Memorias del refugio: la (re)construcción identitaria de una venezolana en Brasil

Memories of the refuge: the identity (re)build of a venezuelan in Brazil

Autores/as

DOI:

https://doi.org/10.35956/v.2.n23.2023.p.110-128

Palabras clave:

Identidad. Discurso. Análisis dialógico del discurso.

Resumen

Este artículo presenta un análisis del processo de (re)construcción identitaria en el discurso de una refugiada venezolana, por medio de un diario publicado en el periódico Folha de S. Paulo, en diciembre 2020. El diario presenta relatos escritos por la refugiada, entre agosto y septiembre del mismo año, sobre su experiencia de refugio en la ciudad de São Paulo - Brasil. Se há aclado el análisis teórico y metodológico en conceptos como dialogismo, alteridad y exotopia, en la concepción del Círculo de Bajtín. El análisis pone en evidencia trazos de identificaciones y la recreación de los procesos identitarios, dada por medio de las relaciones de alteridad. Además, la escritura autobiográfica posibilitó un tom más asertivo en el sentido de asumir una postura axiológica ante la propia vida, en un proceso de exotopia por medio del cual la refugiada se há convertido en otra para narrarse a sí misma.

Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Biografía del autor/a

Nívea Rohling, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Mestre e doutora em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora Associada da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR/ Curitiba) e docente do Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagens (PPGEL). Membro da ALED e da Discourse.net.

Fernanda, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Graduada em Comunicação Social pela Universidade Positivo. Especialista em Comunicação Audiovisual pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Mestranda no Programa de Pós-graduação em Estudos de Linguagens da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Maria de Lourdes, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Professora Associada II da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR - Curitiba), com pós-doutorado em Ciências da Educação pela Universidade do Minho (UM - PT). Doutora em Linguística pela Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de São Paulo (USP), Mestre em Estudos da Linguagem (UEL) e Graduada em Letras Vernáculas e Anglo (UEL). Docente do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens (PPGEL-UTFPR). É líder do Grupo de Pesquisa em Linguística Aplicada (GRUPLA)

 

Citas

AMORIM, M. 2018. Cronotopo e exotopia. Em B. Brait (org.). Bakhtin: outros conceitos-chave, pp.95-114. São Paulo: Contexto.

BAKHTIN, M. 2011 [1979]. Estética da criação verbal. 6ª edição. São Paulo: WMF Martins Fontes.

BAKHTIN, M.. 2017 [1920-1924]. Para uma filosofia do ato responsável. 3ª edição. Tradução de Valdemir Miotello e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores.

BALASSIANO, A. L. G. 2014. Migrantes no liceu em tempos de guerra: modos de resistência aos (des)lugares. Em E. C. Souza; A. L. G. Balassiano; A. Oliveira (Orgs.). Escrita de si, resistência e empoderamento, pp.67-82. Curitiba: CRV.

CAVALCANTI, L. 2015. [Disponível na Internet em https://portaldeimigracao.mj.gov.br/pt/dados/relat%C3%B3rios-a]. Imigração e mercado de trabalho no Brasil: características e tendências. Em L. Cavalcanti; A. T. Oliveira; T. Tonhati (Orgs.). A inserção dos imigrantes no mercado de trabalho brasileiro. Cadernos OBMigra: 35-47 [Consulta: 10 de abril de 2023].

FARACO, C. A. 2009. Linguagem e diálogo: as ideias linguísticas do círculo de Bakhtin. São Paulo: Parábola Editorial.

FARACO, C. A. Autor e Autoria. 2012. Em B. Brait (Org.). Bakhtin: conceitos-chave, pp.37-60. São Paulo: Contexto.

HAIDER, A. 2019. Armadilha da identidade: raça e classe nos dias de hoje. São Paulo: Veneta.

HALL, S. 2006. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução Tomaz Tadeu da Silva e Guaracira Lopes Louro. 11ª ed. Rio de Janeiro: DP&A.

