Indicadores para a avaliação da Competência em Informação

possibilidades para políticas públicas, com foco na justiça informacional

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/rici.v16.n3.2023.47162

Palavras-chave:

Competência em informação, Justiça informacional, Políticas Públicas

Resumo

Neste trabalho estamos interessados em reconhecer indicadores para políticas
públicas que podem servir a Competência em Informação e à justiça informacional com fins de minimizar a vulnerabilidade em informação por meio de teorias e conceitos. Esta investigação apresenta abordagem qualitativa e procedimentos bibliográfico e documental. A análise dos dados ocorreu a partir da categorização, agrupando elementos, ideias ou expressões que interessassem aos propósitos da pesquisa. A pesquisa bibliográfica foi realizada nas bases de dados Scopus, Web of Science, ISTA e LISTA. Como resultados principais, cabe reforçar que indicadores sociais são componentes fundamentais e subsídios às políticas públicas para a Competência em Informação e por isto devem ser estudados e conectados a este campo/domínio de saber, e à justiça informacional e, também, que se trata de um tema urgente para uma agenda de pesquisa nas áreas identificadas, as quais irão fortalecer as evidências para a promoção de políticas públicas de Competência em Informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizete Vieira Vitorino, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Florianópolis, SC, Brasil

Bolsista Produtividade CNPq, Nível 2, Processo: 308821/2019-0, a partir de março de 2020. Pós doutora pela Faculdade de Letras (FLUP), da Universidade do Porto (UP), Portugal, no período de jan. 2015 a jan. 2016 por meio da Agência de Fomento CAPES e do Programa Estágio Sênior no Exterior (Processo: BEX 2398/14-1). Pós-doutorado em andamento na Universidade Federal da Paraíba (PPGCI/UFPB) na área da Ciência da Informação (período de 20/06/2022 a 19/12/2022). Doutora em Engenharia de Produção (2004) na área de Mídia e Conhecimento e Educação a Distância (EaD) e Mestre em Engenharia de Produção (1996) na área de Gestão da Qualidade em Bibliotecas, ambas titulações conferidas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Graduação em Biblioteconomia pela UFSC (1991). Professora concursada (2006) e pesquisadora do Departamento de Ciência da Informação (CIN), Centro de Ciências da Educação (CED), da UFSC com atuação nos Cursos de Biblioteconomia, Arquivologia e Ciência da Informação. Desde o ano de 2006 dedica-se, além do ensino, extensão e administração na UFSC, à pesquisa na área da competência em informação (information literacy). É Professora Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PGCIN) em nível de mestrado e doutorado, cujas disciplina e orientações se desenvolvem na área da competência em informação. É fundadora e líder do Grupo de Pesquisa GPCIn - Competência em Informação, cadastrado no CNPq e certificado pela UFSC desde o ano de 2006.

Andréia Letícia Johann, Universidade Federal de Santa Catarina, Departamento de Ciência da Informação, Florianópolis, SC, Brasil

Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina(2022), curso-tecnico-profissionalizante em Técnico em Segurança do Trabalho pela SENAI - Departamento Regional de Santa Catarina(2017) e ensino-médio-segundo-graupela Escola de Educação Básica Jacob Maran(2014). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Biblioteconomia.

Referências

American Library Association (ALA). 61. Library services for the poor. Huron Chicago: ALA, 2007. Disponível em: https://www.ala.org/ala/ourassociation/governingdocs/policymanual/servicespoor.htm. Acesso em: 10 ago. 2023.

American Library Association (ALA). Association of College and Research Libraries (ACRL). ACRL Guide to Policies and Procedures, Chapter 14: Standards, Guidelines, and Frameworks. Chicago: ALA/ACRL, 2022. Disponível em: https://www.ala.org/acrl/resources/policies/chapter14. Acesso em: 10 ago. 2023.

American Library Association (ALA). Library Bill of Rights. Chicago: ALA, 2019. Disponível em: https://www.ala.org/advocacy/intfreedom/librarybill. Acesso em: 10 ago. 2023.

