Sistemas de classificação e a ciência do concreto

Autores

  • Kenneth Taylor

Palavras-chave:

Antropologia, Sistemas de classificação

Resumo

Neste trabalho procuramos, através da apresentação do caso do totemismo Tukuna e do caso da taxonomia etno-zoológica dos Sanumá, exemplificar dois tipos distintos de classificação.

Embora o estudo clássico do assunto, De quelques formes primitives de classification, por Durkheim e Mauss, focalize explicitamente “ classificação simbólica”, não dando atenção ao que eles chamaram de “classificação técnica”, mais recentemente certos autores têm confundido esses dois tipos de classificação de uma maneira prejudicial, se não à validade, pelo menos à comunicabilidade de suas análises. Um caso especialmente infeliz de tal confusão encontra-se na discussão de Lévi-Strauss sobre o que ele chama de Ciência do Concreto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Referências

BARTHES, Roland. Elementos de semiología. São Paulo, Cultrix, 1972.
BASTOS, Rafael J. de Mlenezes. A musicológica Kamayurá: para uma antropologia da comunicação no alto-Xingu. Tese inédita de Mestrado, Universidade de Brasília, 1976. BEIDELMAN, Thomas O. Kaguru symbolic classification,. In: Rodney Needham (ed.) Right and Left. Chicago, the University of Chicago Press, 1973.
BERLIN, Brent; BREEDLOUE, D. E. & RAVEN, P. H.. Covert categories and folk taxonomies. American Anthropologist, 70: 290-299, 1968.
BERLIN, Brent. General principles of classification and nomenclature in folk biology. American Anthropologist, 75: 214-244, 1973.
CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. O indio e o mundo dos brancos. São Paulo, Difusão Européia do Livro, 1964. . Totemismo Tukuna? In: Mito e linguagemtsocial. Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro, 1970.
CONKLIN, Harold C. The relation of Hanunóo culture to the plant world. Tese inédita de doutoramento, Universidade de Yale, 1954.
”¢------------------ . Hanunóo color categories. Southwestern Journal of Anthropology, II: 339-344, 1955. . Comment (sobre C. O. Frake, The ethnographic study of cognitive systems). In GLADWIN, T. & STURTEVANT, W. C. (eds.) Anthropology and human behaviour, 1962a.
-------------------â–  Lexicographical treatment of folk taxonomies. International Journal of American Linguistics, 28(2), IV: 119-141, 1962b.
------------------- . Ethnogenealogical method. In: GOODENOUGH, W. H. (ed.) Explorations in cultural anthropology. New York, McGraw-Hill, 1964.
DURKHEIM, Emil & MAUSS, Marcel. De quelques formes de la classification primitive. Année Sociologique, 6: 1-72, 1903.
DUKHEIM, Emil. Primitive Classification. Rodney Needham (ed.) London, Cohen & West, 1963.
DWYER, Peter D. An analysis of Rofaifo mammal taxanomy. American Ethnologist, 3(3) : 425-445, 1976.
ELKIN, Adolphus P. The australian aborigines. Garden City, N .Y ., Doubleday & Co., 1964.

Downloads

Publicado

2018-01-11

Como Citar

Taylor, K. (2018). Sistemas de classificação e a ciência do concreto. Anuário Antropológico, 1(1), 121–148. Recuperado de https://periodicos.unb.br/index.php/anuarioantropologico/article/view/5973