POR QUE O TEMPO SÓ CORRE PARA FRENTE E NUNCA PARA TRÁS? UMA PROPOSTA UTILIZANDO TEXTOS DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE FÍSICA

Autores

  • André Luís Miranda de Barcellos Coelho SEEDF

DOI:

https://doi.org/10.26512/rpf.v5i2.37838

Palavras-chave:

Divulgação científica. Ensino de Física. Ensino de Ciências. Física Moderna.

Resumo

Após tomar contato com o problema da possibilidade de reversão temporal nas estruturas lógico-matemáticas das teorias físicas pela dra. Marina Cortês (Universidade de Edimburgo) no Perimeter Institute, retornei ao Brasil decidido a trabalhar este tema com meus estudantes. O foco da proposta deste trabalho é a discussão na escola básica de alguns limites das teorias físicas e, portanto, da física ela mesma como disciplina. Fazemos isso por meio do uso de textos de divulgação científica, inspirados na proposta de leitura em três momentos de Solé. Pretende-se tornar claro que as ciências naturais são também um empreendimento proeminentemente humano, passível de revisão e certamente menos absoluto do que se costuma crer. Em especial, abordar este tema que notavelmente é e foi negligenciado na história das ciências físicas. O que procuramos ao utilizar textos de divulgação científica foi justamente vislumbrar uma possibilidade coerente e realizável de efetivar este desejo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

CORTÊS, Marina; SMOLIN, Lee. Reversing the irreversible: from limit cycles to emergent time symmetry. Physical Review D, 2018.

BUENO, Wilson da Costa. Jornalismo científico: conceitos e funções. Ciência e cultura, v. 37, n. 9, p. 1420-1427, 1985.

REIS, J. Divulgação científica. Ciência e Cultura, SBPC, v.19(4), 1967.

SILVA, C. H. & ALMEIDA, M. J. P. M. Uma revisão de trabalhos sobre o funcionamento de textos alternativos ao livro didático no ensino de Física. In: Atas do II Encontro de Pesquisa em Educação em Ciências - ENPEC. Valinhos, SP, 1999.

ALMEIDA, J. P. M. de & SILVA, H. C. O texto escrito na educação em Física: enfoque na divulgação científica. In: ALMEIDA, J. P. M. de & SILVA, H. C. Linguagens, Leituras e Ensino da Ciência. Campinas: Mercado das Letras: Associação de Leitura do Brasil – ALB, 1998

GABANA, M.; LUNARDI G. & TERRAZAN, E. A. Textos de divulgação científica: analisando uma estratégia didática para o Ensino Médio. In: Atas do IV Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências – ENPEC. Bauru, SP, 2003.

ALVETTI, M.A.S. & DELIZOICOV, D. Ensino de Física Moderna e Contemporânea e a Revista Ciência Hoje. Dissertação de Mestrado. Florianópolis: UFSC, 1999.

RIBEIRO, Renata A., and Maria Regina D. KAWAMURA. A ciência em diferentes vozes: uma análise de textos de divulgação científica. ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM ENSINO DE CIÊNCIAS 5 (2005).

BRASIL, Base Comum Curricular para o Ensino Fundamental.

SASSERON,Lúcia Helena; MACHADO, Vítor Fabrício. Alfabetização Científica na Prática - Inovando a Forma de Ensinar Física. Editora Livraria da Física. 2017

FEDERAL, DISTRITO. Currículo em Movimento da Educação Básica: Ensino Fundamental–Anos Finais. 2ª Edição. SEEDF. Brasília. 2018.

DE BARCELLOS COELHO, André Luís Miranda. Identificando fragilidades no Ensino de Ciência na Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, v. 7, n. 4, p. 93-101, 2020.

SHAMOS, Morris H. The Myth of Scientific Literacy. Liberal Education, v. 82, n. 3, p. 44-49, 1996.

CORTÊS, Marina. Sessão por Marina Cortês, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço - Por que não anda o tempo para trás? Internet. 2017. Disponível em: http://divulgacao.iastro.pt/pt/feature/por-que-nao-anda-o-tempo-para-tras/ Acessado em: 08/11/2019

GALVÃO, Ernesto F. A Mecânica Quântica das Viagens no Tempo. Revista Ciência Hoje volume 49. 2012.

GOMES, V. B.; MELO, M. S. de; SILVA, R. R da. Estratégias de leitura aplicadas ao texto de divulgação científica. 2019.

GERSCHENFELD, Ana. Queremos descobrir por que é que o tempo está sempre a avançar e nunca recua. Dezembro de 2014. Jornal Público. Disponível em: https://www.publico.pt/2014/12/08/ciencia/noticia/queremos-descobrir-por-que-e-que-o-tempo-esta-sempre-a-avancar-e-nunca-recua-1678557 Acessado em: 22/11/2019

PERIMETER, Instituto. Revoluções na Ciência. Inspirações Perimeter. Livro 3. Perimeter Institute for Theoretical Physics. 2013.

Downloads

Publicado

2021-09-21

Como Citar

COELHO, A. L. M. de B. POR QUE O TEMPO SÓ CORRE PARA FRENTE E NUNCA PARA TRÁS? UMA PROPOSTA UTILIZANDO TEXTOS DE DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NO ENSINO DE FÍSICA. Revista do Professor de Física, [S. l.], v. 5, n. 2, p. 71–79, 2021. DOI: 10.26512/rpf.v5i2.37838. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rpf/article/view/37838. Acesso em: 8 dez. 2022.