOLO, M. Literatura: leitores e leitura. São Paulo: Moderna, 2001.

LDB, Lei de diretrizes e bases da educação nacional. 2017. Disponível em https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/529732/lei_de_diretrizes_e_bases_1ed.pdf

PCNs - Parâmetros Curriculares Nacionais –– Matemática. Ministério da Educação. SECRETARIA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL – 3ª Ed. - Brasília: A Secretaria, 2001.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. Metodologia do trabalho científico [recurso eletrônico]: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2.ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

RANGEL, E. O.; ROJO, R. H. R. Língua Portuguesa. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, 2010. V.19.

SAVIANI, Dermeval. Trabalho e Educação: fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, v. 12, n. 34, p. 152-180, 2007.

SILVA, E. T. Elementos de pedagogia da leitura, 2 ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

SANTOS, Boaventura de Sousa. A gramática do tempo: para uma nova cultura política. São Paulo: Cortez, 2006.

VIGOTSKI, L. S. Pensamento e Linguagem. 4 ed. São Paulo: Martins Fonte, 2008.

YOUTUBE, Canal Oficial do Projeto Leitureiros, 2021. Disponível em https://www.youtube.com/channel/UCEuOVCJW9v74_zEeR3YjCHA.

Downloads

Publicado

2023-01-16

Como Citar

MOREIRA, Lucas; VIANA GUEDES MOREIRA, Luciene; DANASCENO PERPETUO, Lenilda. A Implementação de um clube de leitura numa escola pública da educação básica do Distrito Federal. Participação, [S. l.], v. 1, n. 38, 2023. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/46806. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.