v. 5, n. 3 (2014)


Com a finalidade de aprofundar as discussões em torno da valorização de produtos da agricultura familiar e do agroextrativismo no Cerrado, Sustentabilidade em Debate - SeD abriga neste seu último número de 2014 (11)
Com a finalidade de aprofundar as discussões em torno da valorização de produtos da agricultura familiar e do agroextrativismo no Cerrado, Sustentabilidade em Debate - SeD abriga neste seu último número de 2014 (11) um dossiê focalizado no tema “Inovações para a valorização de produtos da agricultura familiar e do agroextrativismo no contexto do Cerrado”. Os trabalhos selecionados pelos editores convidados do dossiê - Janaína Deane de Abreu Sá Diniz, Mario Lúcio de Ávila e Mônica Celeida R. Nogueira - demonstram que, dentre as ações propícias para conservar as áreas remanescentes de Cerrado, destaca-se o uso de produtos florestais não madeireiros (PFNM) advindos da biodiversidade vegetal nativa. Isso pode diminuir a pressão para o desmatamento de áreas nativas remanescentes e, ao mesmo tempo, gerar renda para as comunidades residentes. Entretanto, é necessário que se tenha um conhecimento mais aprofundado sobre a trajetória e a dinâmica das espécies nativas do bioma dentro das cadeias produtivas locais, nacionais e internacionais.