Lesões precursoras para câncer de colo uterino e os aspectos sociodemográficos das portadoras

Autores

  • Cássia Caroline Garcia Dalbem Teles
  • Rogério Ferrari Universidade Estácio de Sá, UNESA, Rio de Janeiro-RJ

Palavras-chave:

Colo do útero, Neoplasias do colo do útero, Saúde da mulher, Colposcopia, Displasia do colo uterino

Resumo

Objetivo: Demonstrar os aspectos sociodemográficos das mulheres com lesões precursoras para o câncer de colo uterino atendidas no ambulatório de patologia do trato genital inferior e colposcopia (PTGIC), buscando associações com essas variáveis. Metodologia: Trata-se de um estudo documental, transversal descritivo. Foi considerado, para efeito deste estudo, censo dos prontuários médicos de mulheres atendidas no Ambulatório de PTGIC no ano de 2009, totalizando 315 prontuários. Aplicado os critérios de exclusão restaram 142 prontuários que fizeram parte dos resultados do estudo. Resultados: as mulheres com lesões precursoras para o câncer do colo uterino atendidas no ambulatório PTGIC em 2009 possuem média de 38,8 anos de idade, sendo que 97 (68,3%) são casadas, 64 (45,1%) de cor branca, 78 (54,9%) com ensino fundamental, 81 (57%) do lar e, 66 (46,5%) dessas mulheres obtiveram como resultado histopatológico NIC 3 e Carcinoma. As variáveis não apresentaram associação significativa para o câncer do colo uterino. Conclusão: esses dados sugerem a importância da implementação, de programas educacionais nas unidades de saúde, focalizando a necessidade de avaliação ginecológica periódica, visando à prevenção do câncer de colo uterino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cássia Caroline Garcia Dalbem Teles

Mestre em Ciência da Saúde pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde da Universidade de Brasília (FS/UnB) e Médica Ginecologista do Ambulatório de Patologia do Trato Genital Inferior e Colposcopia (PTGIC) do Ambulatório Regional de Especialidades Dr. Sebastião Batista de Miranda, lotado no Complexo Regional de Saúde em Cáceres – MT.

Rogério Ferrari, Universidade Estácio de Sá, UNESA, Rio de Janeiro-RJ

Graduando em Medicina pela Universidade Estácio de Sá, UNESA, Campus Centro V – Arcos da Lapa, Rio de Janeiro-RJ.

Publicado

2017-07-28

Como Citar

1.
Teles CCGD, Ferrari R. Lesões precursoras para câncer de colo uterino e os aspectos sociodemográficos das portadoras. Rev. G&S [Internet]. 28º de julho de 2017 [citado 6º de março de 2021];3(3):587-601. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/127

Edição

Seção

Artigos Originais

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>