Uma análise sobre o possível lugar da literatura francesa contemporânea na realidade sociocultural brasileira

Main Article Content

Kevin Turbano
Nathália Primo
Thaís Bartolomeu

Resumo

O presente artigo foi elaborado a partir da participação do Club de Lecture da UFF, I e II edições, organizado para discutir a realização do Choix Goncourt Brésil. Trata-se de um desdobramento das reflexões do Club em torno de duas obras literárias do referido prêmio, Frère d’âme (2019) e Soif (2020). A proposta centra-se em analisar potenciais colaborações para a difusão da literatura francesa contemporânea na Educação Básica (EB), por meio do ensino de Francês Língua Estrangeira (FLE). Tal escolha justifica-se porque ambas se mostraram pertinentes para uma abordagem que contempla a Competência Intercultural (CI), sustentada por Pinheiro-Mariz (2014), favorecendo as trocas culturais no trabalho possível com o texto literário em sala de aula no Brasil, em particular no que tange à violência e à religião, conforme preconiza o Français sur Objectif Universitaire - FOU littéraire (MANGIANTE & RAVIEZ, 2015).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Article Details

Como Citar
Turbano, K., Primo, N. ., & Bartolomeu, T. . (2022). Uma análise sobre o possível lugar da literatura francesa contemporânea na realidade sociocultural brasileira . caleidoscópio: Literatura E tradução, 5(2). https://doi.org/10.26512/caleidoscpio.v5i2.40769
Seção
ARTIGOS
Biografia do Autor

Kevin Turbano, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Kevin Soares Turbano é Graduando do curso de Letras - Português/Francês pela UFF. Atualmente é bolsista no LABESTRAD, laboratório de Tradução da UFF, assim como, na mesma universidade, é instrutor de língua francesa no PROLEM, Programa de Línguas Estrangeiras Modernas. Foi instrutor de língua francesa na FISK de Realengo. Participou, enquanto bolsista do Programa de licenciaturas, do projeto "Oficina de francês: formação docente e ensino de línguas adicionais nos anos iniciais do ensino fundamental"

Nathália Primo, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Nathália Primo é Professora de Redação e Coordenadora Pedagógica no Pré-Universitário Popular Milton Santos. Mestre em Literatura pela Universidade Federal Fluminense (UFF/CNPq) e Licenciada em Letras - Português/Literaturas pela mesma universidade. Integra o Polo de Pesquisas Luso-Brasileiras (PPLB/CNPq), no qual desenvolveu atividade como pesquisadora júnior do Real Gabinete Português de Leitura junto à Fundação Calouste Gulbenkian. Atualmente, é graduanda em Letras - Português/Francês  e pós-graduanda na Especialização em Língua Portuguesa para Estrangeiros, ambos na UFF.

Thaís Bartolomeu, Universidade Federal Fluminense (UFF)

Thaís Bartolomeu é doutoranda em Literatura Comparada na Universidade Federal Fluminense e integrante do grupo de pesquisa “O passado no presente: releituras da Modernidade" (UFF/CNPq), coordenado por sua orientadora, a professora doutora Maria Elizabeth Chaves de Mello. Mestre em Estudos de Literatura (subárea de Literatura Brasileira e Teorias da Literatura, linha de pesquisa Literatura, História e Cultura) e Licenciada em Letras - Português/Inglês, ambos pela mesma instituição.

Referências

BRASIL. BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR, 2018. http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=79611-anexo-texto-bncc-aprovado-em-15-12-17-pdf&category_slug=dezembro-2017-pdf&Itemid=30192. Acesso em 1/9/2021

______. Secretaria de Educação Média e Tecnológica. PCN+ Ensino Médio: Orientações Educacionais complementares aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Linguagens, códigos e suas tecnologias. Brasília: Ministério da Educação, 2002. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/linguagens02.pdf.

______. Câmara de Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Brasília: Ministério da Educação, 2000. Disponível em:

http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/blegais.pdf

______. Lei Federal Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em 1 set. 2021.

______. Secretaria da Educação Básica. Parâmetros Curriculares Nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua estrangeira. Brasília: Ministério da Educação, 1998a. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/pcn_estrangeira.pdf

_____. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília: Ministério da Educação, 1997. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/livro01.pdf

______. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília, 1996. Disponível em:

Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm

CAMELO, E. GALLI, J.A. Línguas estrangeiras e outras relações possíveis com a escola pública. In. Revista Investigações, Recife, v. 32, n. 2, p. 456-478. Dezembro de 2019. https://periodicos.ufpe.br/revistas/INV/article/view/241740/34168. Acesso em: 04 set. 2021.

CUQ, J-P. Dictionnaire de Didactiques du Français: langue étrangère et seconde. Paris: CLE International, 2010.

GALLI, J.A. A noção de intercultural e o ensino-aprendizagem de línguas estrangeiras no Brasil: representações e realidades do FLE. EntreLínguas, v. 1, p.111-129-129, 2015.

______. La notion d’interculturel et l’enseignement-apprentissage des langues étrangères au Brésil: représentations et réalités du français. In: Synergies Brésil – Territoires et expériences de la francophonie en Amérique du Sud et ailleurs. Número 12, GERFLINT, 2017b, p. 81-102. http://gerflint.fr/Base/Bresil12/armani_galli.pdf

______et al. A representação da Língua Francesa expectativas universitárias e realidade na escola pública: um recorte plurilíngue em terras fluminenses. Leitura, [S. l.], n. 68, p. 207–222, 2021. DOI: 10.28998/2317-9945.2021v0n68p207-222. Disponível em:

https://www.seer.ufal.br/index.php/revistaleitura/article/view/11872. Acesso em: 3 set. 2021.

MANGIANTE, J-M.; RAVIEZ, F. Réussir ses études littéraires. Grenoble: PUG, 2015.

PINHEIRO-MARIZ, J. O desenvolvimento da competência intercultural em aula de língua estrangeira. In: Leitura(s) em francês língua estrangeira. PIETRARÓIA, C. M. C. e ALBUQUERQUE-COSTA. H. (orgs). São Paulo: Editora Paulistana, Série Enjeu, volume 2, 2014. P. 87-112.

MALVEZZI, K. F. O ensino de língua estrangeira na Educação Básica brasileira: Novos Caminhos. In: XI Congresso Nacional de Educação – Educere, 2013. Disponível em:

http://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2013/7183_4120.pdf.

ROJO, R. Letramento e capacidades de leitura para a cidadania. São Paulo: SEE: CENP, 2004.