O Ato Docente na Era da sua Reprodutibilidade Técnica

Aula, Educação e Ensino Remoto

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/rfmc.v8i3.34772

Palavras-chave:

Aula. Educação. Ensino Remoto.

Resumo

O artigo aborda o chamado ensino remoto como a versão atualizada e político-tecnológica do agravamento das decisões oficiais contra a educação pública e o direito à educação de qualidade. Nesse sentido, procuro apresentar uma discussão tomando como base relatos da minha própria experiência na docência universitária e na pesquisa que tem como campo a escola pública, para, em seguida, discutir os termos contextuais do problema no âmbito do “extrativismo de dados” das grandes empresas norte-americanas de tecnologia, que gerem exclusivamente toda produção, transmissão e armazenamento de dados no ensino remoto público, com base naquilo que Evgeny Morozov chama de “solucionismo tecnológico”.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Denilson Soares Cordeiro, Universidade Federal de São Paulo, Unifesp

Professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Campus Diadema. Doutor em filosofia pela Universidade de São Paulo (USP).

Referências

Benjamin, Walter. “A obra de arte na era da sua reprodutibilidade técnica”. In: Magia e técnica, arte e política. Obras escolhidas 1. Trad. Sergio Paulo Rouanet. São Paulo: Ed. Brasiliense, 1993.

Bertoni, Frederico. Insegnare (et vivere) ai tempi del vírus. Bolonha: Ed. Semi/Nottetempo, 2020.

Morozov, Evgeny. Big Tech: a ascensão dos dados e a morte da política. Trad. Claudio Marcondes, São Paulo: Ed. Ubu, 2018

Pécora, Alcir. “Letras e humanidades depois da crise”. Revista da Anpoll, n. 38, pp. 41-54, Florianópolis, jan./jun./2015.

Xavier, Ismail. “Melodrama, ou a sedução da moral negociada”. Revista Novos Estudos Cebrap, n. 57, julho de 2000.

Downloads

Publicado

2021-01-31

Como Citar

SOARES CORDEIRO, D. O Ato Docente na Era da sua Reprodutibilidade Técnica: Aula, Educação e Ensino Remoto. Revista de Filosofia Moderna e Contemporânea, [S. l.], v. 8, n. 3, p. 207–224, 2021. DOI: 10.26512/rfmc.v8i3.34772. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/fmc/article/view/34772. Acesso em: 19 out. 2021.