APRESENTAÇÃO

Autores

  • Claudiana Nogueira de Alencar Universidade Estadual do Ceará
  • Izabel Magalhães Universidade Federal do Ceará (UFC)

DOI:

https://doi.org/10.26512/les.v18i2.5785

Resumo

A produção de subjetividades em meio a contextos transnacionais, característicos do capitalismo tardio, tem mostrado a urgência de uma agenda de pesquisa que reconheça o papel central do discurso na compreensão das práticas identitárias da sociedade contemporânea. Práticas que se constituem como formas de resistência e de ressignificação diante das tensões, das opressões e dos conflitos de ordem social, econômica, política, étnico-racial e sexual. Nesse sentido, a articulação entre discurso, identidade e sociedade se coloca como um desafio para os estudos críticos da linguagem e se materializa na realização do Simpósio Internacional Discurso, Identidade e Sociedade ”“ SIDIS.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Claudiana Nogueira de Alencar, Universidade Estadual do Ceará

Doutor em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas (2005). Pós-doutorado na área de Semântica/Pragmática pela Universidade Estadual de Campinas (2010).

Izabel Magalhães, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Possui Licenciatura em Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Respectivas Literaturas pela Universidade de Brasília (1970), Mestrado em Lingüística para o Ensino da Língua Inglesa - Universidade de Lancaster, Reino Unido (1976), com bolsa do Conselho Britânico, Doutorado em Lingüística (1985), com bolsa do CNPq, e Pós-Doutorado (1993 a 1994) - Universidade de Lancaster, com bolsa da Capes. Entrou na Universidade de Brasília como professora em 1978 e, de outubro de 1987 a fevereiro de 1988, foi Professora Visitante na Universidade Federal do Ceará. Foi coordenadora de um convênio de pesquisa internacional, envolvendo a Universidade de Brasília, a Universidade Estadual de Campinas e a Universidade de Lancaster, Reino Unido, financiado pelo Conselho Britânico e pela Capes, de 1992 a 1999. De 1997 a 2001, foi Coordenadora de Pós-Graduação em Lingüística da Universidade de Brasília e, nessa ocasião, fundou o Doutorado em Lingüística dessa instituição. Atualmente, é Professora Visitante na Universidade Federal do Ceará, Departamento de Letras Vernáculas, e Pesquisadora Colaboradora (aposentada) da Universidade de Brasília. Membro efetivo da Associação Latino-Americana de Analistas do Discurso (Aled), da Associação Brasileira de Lingüística (Abralin) e da Associação de Lingüística Aplicada do Brasil (Alab), e pesquisadora/consultora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, nível 1D, Izabel Magalhães publicou os seguintes livros: Práticas identitárias: língua e discurso; (2006, com Marisa Grigoletto e Maria José Coracini), D.E.L.T.A., 21, Especial (2005, com Kanavillil Rajagopalan), Discurso, gênero e educação; (2003, com Maria Christina Leal), Eu e tu: a constituição do sujeito no discurso médico; (2000) e As múltiplas faces da linguagem; (1996). Foi organizadora do periódico Cadernos de Linguagem e Sociedade, do Núcleo de Estudos de Linguagem e Sociedade (Nelis/Ceam) da Universidade de Brasília de 1995 a 2008. Nesse período, foi também coordenadora do Núcleo. Tem experiência na área de Lingüística e Lingüística Aplicada, atuando principalmente nos seguintes temas: análise de discurso, letramento, gênero e linguagem, identidades, e metodologia etnográfica.

Downloads

Publicado

2017-10-06

Como Citar

Alencar, C. N. de, & Magalhães, I. (2017). APRESENTAÇÃO. Cadernos De Linguagem E Sociedade, 18(2), 6–8. https://doi.org/10.26512/les.v18i2.5785

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>