O lugar da assessoria jurídica popular como práxis de educação popular freireana: a atuação do NAJUP Josiane Evangelista no Acampamento Leonir Orbhak (MST-GO)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26512/revistainsurgncia.v8i1.40686

Palavras-chave:

assessoria jurídica popular, educação popular, direitos humanos, NAJUP Josiane Evangelista, acampamento Leonir Orbhak

Resumo

O artigo retrata o histórico de lutas de trabalhadores/as rurais sem terra que, após diversos despejos e da criminalização de alguns de seus militantes, constituíram o acampamento Leonir Orbhak, no município de Santa Helena de Goiás-GO. Com o objetivo de analisar a relação entre a AJP e a comunidade organizada no MST, o artigo destaca o papel pedagógico assumido por apoiadores e pelo NAJUP Josiane Evangelista na construção coletiva da luta pela terra, na mobilização dos direitos humanos enquanto temas geradores, na construção de ferramentas de educação popular para melhor conhecer os opressores e suas estratégias, além de promover uma tradução da linguagem jurídica para a linguagem popular de questões jurídicas complexas que envolvem a luta pela terra naquele contexto.

Referências

AGUIAR, Roberto A. R. de. Direito, poder e opressão. São Paulo: Alfa-Ômega, 1980.

ALCÂNTARA, Fernanda. Filme “Chão” chega às telas de cinema retratando a luta do MST. 11/05/2021. Disponível em: <https://mst.org.br/2021/05/11/filme-chaochega-as-telas-de-cinema-retratando-a-luta-do-mst/ >. Acesso em 03/11/2021.

ALMEIDA, Ana Lia Vanderlei de. Um estalo nas faculdades de direito: perspectivas ideológicas da assessoria jurídica universitária popular. João Pessoa: Programa de Pós-Graduação (Doutorado) em Ciências Jurídicas da Universidade Federal da Paraíba, 2015.

BOURDIEU, Pierre. O poder simbólico. 12ª ed. Tradução de Fernando Tomaz. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009a.

DIEHL, Diego Augusto. Metodologia da assessoria jurídica popular na luta pela realização histórica dos direitos humanos. In: Anais do 5º Encontro Anual da Associação Nacional de Direitos Humanos, Pesquisa e Pós-Graduação (ANDHEP). Belém, 2009.

DUSSEL, Enrique. Filosofia da libertação. Tradução de Luiz João Gaio. São Paulo: Loyola, 1977.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. 6ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? 10ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1988.

LUHMANN, Niklas. Legitimação pelo procedimento. Brasília: Editora da UnB, 1980.

GOUVEA DA SILVA, Antônio Fernando. A busca do tema gerador na práxis da educação popular. Curitiba: Gráfica Popular, 2005.

LYRA FILHO, Roberto. Karl, meu amigo: diálogo com Marx sobre o Direito. Porto Alegre: Sergio Antônio Fabris, 1983.

LYRA FILHO, Roberto. Normas jurídicas e outras normas sociais. In: SOUSA JUNIOR, José Geraldo de (org.). O Direito Achado na Rua. Curso de Extensão Universitária à Distância. Brasília, Ed. Universidade de Brasília, 1987.

LYRA FILHO, Roberto. O Direito que se ensina errado – Sobre a reforma do ensino jurídico. Brasília: CADIR-UnB, 1980a.

LYRA FILHO, Roberto. O que é Direito. 17ª Ed., São Paulo: Brasiliense, 1999.

LYRA FILHO, Roberto. Razões de defesa do Direito. Brasília: Obreira, 1981.

MARX, Karl. Grundrisse – Manuscritos econômicos de 1857-1858. Esboços da crítica da economia política. Tradução de Mario Duayer e Nélio Schneider. São Paulo: Boitempo; Rio de Janeiro: UFRJ, 2011.

MARX, Karl. O Capital: crítica da economia política. Tradução Regis Barbosa e Flavio R. Kothe. Revisão Paul Singer. São Paulo: Nova Cultural, 1996.

PASUKANIS, Eugeny Bronislanovich. A teoria geral do direito e o marxismo. Tradução de Paulo Bessa. Rio de Janeiro: Renovar, 1989.

PAZELLO, Ricardo Prestes. Direito insurgente e movimentos populares: o giro descolonial do poder e a crítica marxista ao Direito. Curitiba, 2014. Tese para obtenção do título de doutor em Direito pelo Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal do Paraná.

PEREIRA, D. M.; DIEHL, D. A.; GÓES JUNIOR, J. H. Um relato da práxis da AJUP Roberto Lyra Filho em seu primeiro ano de existência. In: InSURgência: revista de direitos e movimentos sociais. Brasília, v. 2, n. 2, p. 125–158, 2018. DOI: 10.26512/insurgncia.v2i2.19366. Disponível em: <https://periodicos.unb.br/index.php/insurgencia/article/view/19366>. Acesso em: 7 nov. 2021.

PRESSBURGER, Thomaz Miguel. Direito insurgente: o direito dos oprimidos. In: PRESSBURGER, Thomaz Miguel et alii. Direito insurgente: o direito dos oprimidos. Rio de Janeiro: IAJUP; FASE, 1990, p. 6-12.

RIBAS, Luiz Otávio. Direito insurgente e pluralismo jurídico: assessoria jurídica de movimentos populares em Porto Alegre e no Rio de Janeiro (1960-2000). Florianópolis, 2009. Dissertação para obtenção do grau de mestre em Direito - Programa de Pós-Graduação em Direito da Universidade Federal de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

31.01.2022

Como Citar

DIEHL, Diego Augusto. O lugar da assessoria jurídica popular como práxis de educação popular freireana: a atuação do NAJUP Josiane Evangelista no Acampamento Leonir Orbhak (MST-GO). InSURgência: revista de direitos e movimentos sociais, Brasília, v. 8, n. 1, p. 147–168, 2022. DOI: 10.26512/revistainsurgncia.v8i1.40686. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/insurgencia/article/view/40686. Acesso em: 21 maio. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >> 

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.