Através do Espelho

Autores

  • Marcella de Oliveira Gonçalves FFLCH - USP

DOI:

https://doi.org/10.26512/cerrados.v31i58.41622

Palavras-chave:

Dostoiévski; “O Duplo”; Narrativa; Dicotomia.

Resumo

A criação de personagens-tipo é um dos caminhos trilhados por Dostoievski ao longo de sua vida literária e a psique humana como patologia é um dos temas que, conforme sua obra foi amadurecendo, é trabalhado com maior frequência e maestria. O “pequeno homem” é um dos pontos altos e constantes em sua obra. Em O Duplo o escritor começa a abrir caminho diante do tema da confusão humana. Neste artigo, pretende-se apresentar o contexto da obra, o resumo do enredo e demonstrar, através de uma análise, como a escolha narrativa do escritor é parte integrante da construção da personagem principal.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BAKHTIN, Mikhail. O discurso monológico do herói e o discurso narrativo das novelas de Dostoiévski, em Problemas da Poética de Dostoiévski. Rio de Janeiro, Rio de Janeiro: Forense, 2013.

BEZERRA, Paulo. “O laboratório do gênio”. In: DOSTOIÉVSKI, Fiódor. O duplo. 2ª ed. 3ª reimpressão. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Ed. 34, 2013.

DOSTOIÉVSKI, Fiódor Mikhailovitch. O Duplo. São Paulo, São Paulo: Editora 34, 2011.

FRANK, Joseph. Dostoiévski. As sementes da revolta. 1821 a 1849. Trad. Vera Pereira. 2ª ed., 1ª reimpr. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2018.

GROSSMAN, L. Dostoiévski artista. Trad. Boris Schnaiderman. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1967.

OLIVEIRA, A. M. A. dos S. O eu e sua dualidade: uma releitura de O Duplo, de Dostoiévski. RUS (São Paulo), [S. l.], v. 12, n. 20, p. 281-300, 2021. DOI: 10.11606/issn.2317-4765.rus.2021.190497. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/rus/article/view/190497. Acesso em: 26 abr. 2022.

PONDÉ, Luiz Felipe. Crítica e profecia: a filosofia da religião em Dostoiévski. São Paulo: Ed. 34, 2003.

ROSSET, Clement. O real e seu duplo. Ensaio sobre a ilusão. 2ª ed. Trad. José Thomaz Brum. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 2008.

SCHNAIDERMAN, Boris. Prefácio do tradutor. In: DOSTOIÉVSKI, F. Memórias do subsolo. Trad. Prefácio e notas: Boris Schnaiderman. 3ª ed. São Paulo: Ed. 34, 2000.

TRUBETZKOY, Nikolay Sergeyevich. “Introduction: Trubetzkoy as Literary Scholar”. In: Writings on Literature. Minnesota: University of Minnesota Press, 1990.

VÁSSINA, Elena. Contracapa. In: DOSTOIÉVSKI, FIÓDOR. O duplo. 2ª ed., 3ª reimpressão. Trad. Paulo Bezerra. São Paulo: Ed. 34, 2013.

ZAMBALDI, Carla Fonseca. Psicopatologia em O Duplo de Dostoiévski. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rlpf/a/KVTdvzvrksTBTNtWyC5FYPK/?lang=pt (último acesso em 14/10/2021).

Downloads

Publicado

31-05-2022

Como Citar

de Oliveira Gonçalves, M. (2022). Através do Espelho. Revista Cerrados, 31(58), 88–96. https://doi.org/10.26512/cerrados.v31i58.41622

Edição

Seção

Dossiê - DOSTOIEVSKI: 200 anos