Projeto de serviço de informação utilitária: estudo de caso do Comunica Mulher

Utility information service: case study of Comunica Mulher

Autores

  • Aglaia O. Bastos
  • Joyce B. Gomes
  • Laís R. O. Normando

Palavras-chave:

marketing digital, covid-19, redes sociais

Resumo

RESUMO Este trabalho objetiva discutir a metodologia desenvolvida no âmbito de um projeto de serviço de informação à comunidade, a partir de preceitos da teoria da Biblioteconomia e da aplicação de estratégias do marketing digital em redes sociais. Serviço de informação à comunidade tem por finalidade prover informações utilitárias a grupos populacionais específicos, especialmente aqueles historicamente excluídos socialmente. Nesse sentido, o projeto de extensão da Universidade de Brasília, Comunica Mulher, oferta um serviço de informação com temáticas acerca do enfrentamento da violência contra as mulheres e da Covid-19, em redes sociais com ênfase na comunidade da Cidade Estrutural (Brasília-DF, Brasil). O desenvolvimento das atividades do projeto é sistematizado em três etapas: i) pesquisa, ii) criação e iii) monitoramento. A primeira trata da curadoria de fontes de informações seguras e pertinentes ao tema e ao público-alvo. A segunda consiste em elaborar postagens com linguagem visual e de fácil entendimento ao público, a partir das informações coletadas. A terceira fase é a da publicação, mediação e monitoramento. A pesquisa apresentada é de natureza mista e caráter experimental, realizada no primeiro semestre de 2022. A aplicação de quatro instrumentos do marketing digital, a saber: estratégia de conteúdo, publicidade online, marketing viral e monitoramento, resultaram em ampliação nas taxas de engajamento e entrega do conteúdo para o público em geral. A experiência aponta para lições e desafios a serem consideradas em serviços de informação da mesma natureza.

PALAVRAS-CHAVE: Marketing Digital, Divulgação Científica, Redes Sociais, Informação Utilitário, Covid-19.

ABSTRACT Comunica Mulher is an extension project of the University of Brasília that proposes to offer an information service with themes of combating violence against women and prevention against Covid-19, with an emphasis on the community of Cidade Estrutural, through the production of informative materials on digital channels. The way the project works consists of three phases: i) research, ii) creation and iii) monitoring. The first is the phase that consists of capturing information through the use of reliable sources, translating and summarizing the collected information in a language format appropriate for social networks. The second consists of, based on the information collected, creating attractive posts that are easy to understand for the public. The third phase is to publish, follow the interactions of social networks and prepare monthly monitoring reports. From this, digital marketing strategies were applied for the distribution of useful information through social networks. This work aims to present the tools and strategies used in the extension project for the promotion of utilitarian information. In this way, experimental research was carried out where digital marketing strategies were implemented in social networks that were used during the Covid-19 pandemic.

KEYWORDS: Digital Marketing, Scientific Dissemination, Social Networks, Utility Information, Covid-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAUJO, N. C.; FACHIN, J. Evolução das fontes de informação. Biblos, v. 29, n. 1, 2016. Disponível em: https://periodicos.furg.br/biblos/article/view/5463

CAMPELLO, B. D. S. Fontes de informação utilitária em bibliotecas públicas. Revista de Biblioteconomia de Brasília, v. 22, n. 1, 1998. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/77780. Acesso em: 27 maio 2022.

COSTA, Luciana; ANDRADE, Robéria; SILVA, Alan; DUARTE, Emeide; SOUZA, Ana. O uso de mídias sociais por revistas científicas da área da ciência da informação para ações de marketing digital. Revista ACB, Florianópolis SC, v. 21, n. 2, p. (338-358), abril/ jul., 2016.

CRUZ, Cleide; SILVA, Lângesson. Marketing digital: marketing para o novo milênio. Revista Científica do ITPAC, Araguaína, v.7, n.2, abril de 2014. Disponível em: https://assets.unitpac.com.br/arquivos/revista/72/1.pdf. Acesso em: 12 ago. 2022.

GALHARDI, Cláudia Pereira et al. Fato ou Fake? Uma análise da desinformação frente à pandemia da Covid-19 no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva [online]. 2020, v. 25, p. 4201-4210. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/XnfpYRR45Z4nXskC3PTnp8z/?lang=pt#. Acesso em: 16 maio 2022.

KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary. Princípios de marketing. 9. ed. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

MAGALHÃES, Adriana et al. Gerenciamento de redes sociais na sociedade da informação: uma reflexão sobre o uso do aplicativo Instagram como um instrumento de marketing pelo Sistema Integrado de Bibliotecas da Univasf. São Paulo: Revista Informação & Universidade, 2022. Disponível em: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/download/37/41. Acesso em: 12 ago. 2022.

OPAS. Entenda a infodemia e a desinformação na luta contra a Covid-19: kit de ferramentas de transformação digital. Organização Panamericana de Saúde, 2020.

SEQUEIRA, Arminda. Identidade visual: o simbolismo na identidade organizacional. Porto: ISCAP, 2013. Disponível em: https://recipp.ipp.pt/bitstream/10400.22/1780/1/PP_ArmindaSequeira_2013.pdf. Acesso em: 12 ago. 2022.

SILVA, Fabiano Couto Corrêa da. (Org.). O perfil das novas competências na atuação bibliotecária. Florianópolis, SC: Rocha Gráfica e Editora, 2020. Disponível em: http://biblio.eci.ufmg.br/ebooks/2021010003.pdf. Acesso em: 27 maio 2022.

TEIXEIRA, Felipe Colvara; SILVA, Roberta D. de O.; BONA, Rafael J. O processo de desenvolvimento de uma identidade visual. In: VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO DA REGIÃO SUL. Passo Fundo, RS. 2012. Disponível em: http://www.intercom.org.br/papers/regionais/sul2007/resumos/ R0187-1.pdf. Acesso em: 24 maio 2022.

TOMAÉL, Maria Inês; ALCARÁ, Adriana Rosecler; DI CHIARA, Ivone Guerreiro. Das redes sociais à inovação. Ciência da Informação [online], v. 34, n. 2, p. (93-104), 2005. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0100-19652005000200010. Acesso em 27 Maio 2022.

TOMAÉL, Maria Inês et al. Avaliação de fontes de informação na Internet: critérios de qualidade. Informação & Sociedade, João Pessoa, v.11, n. 2, p. 13-35, 2001.

TORRES, Cláudio. A Bíblia do marketing digital: tudo o que você queria saber sobre marketing e publicidade na internet e não tinha a quem perguntar. São Paulo: Novatec Editora, 2009.

Universidade de Brasília. Manual de identidade visual da Universidade de Brasília. Marca UnB, 2007. Disponível em: http://www.marca.unb.br/index.php. Acesso em: 09, Ago 2022.

Downloads

Publicado

2022-09-15

Como Citar

AGLAIA O. BASTOS; JOYCE B. GOMES; LAÍS R. O. NORMANDO. Projeto de serviço de informação utilitária: estudo de caso do Comunica Mulher: Utility information service: case study of Comunica Mulher. Participação, [S. l.], v. 21, n. 37, p. 124–143, 2022. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/participacao/article/view/45043. Acesso em: 8 fev. 2023.