Direitos à saúde na sociedade contemporânea:

um convite à reflexão

Autores

  • Vera Maria Ribeiro Nogueira

DOI:

https://doi.org/10.26512/ser_social.v0i10.12919

Palavras-chave:

Saúde, Direito, Agências multilaterais

Resumo

Este artigo contém uma reflexão sobre o direito à saúde na sociedade contemporânea e decorre de preocupações éticas e políticas que surgem e se intensificam face das novas agendas para o setor saúde, veiculadas pelo Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) (2002). Compondo a tendência mais radical do paradigma da economia da saúde e acentuando uma visão de cidadaniasocial restrita e atribuída aos segmentos populacionais extremamente empobrecidos, vem sendo denominado pelas agencias multilaterais como a nova geração das reformas sanitárias (Laforgia, Raw, Levcovitz, 2002, Marin, 2002).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vera Maria Ribeiro Nogueira

Professora do Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina.

Referências

BAYER, Gustavo F.; LEYS, Hector R. Saúde enquanto questão politicamente intermediada. Serviço Social e Sociedade, São Paulo, v. 4, n. 22, p. 108-125, 1986.

BERNADERLLI, Jorge Corvera. La reglamentación de la medicina/ Regulation of medicine. Anais de Otorrinolaringologia, México, v. 4, p. 227-232, sept./nov. 1999.

CARVALHEIRO, José R. Os desafios para a saúde. Estudos Avançados USP,São Paulo, n. 35, p. 7-10, 2000.

CASTELLS, Manuel. Crise do Estado, consumo coletivo e contradições urbanas. In: POULANTZAS, Nicos. A crise do Estado. Lisboa: Moraes, 1978. p.145-170.

DAGNINO, Evelina (Org.). Os anos 90: política e sociedade no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1994.

DALLARI, Sonia G; FORTES, Paulo Antonio de Carvalho. Direito Sanitário: inovação teórica e novo campo de trabalho. In: FLEURY, Sonia (Org.). Saúde e democracia: a luta do CEBES. São Paulo: Lemos, 1997.

ESPING-ANDERSEN, Gosta. Fundamentos sociales de las economías postindustriales. Barcelona: Ariel, 2000.

IRIART, Célia; MERHY, Emerson Elia; WAITZKIN, Howard. La atención gerenciada en America Latina: transnacionalización del sector salud en el contexto de la reforma. Cadernos Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 6, n.1, p. 95-105, jan./mar. 2000.

KYMLICKA, Will; NORMAN, Wayne. El retorno del ciudadano. Ágora, Buenos Aires, v. 3, n. 7, p. 5-42, Inverno 1997.

LAFORGIA, Jerry; RAW, Sílvia; LEVCOVITZ, Eduardo. O papel das instituições internacionais no processo das reformas no setor saúde. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL TENDÊNCIAS E DESAFIOS DOS SISTEMAS DE SAÚDE DAS AMÉRICAS. [Anais]. São Paulo: Ministério da Saúde, 2002.

LOURENÇO, Alexandre F. M. Ética e a apropriação de conceitos e teorias de outros campos de conhecimento humano. Medicina Social de Grupo, São Paulo, v. 16, n. 175, p. 35-44, out./dez. 2001.

MARIN, José Maria. A nova geração das reformas nas Américas. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL TENDÊNCIAS E DESAFIOS DOS SISTEMAS DE SAÚDE DAS AMÉRICAS.BRASIL. São Paulo: Ministério da Saúde, 2002.

MOUFFE, Chantal. O regresso do político. Lisboa: Gradiva, 1996.

NEGRI, Barjas; DI GIOVANNI, Geraldo (Orgs.). Brasil: radiografia da saúde. Campinas: Instituto de Economia/UNICAMP, 2001.

OLIVEIRA, Francisco de. O surgimento do antivalor. Novos Estudos, São Paulo, n. 22, p. 8-28, 1988.

______. O que é formação para a cidadania? Entrevista realizada por Sílvio Caccia Bava, em 1999. Disponível em : <http://www.dhnet.org.Br/textos/coliveira.htm>. Acesso em 14 maio 2002.

SCHWARTZ, Germano. Direito à saúde: efetivação em uma perspectiva sistêmica. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2001.

TELLES, Vera da S. Pobreza, movimentos sociais e cultura política: notas sobre as difíceis relações entre pobreza, direitos e democracia. In: DINIZ, Eli; LOPES, José Sérgio Leite; PRANDI, Reginaldo (Orgs.). O Brasil no rastro da crise. São Paulo: ANPOCS, HUCITEC, IPEA, 1994a. p. 225-243.

______. Pobreza, movimentos sociais e cultura política: públicos. In: DAGNINO, Evelina. (Org.). Os anos 90: política e sociedade no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1994b. p. 91-102.

______. Direitos sociais: afinal do que se trata? Belo Horizonte: Ed. UFMG,1999.

WILLIAMSON, James. Crise leva mudança ao Consenso de Washington. (Entrevista ao enviado especial a Washington). Folha de São Paulo, São Paulo, 9 ago. 2002. Caderno B, p. 4.

WOLFENSOHN, James D. The other crisis. Washington, DC: Banco Mundial, 1998.

Downloads

Publicado

08/14/2009

Como Citar

NOGUEIRA, V. M. R. Direitos à saúde na sociedade contemporânea:: um convite à reflexão. SER Social, [S. l.], n. 10, p. 09–32, 2009. DOI: 10.26512/ser_social.v0i10.12919. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/SER_Social/article/view/12919. Acesso em: 30 jan. 2023.

Edição

Seção

Artigos Temáticos