Os Malês e seus Escritos Sagrados

Autores

  • Marcus Vinícius de Macedo Cysneiros Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.26512/emtempos.v0i17.19900

Palavras-chave:

não há.

Resumo

Os Malês e seus Escritos Sagrados

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BURKE, Peter. A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: Universidade Estadual Paulista, 1992.

DEMANT, Peter. O mundo muçulmano. São Paulo: Contexto, 2004.

DIAS, Eduardo. Árabes e muçulmanos. Lisboa: Clássica, 1940. 3v.

EL HAYEK, Samir. Significado dos versículos do Alcorão sagrado. São Paulo: Marsam, 1994.

FREITAS, Décio. A revolução dos malês: Insurreições escravas. 2ª. ed. Porto Alegre: Movimento, 1985.

________. Escravos e senhores de escravos. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1983.

GAARDE Jostein. O livro das religiões. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1989.

________. Observando o islã. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.

HALL, Stuart. Da diáspora: identidades e mediações culturais. Liv Sovik (org.) Belo Horizonte: UFMG, 2003.

JODELET, Denise. As representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2001.

JOMIER, Jacques. Islamismo: história e doutrina. Petrópolis: Vozes, 1992.

LOPES, Nei. Bantos, malês e identidade negra. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1988.

LOVEJOY, Paul E. Jihad e escravidão: a origem dos escravos muçulmanos da Bahia. Topoi, Rio de Janeiro: no. 1 (2000).

MAESTRI FILHO, Mário José. Breve história da escravidão. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1988.

MAFFESOLI, Michel. A conquista do presente. Rio de Janeiro: Rocco, 1984.

MAHAIRI, Ahmad Saleh. Caminho para o islamismo. Curitiba: Grafipar, 1997.

MANTRAN, Robert. Expansão muçulmana: séculos VII-XI. São Paulo: Pioneira, 1977.

MATOSO, Katia M. de Queirós. Ser escravo no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1982.

MAUDOODI, Syed Abnl’ala Maulana. Para compreender o islamismo. Salimiah: Int Islam Fed Stud Org, 1977.

NABHAN, Neuza Neif. Islamismo: de Maomé aos nossos dias. São Paulo: Ática, 1996.

OLIVEIRA, Maria Inês Cortes de. Liberto: o seu mundo e os outros: Salvador. 1790/1890. São Paulo: Corrupio, 1988.

PESAVENTO, Sandra Jathay. História & história cultural. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

PINSKY, Jaime. Escravidão no Brasil. 8ª. ed. São Paulo: Contexto, 1988.

QUEIROZ, Suely Robles Reis de. Escravidão negra no Brasil. São Paulo: Ática, 1990.

REIS, João José. Rebelião escrava no Brasil.: a história do levante dos malês de 1835.São Paulo:Companhia das Letras, 2003.

ROGERSON, Barnaby. O profeta Maomé. Trad.de Lis Alves. Rio de Janeiro: Record, 2004.

SALLES, Ricardo e SOARES, Mariza de Carvalho. Episódios de história afro-brasileira. Rio de Janeiro: DP&A/Fase, 2005.

SILVA, Alberto da Costa e. A enxada e a lança: a África antes dos portugueses. 2ª. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1996.

______. Um rio chamado Atlântico: a África no Brasil e o Brasil na África. Rio de Janeiro: Nova Fronteira: Ed. UFRJ, 2003.

THORNTON, John Kelly. A África e os africanos na formação do mundo atlântico, 1400-1800. 2ª. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004.

WOORDWARD, Kathryn. Identidade e diferença: uma introdução teórica e conceitual. In: Tomaz Tadeuda Silva (org.) Identidade e diferença: a perspectiva dos estudos culturais. Petrópolis: Vozes, 2000.

ZAIDAN, Assad. Letras & história: mil palavras árabes na língua portuguesa. Belém: SECULT, 2005.

Downloads

Publicado

2011-04-14

Como Citar

CYSNEIROS, M. V. de M. Os Malês e seus Escritos Sagrados. Em Tempo de Histórias, [S. l.], n. 17, p. 33–43, 2011. DOI: 10.26512/emtempos.v0i17.19900. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/emtempos/article/view/19900. Acesso em: 30 nov. 2022.

Edição

Seção

Dossiê

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)