Câncer de mama uma doença temida:

representações sociais de mulheres mastectomizadas

Autores

  • Sílvio Eder Dias da Silva Faculdade de Enfermagem da UFPa.
  • Esleane Vilela Vasconcelos
  • Mary Elizabeth de Santana
  • Jeferson dos Santos Araújo
  • Teodolina Valente
  • Jéssica Barboza de Oliveira
  • Natacha Mariana Farias Cunha
  • Vander Monteiro da Conceição

Palavras-chave:

Enfermagem, Representação social, Psicologia social

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivos caracterizar as representações sociais de mulheres mastectomizadas sobre o câncer de mama. Trata-se de um estudo descritivo-exploratório com o uso da Teoria das Representações Sociais. A coleta de dados foi realizada com emprego de duas técnicas: a livre associação de palavras e a observação livre. Para interpretação dasinformações foi utilizada a técnica de análise temática. A pesquisa teve como resultado duas unidades temáticas: Câncer de mama: mutilante e fatal e Câncer de mama: amputação física e social. No estudo Conclui-sea Enfermagem tem papel relevante na promoção da saúde, por meio da realização de ações educativas junto a essas mulheres.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-07-2017

Como Citar

1.
da Silva SED, Vasconcelos EV, de Santana ME, Araújo J dos S, Valente T, de Oliveira JB, Cunha NMF, da Conceição VM. Câncer de mama uma doença temida:: representações sociais de mulheres mastectomizadas. Rev. G&S [Internet]. 27º de julho de 2017 [citado 19º de setembro de 2021];3(2):451-163. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/rgs/article/view/116

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>