As pesquisas sobre o efeito das escolas: contribuições metodológicas para a Sociologia da Educação

Main Article Content

Maria Teresa Gonzaga Alves
José Francisco Soares

Resumo

Este artigo apresenta as metodologias de análise utilizadas em uma pesquisa longitudinal, cujo objetivo foi medir o efeito das escolas de sete estabelecimentos de ensino públicos localizados em uma mesma região da cidade de Belo Horizonte, MG. As pesquisas sobre o efeito das escolas constituem uma área específica no campo da Sociologia da Educação, que investiga o impacto das escolas para desempenho acadêmico dos alunos, após o controle das características de origem social dos alunos e do contexto das escolas. Durante dois anos letivos, foram coletados dados quantitativos, através de testes e questionários respondidos pelos alunos das escolas selecionadas, e dados qualitativos, através entrevistas com familiares de alunos e profissionais das escolas. Para a análise desses dados foram incorporadas novas técnicas estatísticas. Os modelos da Teoria da Resposta ao Item (TRI) foram utilizados para estimar os escores longitudinais dos alunos e os seus respectivos níveis socioeconômicos; e os modelos de regressão multiníveis, para a análise de dados longitudinais e com diferentes níveis de agregação. Os dados qualitativos foram analisados em conjunto uma ferramenta que possibilitou a integração de dados textuais e atributos numéricos. Os resultados mostraram que a análise do efeito das escolas através de dados longitudinais é ser mais justa para as escolas, porque mostra o seu impacto no processo de aprendizagem dos alunos. A análise dos dados qualitativos mostrou fatores escolares e familiares que impactam os resultados dos alunos e que contribuem para a estratificação escolar. Considerando o potencial que as pesquisas educacionais podem ter para as políticas públicas, o artigo conclui sobre a importância da escolha de modelos de análise adequados para a análise do efeito das escolas. Além disso, a pesquisa mostrou a viabilidade do uso integrado de dados obtidos através de metodologias quantitativa e qualitativa, paradigmas usualmente tratados como se fossem necessariamente opostos, e a relevância desse procedimento para a compreensão dos resultados gerais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
Gonzaga Alves, M. T., & Soares, J. F. (2011). As pesquisas sobre o efeito das escolas:: contribuições metodológicas para a Sociologia da Educação. Sociedade E Estado, 22(2). Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/sociedade/article/view/5338
Seção
Resumo de teses e dissertaçôes apresentadas no PPGS/Sol/UnB
Biografia do Autor

Maria Teresa Gonzaga Alves, UFMG

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e mestre em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP). Pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências Humanas: Sociologia e Política, da UFMG (Bolsista Prodoc) e do Grupo de Avaliação e Medidas Educacionais.

José Francisco Soares, UFMG

Doutor em Estatística pela University of Wisconsin”“Madison. Professor do Departamento de Ciências Aplicadas à Educação, da Faculdade de Educação da UFMG. É presidente da Associação Brasileira de Avaliação Educacional (Abave).

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)