A conservação integrada da agrobiodiversidade crioula

Autores

  • Marielen Priscila Kaufmann Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil
  • Lia Rejane Silveira Reiniger Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil
  • José Geraldo Wizniewsky Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Santa Maria, RS, Brasil

Palavras-chave:

Germoplasma crioulo, Conservação in situ on farm, Guardiões de Sementes

Resumo

Este ensaio tem como objetivo levantar questões teóricas acerca do conceito de agrobiodiversidade crioula e a importância de integrar conservação on farm e ex situ, a fim de apoiar a continuidade de experiências de agricultores no resgate e manutenção de cultivares crioulas de espécies agrícolas. A agrobiodiversidade crioula é constituída pelos recursos genéticos agrícolas sobre os quais os agricultores têm ampla e total autonomia de uso. Os recursos fitogenéticos componentes dessa agrobiodiversidade são conservados por meio do manejo realizado pelos homens e mulheres, e assim permanecem graças ao sistema informal de produção de sementes, que é realizado de maneira descentralizada por agricultores familiares e tradicionais. A fim de garantir e fortalecer essa conservação, a estratégia integrada favorece sua perpetuação, garantindo, simultaneamente, sua plasticidade e a manutenção da variabilidade genética nessas cultivares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-04-28

Edição

Seção

Notas Agroecológicas

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.