SEQUÊNCIA DE ENSINO POR INVESTIGAÇÃO SIGNIFICATIVA NO ESTUDO DAS RELAÇÕES ENTRE FÍSICA E MÚSICA EM ATIVIDADES EXPERIMENTAIS ENVOLVENDO O OSCILADOR DE MELDE

Autores

  • Joel Vieira de Araújo Filho Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
  • Francisco Nairon Monteiro Júnior Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física (MNPEF), Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v1i1.45967

Palavras-chave:

Aprendizagem Significativa. Ensino por Investigação. Oscilador de Melde.

Resumo

O presente artigo apresenta um produto educacional e sua aplicação, resultado das inquietações nascidas na práxis pedagógica no ensino médio e consiste numa sequência de ensino por investigação (SEI) significativa no estudo das cordas oscilantes fixas de instrumentos musicais, notadamente o violão. Tal produto oferece uma nova roupagem para o oscilador de Melde com o uso de aplicativo grátis de celular, bem como de alto-falante e amplificador para gerar ondas harmônicas com cordas de violão. Aplicamos a SEI na Escola de Referência em Ensino Médio Olinto Victor, Recife-PE. A experiência vivenciada apontou para a viabilidade na busca da aprendizagem significativa no contexto das cordas vibrantes, bem como para a importância dos organizadores prévios como motivadores da busca de conhecimentos novos. Apontou ainda para a importância da fase de problematização como geradora de inquietações nos alunos e ainda a importância do trabalho experimental em grupo na passagem da representação abstrata do conhecimento à manipulação de conceitos e variáveis, indicando que atividades manipulativas têm sua importância quando o manipulador do aparato tem consciência de seus atos ao realizar o experimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAÚJO FILHO, J. V. Sequência de ensino por investigação significativa no estudo das relações entre física e música em atividades experimentais envolvendo o oscilador de Melde. 2018. 101f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino de Física) - Universidade Federal Rural de Pernambuco, UFRPE, Recife.

CACHAPUZ, A. [et al.] (orgs). A Necessária renovação do ensino das ciências. São Paulo: Cortez, 2011.

CARVALHO, A. M. P. (org). Ensino de ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

FREIRE, P. R. N. Pedagogia do oprimido. 81ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2019.

MASINI, E. A. F.; MOREIRA, M. A. Aprendizagem significativa: condições para ocorrência e lacunas que levam a comprometimentos. 1ed. São Paulo: Vetor Editora Psicopedagógica, 2008.

MOREIRA, M. A. Aprendizagem Significativa: a teoria e textos complementares. 1ed. São Paulo: Livraria da Física, 2011.

MOREIRA, M. A. Aprendizagem significativa em mapas conceituais. PPGEnFis/IF- UFRGS: Textos de Apoio ao Professor de Física, v. 24, n. 6, 2013.

POZO, J. I.; CRESPO, M. A. G. A aprendizagem e o ensino de ciências: do conhecimento cotidiano ao conhecimento científico. 5 ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

Downloads

Publicado

2022-12-07

Como Citar

DE ARAÚJO FILHO, Joel Vieira; MONTEIRO JÚNIOR, Francisco Nairon. SEQUÊNCIA DE ENSINO POR INVESTIGAÇÃO SIGNIFICATIVA NO ESTUDO DAS RELAÇÕES ENTRE FÍSICA E MÚSICA EM ATIVIDADES EXPERIMENTAIS ENVOLVENDO O OSCILADOR DE MELDE. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 6, n. Especial, p. 311–321, 2022. DOI: 10.26512/rpf.v1i1.45967. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/45967. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Anais do Encontros Integrados em Física e Seu Ensino 2022