A EXTENSÃO EM QUARENTENA: COMUNICAR EM TEMPOS DE COVID-19

Extension in Quarantine: Communication in times of COVID-19

Autores

  • Diego Rodrigues de Loiola
  • Julia Ingrid Santos Dourado
  • Otto Leone Corrêa
  • Wanessa Oliveira Paes

Palavras-chave:

comunicacao, redes sociais, covid-19

Resumo

O presente relato de experiência visa apresentar a estratégia utilizada pelo Pro- grama Especial Extensão e Comunicação em Rede durante o período de pandemia entre março e dezembro de 2020 com o objetivo de visibilizar as ações realizadas pela universidade no enfrentamento à crise de saúde, além de disponibilizar a partir das redes sociais, como o youtube e o instagram, fontes de informação de qualidade em relação a cuidados em saúde, contextualizados às diferentes configurações sociais que se apresentam, entendendo os efeitos desiguais que o vírus provoca, principal- mente a partir das dinâmicas de opressão gênero-raça-classe. Pretende-se discutir o espaço privilegiado das redes sociais para a comunicação, antes e durante a pande- mia, e como a desresponsabilização Estatal tem suscitado um emprego inadequado da informação, a ser corrigido por uma comunicação popular: voltada à autonomia, em relação a atitudes coletivas e individuais, com caráter protetivo e, portanto, de maior responsabilidade dos meios de comunicação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Amadeu Silveira, Sergio (2017). GOVERNO DOS ALGORITMOS. Revista de Polí- ticas Públicas, 21(1),267-281. [acesso 10 out 2020]. Disponível em: https://www. redalyc.org/articulo.oa?id=3211/321152454013]

Filho, André Barbosa. (2020) COMUNICAÇÃO E COVID-19 in Capitalis- mo e a Covid-19 um debate urgente. [acesso em 09 out 2020]; http://abet-traba- lho.org.br/wp-content/uploads/2020/05/LIVRO.CapitalismoxCovid19.pdf

Freire, Paulo. (2015). Extensão ou Comunicação? 17. ed.São Paulo: Paz e Terra.

Garcia, L. P. & Duarte, E. (2020). Infodemia: excesso de quantidade em detrimento da qualidade das informações sobre a COVID-19. Epidemiologia e Serviços de Saúde [online]. v. 29, n. 4 [acesso 10 out 2020] , e2020186. ISSN 2237-9622. ht- tps://doi.org/10.1590/S1679-49742020000400019.

Neto M, Gomes T. de O., Porto F. R., Rafael R de M. R., Fonseca M. H. S. & Nasci- mento J. (2020) Fake news no cenário da pandemia de Covid-19. Cogitare en- ferm. [online]. [acesso em 10 out 2020]; http://dx.doi.org/10.5380/ce.v25i0.72627.

Notaroberto, Maria Clara Guaraldo. (2020) A Comunicação Popular: da origem do conceito à disputa dos campos na Comunicação. SD. No prelo.

Santos, F. M. R.. (2018). O Sertão que a TV não Vê: o jornalismo contextua- lizado com o Semiárido Brasileiro. Teresina: Edupi.

Vasconcellos-Silva, P. R. e Castiel, L. D. (2020) COVID-19, as fake news e o sono da razão comunicativa gerando monstros: a narrativa dos riscos e os riscos das narrativas. Cadernos de Saúde Pública [online]. v. 36, n. 7 [acesso em 10 out 2020] , e00101920. ISSN 1678-4464. https://doi.org/10.1590/0102-311X00101920.

Downloads

Publicado

2022-01-04

Como Citar

DIEGO RODRIGUES DE LOIOLA; JULIA INGRID SANTOS DOURADO; OTTO LEONE CORRÊA; WANESSA OLIVEIRA PAES. A EXTENSÃO EM QUARENTENA: COMUNICAR EM TEMPOS DE COVID-19: Extension in Quarantine: Communication in times of COVID-19. Participação, [S. l.], v. 20, n. 36, p. 83–96, 2022. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/45988. Acesso em: 26 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.