LEJEUNE, P. 2014. O pacto autobiográfico: de Rousseau à Internet. Belo Horizonte: UFMG.

MAX, C. 2018. La Jornada: a resiliência do povo venezuelano em busca de refúgio no Brasil. Em R. Baeninger; J. C. Silva (Coords.). Migrações Venezuelanas, pp.13-15. Campinas: Núcleo de Estudos de População Elza Berquó (Nepo) / Unicamp.

NORONHA, C. L. A. 2022. [Disponível na Internet em https://portaldeimigracao.mj.gov.br/pt/dados/relat%C3%B3rios-a]. Pobreza e vulnerabilidade social entre os imigrantes internacionais registrados no CadÚnico. Em

L. Cavalcanti; A. T. Oliveira; B. G. Silva (Orgs.). Relatório Anual OBMigra 2022: 69-91 [Consulta: 15 de abril de 2023].

PEREIRA, J. C. CARVALHO, L. PARISE, P. 2018. Venezuelanos acolhidos na Missão Paz: do lugar para descanso à incidência política e inserção social. Em R. Baeninger; J. C. Silva (Coords.). Migrações Venezuelanas, pp.293-303. Campinas: Núcleo de Estudos de População Elza Berquó (Nepo) / Unicamp.

PONZIO, A. 2017 [1920-1924]. Introdução. Em M. Bakhtin. Para uma filosofia do ato responsável, pp.9-38. 3ª edição. Tradução de Valdemir Miotello e Carlos Alberto Faraco. São Carlos: Pedro & João Editores.

ROIG, J. N. 2018. Migrações internacionais e a garantia de direitos – um desafio no século XXI. Em R. Baeninger; J. C. Silva (Coords.). Migrações Venezuelanas, pp.27-30. Campinas: Núcleo de Estudos de População Elza Berquó (Nepo) / Unicamp.

SALAZAR, F. 2020. [Disponível na Internet em www1.folha.uol.com.br/amp/mundo/2020/12/diario-de-uma-refugiada-leia-o-caderno-traduzido-na-integra.shtml]. Diário de uma refugiada: leia o caderno traduzido na íntegra. Folha de S. Paulo. [Consulta: 12 de janeiro de 2023].

SILVA, G. J. 2022. [Disponível na Internet em https://portaldeimigracao.mj.gov.br/pt/dados/relat%C3%B3rios-a]. Refúgio no Brasil: 25 anos da lei 9747/1997. Em L. Cavalcanti; A. T. Oliveira; B. G. Silva (Orgs.). Relatório Anual OBMigra 2022: 36-68 [Consulta: 10 de abril de 2023].

SOBRAL, A. 2009. Do dialogismo ao gênero: as bases do pensamento do círculo de Bakhtin. Campinas: Mercado das Letras.

SOBRAL, A. 2012. Ato/atividade e evento. Em B. Brait (Org.). Bakhtin: conceitos-chave, pp.11-36. São Paulo: Contexto.

SOUZA, E. C. BALASSIANO, A. L. G. OLIVEIRA, A. (Orgs.). 2014. Escrita de si, resistência e empoderamento. 1ª edição. Curitiba: CRV.

VOLÓCHINOV, V. 2019 [1921-1930]. A palavra na vida e a palavra na poesia: ensaios, artigos, resenhas e poemas. 1ª edição. São Paulo: Editora 34.

Descargas

Publicado

2023-12-20

Cómo citar

Rohling, N., Ábila, F., & Remenche, M. de L. R. (2023). Memorias del refugio: la (re)construcción identitaria de una venezolana en Brasil: Memories of the refuge: the identity (re)build of a venezuelan in Brazil. Revista Latinoamericana De Estudios Del Discurso, 23(2), 110–128. https://doi.org/10.35956/v.2.n23.2023.p.110-128

Número

Sección

Artículos

Artículos similares

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 > >> 

También puede {advancedSearchLink} para este artículo.