Fachin, Odília. Fundamentos de metodologia: noções básicas em pesquisa científica. São Paulo: Saraiva, 6. ed., 2017. ISBN: 9788502636538. p. 209.

Gregory, Lua; HIGGINS, Shana. Reorienting an Information Literacy Program toward Social Justice: Mapping the Core Values of Librarianship to the ACRL Framework. Communications in Information Literacy, Buffalo, NY, v. 11, n. 1, p. 42-54, 2017. Disponível em: https://pdxscholar.library.pdx.edu/comminfolit/vol11/iss1/14/. Acesso em: 10 ago. 2023.

Marzal, Miguel Ángel; Parra, Pablo, Colmenero, María Jesús. La medición de impacto y evaluación de programas de alfabetización en información para bibliotecas escolares. Revista Española de Documentación Científica, Madrid, v. 34, n. 2, p. 190-211, 2011. Disponível em: https://redc.revistas.csic.es/index.php/redc/article/view/692. Acesso em: 10 ago. 2023.

Mathiesen, Kay. Informational justice: a conceptual framework for social justice in Library and Information Services. Library Trends, Champaign, IL, v. 64, n. 2, p. 198–225, 2015. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/158312901.pdf. Acesso em: 10 ago. 2023.

Minayo, Maria Cecília de Souza. Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 26. ed., 2002.

Richardson, Roberto Jarry. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 3. ed., 2012.

Vitorino, Elizete Vieira. A competência em informação e a vulnerabilidade: construindo sentidos à temática da “vulnerabilidade em informação”. Ciência da Informação, Brasília, DF, n. 2, v. 47, p. 71-85, 2018. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/99215. Acesso em: 10 ago. 2023.

Vitorino, Elizete Vieira; De Lucca, Djuli Machado. (Org.). As dimensões da competência em informação: técnica, estética, ética e política. Porto Velho, RO: EDUFRO, 2020. Disponível em: https://edufro.unir.br/uploads/08899242/Capas%206/As%20Dimensoes%20da%20Competencia%20em%20Informacao.pdf . Acesso em: 10 ago. 2023.

Vitorino, Elizete Vieira; Piantola, Daniela. Dimensões da competência informacional. Ciência da Informação, Brasília, DF, v. 40, n. 1, p. 99-110, 2011. Disponível em: http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/1328. Acesso em: 10 ago. 2023.

Vitorino, Elizete Vieira. Indicadores para a competência em informação no Brasil: virtudes e tendências. In: Parra Valero, Pablo et al. (Coord.). Competencias en información y transformación digital de la sociedad. Madrid: Universidad Complutense, Facultad de Ciencias de la Documentación, Departamento de Biblioteconomía y Documentación, 2021. p. 87-104. Disponível em: https://hdl.handle.net/20.500.14352/9352. Acesso em: 10 ago. 2023.

Vitorino, Elizete Vieira. Indicadores para a competência em informação no Brasil: virtudes, tendências e possibilidades. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 27, n. 2, p. 7-36, abr./jun. 2022. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/pci/article/view/39996/30698. Acesso em: 10 ago. 2023.

Weiner, Sharon A. How information literacy becomes policy: an analysis using the Multiple Streams Framework. Libraries Faculty and Staff Scholarship and Research, West Lafayette, IN, v. 60, n. 2, p. 297-311, 2011. Disponível em: https://docs.lib.purdue.edu/lib_fsdocs/70/. Acesso em: 10 ago. 2023.

Downloads

Publicado

2023-11-08

Como Citar

Vitorino, E. V., & Johann, A. L. (2023). Indicadores para a avaliação da Competência em Informação: possibilidades para políticas públicas, com foco na justiça informacional. Revista Ibero-Americana De Ciência Da Informação, 16(3), 717–735. https://doi.org/10.26512/rici.v16.n3.2023.47162

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.